Home Empreendedorismo Pesquisa mostra que empresários com mais de 40 anos têm mais chance de sucesso

Pesquisa mostra que empresários com mais de 40 anos têm mais chance de sucesso

por admin

De acordo com Pierre Azoulay, pesquisador da MIT Sloan School of Management, “Se você não soubesse mais nada e tivesse duas ideias idênticas, uma proposta por uma pessoa muito jovem e a outra por uma pessoa de meia-idade, seria melhor apostar na da mais velha se quiser atingir o sucesso”. A constatação do especialista, de que idade tem a ver com resultados, pode entrar em conflito com a crença comum de que pessoas jovens teriam mais propensão ao êxito no mundo dos negócios.

Mas ao contrário do que muitos pensam, de acordo com a pesquisa “Age and High-Growth Entrepreneurship”, sobre idade e empreendedorismo, a maior probabilidade de sucesso está entre os empresários com mais de 40 anos. Os chamados outliers, grandes empreendedores aos 20 anos, ainda são exceção à regra.

O estudo mencionado utilizou dados do U.S Census Bureau para investigar a faixa etária dos fundadores de empresas orientadas para o crescimento ao longo da última década. A partir da coleta das informações, a pesquisa discute seus achados em relação à importância da vivência para os negócios e à variação de idade entre fundadores na amostra. Além disso, o paper traz à tona a problemática do comportamento de investidores e a possibilidade de privilégio às iniciativas mais jovens em comparação àquelas de pessoas mais experientes.

Em resumo, as evidências mostram que experiências prévias em uma indústria específica têm muito mais força na garantia de sucesso de um empreendimento. Desse modo, ser jovem não precisa ser necessariamente um requisito para compor os rostos da inovação.

Casos como os de Bill Gates, Mark Zuckerberg e Steve Jobs são frequentemente citados para reforçar a juventude como ideal de sucesso no Vale do Silício. Ainda mais, corroboram para enfatizá-la como critério na seleção de iniciativas para investimento por parte de empresas de capital. Essa negação ao envelhecimento leva a uma rejeição da idade pela percepção pública.

Entretanto, jovens empreendedores também encaram dificuldades incisivas, já que os de longa data têm a possibilidade de alcançar maior capital humano, social e até financeiro. Por exemplo, ter experiência para liderar empresas e conhecimento de diversos setores como bagagem de mercado pode ser vital para chegar a uma inovação de sucesso.

Mas não é só isso. Em caso de áreas mais tecnológicas, apesar de os jovens serem comumente conhecidos por trazer novas ideias, de acordo com a pesquisa, os mais experientes ainda saem na frente. Tal circunstância se dá pelo fato de que eles têm mais conhecimento científico para gerenciar os negócios de maneira mais efetiva. Mesmo assim, de forma alguma um novo empreendedor está impedido de superar os obstáculos a fim de conquistar o seu espaço, inclusive, a partir do contato e relacionamento com profissionais consolidados.

Alguns dados curiosos do estudo também demonstram estatisticamente como empreendedores a partir da meia-idade têm mais chance de obter êxito:

– Entre 2,7 milhões de fundadores de empresas nos Estados Unidos, aqueles que começaram empresas as quais empregaram pelo menos um colaborador tinham em média 41 anos.

– As empresas analisadas que possuíam a maior taxa de crescimento tinham fundadores com média de 45 anos.

Sendo assim, os resultados encontrados não parecem corresponder ao mito do empreendedor de sucesso aos 20 anos. Boas ideias podem precisar de mais tempo para serem aperfeiçoadas e estarem prontas para crescer. Como cita o artigo da MIT Sloan School of Management a respeito do paper, Steve Jobs fundou a Apple aos 21, mas ele era um CEO de 43 anos quando a companhia lançou o iMac.

A história do jovem que saiu do ensino médio, entrou em uma universidade e nem chegou a finalizar o curso por conta de uma ideia inovadora não corresponde à realidade do mundo dos negócios. Mais que isso, toda a formação de imaginário que relaciona sucesso e juventude nos faz refletir sobre o motivo pelo qual a idade realmente precisa importar na construção e fundação de iniciativas com propósito.

Os dados proporcionam uma boa reflexão tanto para fundadores quanto para investidores, principalmente, quando o senso comum interfere nos investimentos a iniciativas de empreendedores mais experientes. Não importa se você está chegando à meia-idade e decide que é hora de embarcar em um novo desafio. Para quem está por trás dos investimentos, também não deveria ser um fator determinante. Tanto aos 20 quanto aos 40 existem oportunidades para se fazer sucesso.

Website: https://www.linkedin.com/in/talesgomes/

Você também pode gostar

Deixe um Comentário