Home / Atualidades / Fazendo um quarto infantil com decoração temática e funcional

Fazendo um quarto infantil com decoração temática e funcional

Decoração do quarto infantil: como ter um ambiente duradouro e funcional

Opte por uma decoração que cresça junto com o seu filho e evite móveis com pouca flexibilidade

Quem tem filho pequeno sabe como o tempo das crianças avança rápido.

decoração em Quarto infantil

Uma roupa comprada hoje já não serve mais no mês seguinte, e num piscar de olhos você se vê com uma pilha enorme de peças infantis que mal foram utilizadas.

Por isso, o papo deste artigo é sobre a decoração de um quarto infantil – como criar um espaço inteligente, agradável, lúdico e que não precise ser renovado em poucos anos? Continue lendo para descobrir como lidar com essa grande questão.

Prefira uma mobília atemporal

Não há dúvidas de que uma cama com formato de carrinho ou um guarda-roupa de princesa sejam peças lindas e, principalmente, atraentes para crianças.

No entanto, é melhor usar a criatividade em itens que sejam mais simples de substituir em apartamentos em sp e casas- não é o caso dos móveis.

Por isso, na hora de escolher a mobília, dê preferência a itens que possam ser úteis na infância e na adolescência, como uma estante, uma cômoda e prateleiras.

Além disso, opte por móveis de cores neutras – branco, nogal, carvalho, imbuia, castanho etc.

Quanto infantil com decoração rosa

Outra dica é: pule a etapa da cama infantil e vá direto para a cama de solteiro.

Normalmente entre o berço e a cama de solteiro, alguns pais adquirem uma cama que possui cerca de 1,60cm de comprimento, cujo prazo de validade acaba sendo curto.

Portanto, a menos que haja uma boa justificativa para o contrário, ir direto para a cama tamanho adulto é a opção mais econômica – e menos trabalhosa.

 

Opte por cores claras e relaxantes

 

De acordo com um estudo conduzido pela Travelodge, mil britânicos foram consultados sobre o seu tempo de sono por noite.

A conclusão foi a seguinte: as melhores noites de sono acontecem em quartos de cores calmas – amarelo, azul ou verde são alguns exemplos.

Portanto, se você vai comprar apartamento e passará por uma reforma, considere utilizar essas cores nas paredes combinando com a decoração.

Por isso, diferente do caso da mobília, não há necessidade de escolher a pintura com base no “prazo de validade” – pois mudar a cor das paredes não é uma tarefa tão complicada.

Quanto infantil com decoração

No entanto, o tom das paredes precisa ser escolhido de acordo com o seu potencial de relaxamento.

Isso porque os benefícios de uma boa noite de sono são inúmeros, dentre eles a melhora no aprendizado, controle emocional e até influência na memória.

De acordo com números divulgados pela Academia Americana de Medicina do Sono, crianças 3 a 5 anos devem dormir de 10 a 13 horas por dia.

Já os maiores, com idade entre 6 e 12 anos, precisam de 9 a 12 horas de descanso.

Leve a diversão por meio de acessórios

É claro que considerar o rápido crescimento das crianças não deve impedir que a decoração ganhe um toque lúdico e infantil que elas merecem. Por meio dos acessórios é possível fazer isso acontecer.

Adquira almofadas dos mais diferentes formatos, tapetes coloridos, adesivos de parede com personagens de desenho animado e por aí vai fazendo uma decoração temática.

Os adesivos de parede são uma boa forma de caprichar um pouco mais no visual do quarto, pois são baratos, altamente personalizáveis e removíveis, portanto, vale a pena investir.

Roupa de cama – lençóis, colchas e fronhas – também são fáceis de substituir e podem ganhar uma estampa divertida. Detalhes como esse fazem toda a diferença.

Deixe os brinquedos acessíveis

Uma sugestão para ajudar as crianças a adquirirem mais autonomia é guardar os brinquedos onde elas tenham acesso mesmo sem ajuda. Pode ser dentro do guarda-roupa, em cestos no chão ou em uma estante própria, desde que estejam à sua altura.

Quem vive em espaços mais compactos, comuns em grandes cidades – precisa se adaptar.

Para isso é possível aproveitar os espaços da parede – e as prateleiras não são a única forma de fazer isso.

Usar armários abertos, que vão do teto ao chão, aproveitam o espaço e são elegantes.

Nesse caso basta guardar os brinquedos nas áreas mais próximas ao chão.

Portanto, se você pretende comprar apartamentos studio centro São Paulo ou está  procurando um imóvel à venda em outras capitais, o tamanho de apartamento ou casa não é um limitador à decoração.

É possível adaptar todas as dicas listadas aqui à sua moradia.

 

Não esqueça: crianças são bagunceiras!

Por mais que os pais peguem no pé dos pequenos quanto à organização, crianças são crianças.

Elas vão bagunçar, sujar paredes e quebrar coisas, isso não deve ser tratado como algo ruim e sim como uma fase.

Sabendo de tudo isso, aqui vai a dica: evite gastar muito dinheiro com roupa de cama, cortina e tapetes para não pirar com manchas de guache, massinha de modelar e qualquer outra coisa que uma criança encontre pelo caminho.

Gostou das dicas?

No final, o mais importante é lembrar que o quarto é o lugar de dormir, e não deve parecer o cenário de um filme de fantasia – nem mesmo um parque de diversões.

Mesmo em um apartamento na planta ou ainda em imóvel pronto para morar ter é ter planejamento é essencial para construir um ambiente aconchegante.

As dicas listadas aqui mostram que é possível ter um quarto lúdico, infantil e que, ao mesmo tempo, não fuja do seu propósito: relaxamento.

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*