Home Atualidades Westcon-Comstor anuncia mudanças em corpo diretivo e prioridades para ano fiscal 2018

Westcon-Comstor anuncia mudanças em corpo diretivo e prioridades para ano fiscal 2018

por Paulo Fernandes Maciel

Como parte das alterações, Sergio Basilio assume diretoria comercial da empresa no Brasil e Daniela Cardoso é nomeada diretora de marketing.

A Westcon-Comstor, distribuidora das principais tecnologias globais de TI, promoveu mudanças em seu corpo diretivo e comunicou as prioridades da companhia para o ano fiscal de 2018, iniciado em março de 2017. Entre as alterações, estão a nomeação de Sergio Basilio como diretor comercial da Westcon, e de Daniela Cardoso como diretora de marketing da Westcon-Comstor.

Basilio ingressou na Westcon em 2011 como diretor geral da divisão no Brasil e, nos últimos anos, foi responsável pela estratégia global de IoT da companhia e pela estratégia e soluções de cloud para a América Latina. Ele explica que assumir a diretoria comercial representa a retomada de uma rotina de mais de 20 anos.

“Fico muito contente de retornar ao dia a dia do relacionamento com os canais, onde me sinto muito à vontade. Esse novo capítulo será ainda melhor, pois nos últimos anos pude aprender muito sobre as novas estratégias de tecnologia e, especialmente sobre cloud, que, na minha visão, é o futuro do canal”, comenta Basilio. Nesse contexto, ganha importância estratégica a plataforma BlueSky, lançada em 2016, que permite a revendas de soluções de TI contratar, consumir, vender e faturar serviços por meio da nuvem.

Daniela Cardoso, por sua vez, ingressou na Comstor Brasil em 2011, como gerente de marketing. Agora, como diretora, ela ressalta a importância estratégica do departamento como apoio ao relacionamento com os parceiros. “Nossos esforços são todos no sentido de fortalecer as parcerias com fabricantes e revendas, promovendo uma série de atividades – que passam, por exemplo, por eventos, programas de recompensa, mídias sociais e TV on-line – sempre com o intuito de impulsionar negócios. É uma estratégia que não apenas será mantida, mas reforçada, acompanhando as inovações tecnológicas ao longo do novo ano fiscal”, afirma.

Diretor geral da Westcon-Comstor no Brasil, Humberto Menezes se mostra otimista com o novo ano, que promete ser melhor que o anterior. “A área de TI costuma crescer mais que a economia e isso nos deixa animados em um cenário mais positivo, em que empresas começam a investir pesado em projetos que envolvem uma série de tecnologias como nuvem, digitalização, IoT, redes definidas por software, virtualização, computação cognitiva e segurança da informação. Vivemos uma época de transformação e, toda vez que há grandes mudanças, surgem imensas oportunidades. E é nelas em que devemos nos concentrar ao longo do ano”, antecipa.

Um dos destaques do distribuidor nos últimos anos vem sendo a área de serviços, que tem registrado crescimento, apesar do quadro econômico desfavorável. Leonardo Victorino, diretor de serviços Westcon-Comstor, que há um ano e meio ocupa o cargo, lançou duas novas linhas de negócio: serviços profissionais e de supply chain. “Essas iniciativas estão fidelizando as revendas, que são subcontratadas na parte de serviços profissionais. Além disso, ao longo do novo ano fiscal queremos trazer mais fabricantes para nosso Centro de Suporte 24×7, desenvolver um aplicativo para abertura de chamados e captar novos parceiros para a entrega de serviços”, destaca.

Já Marcos Murata, diretor sênior de Vendor Management na América Latina da Westcon-Comstor, afirma que estão sendo estruturadas estratégias de curto, médio e longo prazos, destinadas a melhorar a experiência de revendas e fabricantes ao trabalhar com o distribuidor. “No curto prazo, estão atividades voltadas para melhoria da eficiência operacional e da infraestrutura, destacando as pessoas corretas para as funções corretas. No médio e longo prazos, estamos atentos a tendências como a transformação digital, em que o investimento passa de TI para as linhas de negócios. Assim, precisamos adotar uma linguagem mais verticalizada, empacotar soluções conforme as necessidades específicas de cada mercado e de acordo com modelo de consumo”, explica. Ele acrescenta que, na América Latina, o objetivo é levar a todos os países os programas do distribuidor voltados para os parceiros.
Imagem westcom
Sobre a Westcon-Comstor
A Westcon-Comstor (WestconGroup Inc.) é um distribuidor de valor agregado, atuando globalmente com as principais soluções de tecnologias de segurança; comunicação unificada e colaboração; rede e data center. Está transformando a cadeia de suprimentos de tecnologia com os recursos que oferece em nuvem, implementação global e serviços. Combina conhecimento técnico e de mercado com programas de capacitação de seus parceiros, que estão entre os fabricantes líderes do setor. E entrega resultados em função do estreito relacionamento que mantém em suas parcerias. A empresa chega ao mercado com as marcas Westcon e Comstor.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário