Home Empreendedorismo Johnson Controls adquire Silent-Aire em transação que pode atingir US$ 870 milhões

Johnson Controls adquire Silent-Aire em transação que pode atingir US$ 870 milhões

por admin

A Johnson Controls (NYSE: JCI), empresa global que fornece soluções para edifícios inteligentes e sustentáveis, acaba de anunciar que entrou em um acordo definitivo para adquirir a Silent-Aire, especializada em soluções de refrigeração de data centers hiperescaláveis e infraestrutura modular para missão crítica. Realizada em dinheiro, a transação está avaliada em até US$ 870 milhões, incluindo um pagamento adiantado de aproximadamente US$ 630 milhões e adicionais sujeitos à conquista de marcos de ganhos futuros condicionados após o fechamento.

Sujeita ao recebimento de aprovação regulatória e condições habituais de fechamento, a transação deverá ser fechada no terceiro trimestre fiscal de 2021. Espera-se que o negócio agregue valor imediatamente e aumente de US$ 0,07 a US$ 0,09 o lucro por ação ajustado da Johnson Controls com as operações contínuas no ano fiscal de 2022.

Sediada em Edmonton, Alberta, e com cerca de três mil funcionários ao redor do mundo, a Silent-Aire é especializada no desenvolvimento e fabricação de unidades de tratamento de ar para missão crítica e data centers modulares customizados para provedores de nuvem em hiperescala e “colocation”. Seu portfólio de soluções para data centers permite a implantação rápida de infraestrutura crucial em configurações flexíveis com foco na qualidade, escalabilidade e velocidade de chegada ao mercado. A expectativa é de que o faturamento da Silent-Aire em 2021 (maio) se aproxime de US$ 650 milhões.

“Com a Silent-Aire, a Johnson Controls tem uma oportunidade significativa de acelerar o crescimento no mercado de data centers por meio da combinação de nossa escala global em manufatura e serviço com a inovação de ponta e um amplo portfólio de tecnologias dedicadas a atender provedores de hiperescala”, disse George Oliver, presidente e CEO da Johnson Controls. “Esta aquisição está perfeitamente alinhada com várias das nossas principais iniciativas estratégicas de crescimento e ressalta o foco na criação de valor para os acionistas”, continuou Oliver. “Vamos aproveitar o sucesso de quase 30 anos da Silent-Aire em inovação, experiência operacional e relacionamentos de longo prazo com os clientes.”

A migração contínua de aplicações para a nuvem (SaaS) resultou em uma demanda sem precedentes por poder computacional e na rápida expansão da infraestrutura de data centers. Nos últimos anos, esta tendência favoreceu drasticamente o desenvolvimento de instalações para nuvem e “colocation” hiperescaláveis. Os provedores de hiperescala têm recursos únicos para implantar uma força computacional de larga escala com soluções cada vez mais eficientes, mais rapidamente implantadas e com maior alcance geográfico. Para conseguir isso, os hiperescaladores exigem parceiros globais confiáveis, como a Silent-Aire, que fornecem produtos altamente eficientes, sustentáveis e confiáveis, juntamente com uma execução consistente e confiável.

“A Silent-Aire cresceu com a nuvem e nosso DNA traduz o que é ser uma Empresa de Data Centers Hiperescaláveis”, disse Lindsey Leckelt, CoCEO da Silent-Aire. “Nossa capacidade de inovação e pioneirismo rompeu barreiras tradicionais e moldou a forma como a maioria dos data centers hiperescaláveis são refrigerados e construídos hoje”, continuou. “A cultura em nosso negócio captura este conjunto singular de habilidades e expande para as nossas equipes de engenharia, operações e manufatura para acompanhar o crescimento explosivo dos provedores de nuvem. A Johnson Controls compartilha a nossa visão de escalar como um negócio de Plataformas de Data Centers, o que nos permitirá servir nossos parceiros no mundo todo”.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário