Home / Canal Leitor / Ciclo PDCA como ele pode ser útil na empresa

Ciclo PDCA como ele pode ser útil na empresa

Reduzindo o tempo de resolução de problema

A forma mais eficiente de reduzir o tempo para encontrar uma solução para os problemas, é implantar metodologias de gestão.

Confira como o ciclo PDCA pode ajudar sua empresa!

 

Implantando o PDCA

O ciclo PDCA ou Ciclo de Shewhart, é uma ferramenta que visa melhorar os processos através de 4 ações: Planejar(plan), Fazer(Do), Checar(Check) e Agir(Act).

Na fase de planejamento, utilize um plano empresarialpara se comunicar com a sua equipe remotamente. Isso irá otimizar o tempo de todos.

Após planejar cada etapa do projeto, chega o momento de colocar em prática.

O gestor deve verificar se tudo está ocorrendo conforme o planejado. Cada líder precisa utilizar um celular corporativo, para evitar ruídos na comunicação.

A penúltima etapa consiste em checar se tudo está ocorrendo conforme planejado, se os objetivos foram alcançados, quais ações foram positivas, etc.

O momento de “Agir” é quando são identificados erros no projetos e é necessário adotar algumas medidas corretivas. Assim o ciclo retorna para a etapa inicial.

Otimizando tarefas com o plano empresarial

O celular corporativo normalmente cobre áreas afastadas do país, o que possibilita que as tarefas sejam divididas em pequenas partes, otimizando o tempo dos colaboradores.

Para quem precisa manter a comunicação constante, utilizar os aplicativos de comunicação que estão disponíveis no celular corporativo, facilita a organização e comunicação de todos.

O plano empresarial também reduz o problema com o pagamento de contas, já que fornece todos gastos de forma detalhada e a possibilidade de controlar às ligações.

Você utiliza o PDCA na sua empresa? O uso do celular corporativo está previsto no seu planejamento? Compartilhe suas dúvidas nos comentários e continue acompanhando o blog.

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*