Home Artigos Mobilidade no Brasil e seus grandes desafios

Mobilidade no Brasil e seus grandes desafios

por Paulo Fernandes Maciel

Quais os desafios que a mobilidade no Brasil enfrenta

O trânsito caótico nas grandes cidades do Brasil sempre foi um problema muito grande e que continua crescendo mais a cada ano, principalmente após a chegada da pandemia do novo coronavírus.

Essa pandemia deixou muitas pessoas com medo de continuar fazendo o uso de transportes públicos, o que as obrigou a recorrerem a compra de carros 0Km e carros usados, e isso aumentou consideravelmente a quantidade de veículos circulando nas vias e ruas.

Com esse aumento, a mobilidade urbana ficou ainda mais comprometida, tanto nos ônibus e metrôs, quanto nas ruas com cada vez mais carros e motos e, consequentemente, tudo isso causa grande desconforto, estresse e frustração tanto nos motoristas, quanto nos passageiros e, até mesmo, nos pedestres.

Mas você sabe exatamente quais são os desafios que mais agravam a mobilidade urbana no Brasil? Vamos ver melhor sobre alguns deles neste artigo e algumas alternativas cabíveis para diminuir a propagação deste problema.

mobilidade no Brasil

Principais desafios que a mobilidade urbana no Brasil enfrenta

Não são poucos os desafios que a mobilidade urbana no Brasil enfrenta, mas com certeza podemos listar os mais preocupantes, pois estes têm grandes chances de agravamento e são os mais impactantes.

Superpopulação

No último estudo realizado pelo IBGE, os dados apontaram que a população do Brasil já passa os 210 milhões, e esse alto número de habitantes gera também um alto fluxo de veículos e pessoas circulando, principalmente em horários de pico.

Mesmo com a pandemia do coronavírus que obrigou muitas pessoas a trabalharem como home office, ainda é grande a quantidade de pessoas que tem a necessidade de se deslocar todos os dias para seus locais de trabalho e com o aumento da compra de carros, a situação nas ruas e vias é praticamente a mesma, senão pior, de antes da pandemia.

Além do mais, os serviços do Uber cresceram muito por conta da falta de emprego, o que também é um fator agravante dessa situação, pois corrobora com um aumento considerável de carros nas ruas.

A superpopulação das cidades não é um problema que será resolvido tão fácil, pois a tendência é que a população das cidades grandes e pequenas continue crescendo cada vez mais, e isso só agrava este desafio da mobilidade urbana em nosso país.

Infraestrutura das ruas

A má infraestrutura das ruas urbanas é um problema que também colabora com os desafios da mobilidade urbana, pois com o crescimento de carros e outros veículos circulando pelas ruas, a infraestrutura deveria ser modernizada para acompanhar esse crescimento, mas, infelizmente, essa não é a realidade.

Muitas ruas e muitas cidades do Brasil foram construídas quando nem sequer haviam carros circulando nas ruas, por conta disso muitas ruas são estreitas, o que dificulta muito a mobilidade urbana.

Essas ruas muito estreitas, além de tornar mais difícil a passagem dos carros e veículos, também impossibilita a colocação de uma ciclovia e um espaço para pedestres que seja adequado, sendo assim, a mobilidade urbana fica comprometida.

Pouco investimento nos transportes públicos

Em cidades grandes pode ser que haja linhas de metrôs e ônibus que sejam mais rápidos, que comportem mais pessoas e que sejam confortáveis, mas essa não é a realidade de cidades médias e pequenas.

Algumas cidades médias e pequenas nem sequer possuem linhas de metrôs e os ônibus destinados a transportes públicos são pouco confortáveis e, muitas vezes, não possuem muita segurança para os passageiros, além de estarem sempre muito lotados.

E por conta desses motivos, muitas pessoas optam pelo uso de carros e motos para se locomover, pois além de serem opções mais rápidas, há também a questão do conforto e da segurança.

Alternativas para diminuir o problema da mobilidade no Brasil

Não há muito que a população possa fazer a respeito de alguns problemas da mobilidade urbana, pois alguns problemas podem apenas ser resolvidos por nossos governantes, como investir em mais e melhores opções de transportes públicos, por exemplo.

Contudo, existem algumas ações que podemos tomar para que a mobilidade urbana se torne menos desafiadora, como por exemplo, buscar fazer o uso de caronas e carros compartilhados.

Criar e utilizar um sistema de caronas é tão útil para diminuir o problema da mobilidade urbana quanto para as pessoas que fizerem parte dele, pois, o motorista poderá dividir os custos da gasolina/álcool, os passageiros terão um meio de locomoção mais seguro e confortável e o fluxo do trânsito será menor.

As empresas também podem ajudar a diminuir o problema da mobilidade urbana, principalmente em horários de pico, criando uma jornada de trabalho mais flexível para seus funcionários, de forma que essa jornada seja dividida em dias presenciais e home office.

Dessa forma, o fluxo do trânsito diminuirá consideravelmente e os funcionários passarão menos estresse e com certeza serão ainda mais produtivos, o que será ainda mais vantajoso para todos.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário