Home Empreendedorismo Recolocação no mercado de trabalho é a pauta principal do Projeto Superação, workshop online e totalmente gratuito

Recolocação no mercado de trabalho é a pauta principal do Projeto Superação, workshop online e totalmente gratuito

por admin

Com o objetivo de apoiar os profissionais no reposicionamento de suas carreiras nesse momento de incertezas, a Associação Brasileira de Recursos Humanos do Paraná (ABRH-PR) está realizando, de forma gratuita e remota, o Projeto Superação, um workshop de retorno ao mercado de trabalho. Com encontros quinzenais na edição 2020, a iniciativa é produzida de forma voluntária pela entidade desde 2014. As vagas são limitadas, com as reuniões acontecendo sempre das 8h às 11h30. As inscrições para os próximos compromissos (19 de julho, e 03, 17 e 31 de agosto) podem ser feitas em https://www.abrh-pr.org.br/eventos/retorno-ao-mercado-de-trabalho-projeto-superacao/.

Os encontros do programa incluem os seguintes temas: Como lidar com as emoções durante a fase de transição; Retrospectiva de Carreira; Apresentação – CV, vídeo – CV, marketing pessoal; Plataformas digitais (sites de vagas, LinkedIn, mídias sociais); Networking; Mercado / Cenário de Trabalho; Novas formas de contratação (relações de trabalho CLT, PJ, MEI, Cooperativa); Preparação e dicas para entrevista; e Negociação salarial.

Uma das Gestoras do Projeto Superação, Rosanne Martins confirma que o momento atual do mercado de trabalho é delicado, o que exige ainda mais foco dos profissionais que estão passando por essa transição. “Percebemos mais notícias de desligamentos do que de novas colocações, além da retração, de forma geral, dos salários. Ainda assim, percebemos várias empresas se reinventando e novos segmentos sendo impulsionados”, diz.

Segundo Rosanne, muitas das mudanças que os profissionais estão experienciando foram aceleradas pela pandemia, a exemplo dos processos seletivos 100% digitais e o crescimento exponencial de contratação em modalidades alternativas (MEI, PJ, cocriação, acordo por projeto).

Superação 2020: adaptação à pandemia

“O programa foi criado em um momento de crise econômica no país, em 2014. Talvez, por conta dessas circunstâncias, o Superação se mostre tão dinâmico e capaz de absorver os novos modelos de negócio de forma tão ágil. Nesse momento, o mais importante para o candidato é ativo é entender a nova dinâmica e formas de contratação no mercado, ampliar o seu olhar para buscar não só uma colocação CLT, mas sim voltar a estar ativo, independente da relação de trabalho. O objetivo do workshop é preparar os participantes para que sejam protagonistas da sua própria recolocação”, afirma Andréa Gauté, vice-presidente da ABRH-PR.

Mercado está contratando

O avanço da pandemia do novo coronavírus acentuou ainda mais o desemprego no Brasil. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice cresceu de 11,2% (em janeiro deste ano) para 12,6% em abril. A situação também comprometeu aqueles que tinham trabalho formal, com 1,1 milhão de empregados com carteira assinada sendo dispensados entre março e abril, conforme registro no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

“Embora o cenário tenha mudado de forma inesperada, ainda existem vagas de trabalho. E até mesmo nessas transformações percebemos um padrão já conhecido: estar bem informado, investir na capacitação individual e ter uma boa rede de contatos aumentam as chances de recolocação no mercado. O primeiro passo é entender qual o seu objetivo profissional e buscar essa nova posição”, aponta Rosanne.

O ponto de vista é compartilhado por Andréa, que comenta ainda que as plataformas digitais se tornaram mais importantes para os candidatos, exigindo, além de novas posturas nesses ambientes, boa desenvoltura com os novos formatos. Esse aspecto pode ser observado no número maior de empresas que requisitam vídeo currículos ou habilidades relacionadas ao E-commerce, observa.

Para ser viável, o Projeto Superação em 2020 contou com algumas adaptações. Foi necessário, por exemplo, formatar o conteúdo para reduzir o número de horas do Workshop. Além disso, a ABRH-PR teve o patrocínio das empresas Xtrategus e Microsoft, que investiram na plataforma Teams, que é de fácil acesso, ampliando ainda mais o público que é atendido pela iniciativa.

** A foto que ilustra a matéria é um registro anterior ao início da pandemia da Covid-19

Website: http://www.abrh-pr.org.br

Você também pode gostar

Deixe um Comentário