Home Empreendedorismo Mercados públicos: vale a pena reservar um tempo para conhecê-los

Mercados públicos: vale a pena reservar um tempo para conhecê-los

por admin

Os mercados públicos estão entre os principais pontos turísticos de uma cidade que mais revelam sobre a história da localidade. Comidas típicas, frutas regionais, sabores e aromas, atraem turistas, curiosos de todo o mundo e os próprios moradores.

Situados em locais centrais, seja para experimentar um refinado queijo francês, comprar uma tapeçaria árabe ou conhecer um ingrediente típico do país, a visita a um mercado público é convite que atende quem busca por boa comida, história e acesso a novos estilos e culturas.

A recomendação no momento é ficar em casa, mas quando for possível, vale planejar a viagem e não deixar de conhecer os mercados públicos. Será uma visita inesquecível.

1. Grand Bazaar – Istambul

Um dos maiores e mais antigos mercados públicos cobertos do mundo. São 300 mil metros quadrados que abrigam restaurantes, cafés, mesquitas, casas de chá e cerca de três mil lojas. Luminárias, especiarias e tecidos são os principais atrativos do local.

2. Mercado Central – Santiago

Fermin Vivaceta foi o renomado arquiteto responsável pela construção do Mercado Central de Santiago, no Chile. A estrutura feita com ferro importado do Reino Unido é o local de concentração dos melhores e mais variados tipos de frutas, vegetais, peixes e especiarias da região.

3. Mercado de Flores de Aalsmeer – Aalsmeer

Situada em uma região próxima a Amsterdã, o mercado público de Aalsmeer carrega o título de maior mercado distribuidor de flores do mundo. As estimativas apontam que mais de 20 milhões de flores são vendidas todos os dias. O local é repleto de aromas e cores!

4. Mercado Público de Chatuchack – Bangkok

O mercado público de Chatuchack, localizado em Bangkok, na Tailândia, também carrega o título de estar entre os maiores do mundo. Na área que abriga 15 mil estandes é possível encontrar de tudo um pouco entre roupas de grifes famosas, budas, comidas típicas, peixes e até coisas pouco convencionais, como cobras.

5. La Boqueria – Barcelona

O La Boqueria, em Barcelona, Espanha, tem uma fama muito sólida que atravessou décadas até a atualidade. Desde 1917, é considerado uma referência em qualidade e variedade para vegetais, frutas, frutos do mar e os tradicionalíssimos “tapas” da região da Catalunha.

6. Mercado público Souk – Fez El-Bali

As ruas do mercado de Souk, em Fez El-Bali, no Marrocos é um verdadeiro labirinto efervescente de cultura. Tombado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade, é diferente de tudo aquilo que o ocidente está acostumado: é possível encontrar desde lenços de seda até carne de camelo, passando por tapetes bem trabalhados, especiarias, luminárias e outro.

7. Khan al Khalili – Cairo

Em Cairo, no Egito, está o mercado público de Khan al Khalili. O local atrai turistas de todo o mundo, não somente pelo que oferece, mas por fazer parte da história de um povo: o mercado existe há mais de mil anos!

Hospedagem de qualidade

Os associados do Clube Candeias podem viajar e conhecer os principais pontos turísticos do Brasil e do mundo com suporte e assistência especializada, sendo mais de 500 mil opções de hospedagem distribuídas nos cinco continentes.

O Clube Candeias também oferece:
– Programa de Recompensas;
– Atendimento 5 estrelas por meio de aplicativo, WhatsApp, telefone e site;
– Plataforma para reservas online, onde é possível optar por unidades próprias ou hospedagem na rede integrada.

Para facilitar e otimizar a experiência de atendimento aos interessados e associados, o Clube Candeias dispõe de concessionárias em diversas cidades brasileiras.

Vale a pena conhecer o novo RC1 Edição Limitada acessando https://marketing.clubecandeias.com/rc1

É muito fácil de ganhar.

Website: https://marketing.clubecandeias.com/rc1

Você também pode gostar

Deixe um Comentário