Home Ecoverde Ano 2012 – visão: ECO Tecnologia Verde | Objetivo: Sustentabilidade na Tecnologia Verde

Ano 2012 – visão: ECO Tecnologia Verde | Objetivo: Sustentabilidade na Tecnologia Verde

por Agência Canal Veiculação

Você sabe o que significa ECO ? Sustentabilidade? e Tecnologia Verde?

A preocupação do mundo corporativo com a preservação da natureza vem aumentando muito nos últimos anos. Preservar o meio ambiente para controlar as alterações climáticas e o esgotamento das fontes de energia, tornou-se uma questão moral para as empresas, que vêm adotando cada vez mais medidas para reduzir o consumo de energia e os impactos ambientais.

O Gartner aponta a tecnologia verde como uma das 10 tendências que terão grande impacto no mercado corporativo, durante os próximos três anos. Segundo o instituto, em 2010, as questões relacionadas ao ambiente deverão figurar entre as cinco principais preocupações dos administradores de TI, em mais de 50% das organizações governamentais na América do Norte, Europa, Oriente Médio, África e Austrália. E estas taxas tendem a aumentarem muito mais para o ano de 2012.

Em recente pesquisa, que entrevistou 854 profissionais de TI, a consultoria revelou que os CIO’s serão pressionados a ampliar os ciclos de produtividade, na medida em que o conceito de redução de carbono se espalha. Para o instituto, as grandes empresas gastam entre 4% e 8% do seu orçamento de TI com energia e algumas vezes mais do que 10%, e a previsão é que este valor aumente quatro vezes nos próximos cinco anos.

De acordo com o estudo do Gartner, 30,1% dos executivos não consideram as credenciais verdes muito importantes. Entretanto, 27,4% alegaram gostar e compreender as “atitudes verdes” de seus fornecedores. Outra constatação relevante é que 28,6% dos diretores de TI consideram o uso da tecnologia verde uma obrigação moral, e 12,2% vêem este conceito como uma vantagem competitiva nos negócios.

Este cenário mostra que as empresas estão despertando para a consciência ecológica. A indústria de tecnologia vem se esforçando para reduzir o consumo de energia e a emissão de gases. Prova disso é o surgimento de tecnologias inovadoras criadas já a partir deste conceito. É o caso da TelePresença – tecnologia que combina áudio e vídeo de alta definição e elementos interativos, que proporcionam uma experiência de “presença física”, por meio de uma rede IP.

Com a TelePresença é possível substituir reuniões presenciais por reuniões virtuais. Ela recria a experiência de uma reunião frente a frente, permitindo que os executivos interajam e colaborem como se estivessem realmente presentes no local, ao reproduzir em tamanho real as pessoas que estão distantes. Isso diminui significativamente o número de viagens terrestres e aéreas, reduzindo, assim, a emissão de carbono lançada no meio ambiente, além de aumentar a produtividade dos funcionários.

Além desta tecnologia, muitas outras iniciativas vêm despontando no mercado de TI, já avaliando as questões ambientais. Mas, ainda faltam medidas a serem tomadas e mais participação dos órgãos regulamentais no compromisso com uma TI mais responsável e menos ofensiva ao ambiente.

Por isso, já está na hora de todos perceberem que o uso racional desses recursos, além de preservar a natureza, também faz bem para o bolso das empresas ao reduzir seus custos operacionais.

É preciso aprender que fazer mais com menos e adequando os recursos tecnológicos às reais necessidades da empresa, economiza-se em espaço físico e energia elétrica, e o que sobra pode ser investido na melhoria de produtos e serviços, por exemplo.

As empresas que não adotarem a tecnologia verde em seus processos, perderão vantagem competitiva, pois serão consideradas obsoletas e antiquadas, cedendo espaço para a concorrência.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário