Home Empreendedorismo IPT firma consórcio internacional para tecnologias aeronáuticas

IPT firma consórcio internacional para tecnologias aeronáuticas

por Paulo Fernandes Maciel
Tencate no consórcio IPT Embraer

Consórcio internacional visa desenvolver tecnologias de compósitos na aeronáutica

A caracterização das propriedades mecânicas de um material compósito será o escopo do trabalho do Laboratório de Estruturas Leves do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) na primeira fase do consórcio SPIRIT, criado em 2017 como uma iniciativa conjunta entre a empresa holandesa TenCate Advanced Composites e diversos fornecedores aeroespaciais e institutos educacionais em todo o Brasil.

Tencate no consórcio IPT Embraer

O objetivo é desenvolver uma base de conhecimento regional em tecnologia de compósitos termoplásticos para a próxima geração de aeronaves – a denominação SPIRIT é um acrônimo para São Paulo Initiative on Research Into Thermoplastic composites.

 

Projeto envolve empresas como Embraer e a holandesa TenCate, além de institutos brasileiros como IPT, IAE e ITA

Participam também do consórcio a Embraer, o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), a Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a Alltec (indústria de componentes em materiais compósitos).

“As empresas, instituições de ensino e institutos de pesquisa foram escolhidos com base na proximidade [cidade de São José dos Campos] e no interesse pelo uso da tecnologia de materiais compósitos termoplásticos para o setor aeronáutico.”

Explica o pesquisador Vitor Luiz Reis, do IPT.

banner do IPT

Segundo o pesquisador, esta é uma iniciativa inédita no Brasil, especialmente para o mercado de materiais compósitos termoplásticos:

“Além de reunir as principais empresas e instituições de ensino e pesquisa que atuam no setor aeronáutico, a TenCate trouxe um material novo desenvolvido com o foco de aplicação em aeronaves”, explica ele.
A TenCate, que atua na área de compósitos avançados utilizados na indústria aeronáutica, espacial, automotiva e óleo & gás, está fornecendo para o projeto um material compósito em fibra de carbono que utiliza uma nova matriz termoplástica – ele é oferecido na forma de chapas (laminados) que serão utilizadas na caracterização das propriedades mecânicas pelo laboratório do IPT.
Avião E190 Embraer

Sobre o IPT

O IPT é um instituto vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo e há mais de cem anos colabora para o processo de desenvolvimento do País.

Um dos maiores institutos de pesquisas do Brasil, o IPT conta com laboratórios capacitados e equipe de pesquisadores e técnicos altamente qualificados, atuando basicamente em quatro grandes áreas – inovação, pesquisa & desenvolvimento; serviços tecnológicos; desenvolvimento & apoio metrológico, e informação & educação em tecnologia.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário