Home Ecoverde 3 dicas de Sustentabilidade na Empresa e processos Indústriais

3 dicas de Sustentabilidade na Empresa e processos Indústriais

por Paulo Fernandes Maciel

Conheça 3 dicas de sustentabilidade na empresa com os equipamentos que impulsionam indústria sustentável

Dia 05 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, data que chama atenção para os problemas ambientais e reforça a importância da preservação dos recursos naturais. A cada ano essa pauta vem ganhando mais relevância e propósito no mundo e em todos os segmentos, como na indústria, comércio a sustentabilidade na empresa.

Segundo a pesquisa realizada pela Union + Webster, divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), 87% dos brasileiros preferem comprar produtos e serviços de empresas sustentáveis e 70% deles afirmaram não se importar em pagar um pouco mais caro por isso. Sendo assim, a sustentabilidade empresarial, no setor industrial é algo fundamental tanto para reparar os impactos causados no processo de produção, inclusive repondo áreas degradadas via reflorestamento quanto para manter a empresa , com produção e logística sustentável, a colocando em vantagem competitiva e ativa no mercado, e atendendo as demandas dos consumidores.

Dia do Meio Ambiente: 05/06

Para impulsionar a sustentabilidade em uma empresa é necessário adotar, além de novas políticas internas, programas e processos que tragam impactos positivos no meio ambiente. Através da compra e venda de equipamentos usados, por exemplo, é possível diminuir a demanda por recursos naturais e reduzir a emissão de poluição, afinal, dar uma segunda vida significa que um equipamento a menos precisa ser produzido para atender a demanda de uma empresa.

Conheça 3 cuidados com os equipamentos industriais que impulsionam a sustentabilidade na empresa na indústria, comércio e serviços:

Evite o descarte de equipamentos em bom estado


Quando uma empresa investe em novos equipamentos, surge a preocupação sobre o que fazer com os equipamentos antigos. Para evitar que eles sejam encaminhados para aterros sanitários e poluam o meio ambiente, a empresa pode adotar outra alternativa que, além de sustentável, também é rentável.

Os equipamentos industriais são desenvolvidos para ter uma vida útil muito longa, isso significa que, mesmo tendo uma jornada anterior de produção eles ainda estão funcionando e podem ser úteis para empresas que não possuem capital para novos maquinários.

Dar uma segunda vida aos equipamentos contribui com uma economia sustentável; que agrega valor ao negócio ao mesmo tempo em que o torna mais responsável ecologicamente. AEquipNet, empresa norte americana com mais de 20 anos, oferece esse serviço para as empresas, auxiliando no processo de negociação de equipamentos industriais usados ou desativados, de qualquer valor, em mais de 20 segmentos como alimentício, farmacêutico e P&D, papel e celulose uma solução prática e positiva para o meio ambiente.

Doação


Alguns ativos não representam alto valor de recuperação financeira e podem ser doados para instituições de auxílio; como por exemplo, mobiliários e computadores. Dependendo da quantidade disponível a ser vendida, condição do ativo e da sua necessidade de reparo; a doação pode representar um ato de maior valor social do que a venda por quantia irrisória.

Sucateamento consciente


O cenário ideal é fazer todos os esforços possíveis para que os equipamentos possam ser reutilizados. Porém, se o equipamento estiver além da sua capacidade de uso e sem condições de operação; o ideal é optar por uma empresa idônea para realizar o sucateamento; e assim, de alguma forma, o material retorna ao processo de produção, servindo novamente a indústria ao invés de poluir o meio ambiente.

sustentabilidade empresarial

Sobre a EquipNet


A EquipNet é uma empresa norte-americana com mais de 20 anos de atividade; que atua globalmente auxiliando seus clientes durante todo o processo de negociação de equipamentos usados/desativados. Com escritório no Brasil, a empresa tem a expertise de conduzir o gerenciamento da negociação entre os vendedores e potenciais clientes; garantindo avaliação justa dos equipamentos. Atua em mais de 20 segmentos como alimentício, farmacêutico e P&D, atendendo desde pequenas empresas até corporações multinacionais.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário