Home Apps Vejam os apps que mais descarregam seu celular

Vejam os apps que mais descarregam seu celular

por Paulo Fernandes Maciel
Bateria

Avast Revela os Apps que Mais Drenam a energia do Seu Celular Android.

apps
Um ano de aperfeiçoamento de Snapchat, Facebook e outros aplicativos significa uma nova lista dos maiores devoradores de bateria, armazenamento e dados de 2017

Não importa com qual plataforma social, de música ou armazenamento em nuvem você esteja mais acostumado;

Todas têm uma coisa em comum que é a capacidade de aniquilar o seu celular Android.

 

A Avast, líder global em produtos de segurança digital, publicou seu Relatório Trimestral Avast de:

Tendências e Desempenho dos Aplicativos Android do primeiro trimestre de 2017 para ajudá-lo a navegar nos turbulentos mares digitais, para poder descobrir quais apps estão drenando seu celular.
Baseado numa pesquisa detalhada, o relatório identifica os 20 aplicativos considerados os mais ‘sugadores’;

Pela combinação do seu impacto na duração da bateria, capacidade de armazenamento e uso do plano de dados.

Com as informações de mais de 3,000,000 de usuários do Android, o relatório mapeia os piores infratores e os novos que entraram nas listas, incluindo um trio de recém-chegados do Google, que são o seu Play Music, o Talkback e o app Docs.

Os experientes Facebook, Instagram e Amazon ilustram os gráficos mais uma vez por gastarem armazenamento.


Uma série de novos aplicativos entraram nos gráficos pela primeira vez neste trimestre, incluindo:
• Google Talkback:

Na liderança entre os recém-chegados em apps que são executados no start-up, o Talkback é ativado por vários aplicativos de terceiros, o que significa que ele pode permanecer ligado até mesmo depois de você reiniciar seu dispositivo.
• Google Play Music:

Os bloqueadores de anúncios parecem ser uma causa da drenagem de desempenho desse aplicativo de música.
• SHAREit:

Projetado para compartilhar arquivos através de Wi-Fi de um dispositivo para outro, este popular aplicativo Lenovo depende do Wi-Fi;

Tornando-o o quarto que mais consome o desempenho quando executado pelos usuários.
• Google Docs:

Este simples aplicativo de editor de texto é o segundo em drenagem de desempenho executado por usuários em dispositivos Android;

Drenando-os ainda mais quando conectado diretamente ao Google Drive via 3G e Wi-Fi.
• Samsung Media Hub:

Embora descontinuado em 2014, o ranking deste aplicativo é basicamente devido aos dispositivos Samsung mais antigos o possuírem pré-instalado.

Os usuários devem removê-lo e substituí-lo com a mais nova versão disponível para eles.
• Piano Tiles 2:

Testes executados em um Samsung Galaxy S6 revelaram que o aplicativo conseguiu drenar a bateria inteira em menos de 3 horas e meia de uso consistente.

 

Menções notáveis vão para os próprios aplicativos do Google.

Um total de oito aplicativos são destaque nas 10 principais listas de aplicativos de inicialização e executados pelo usuário.

A Samsung também tem um papel destacado, com sete de seus aplicativos aparecendo nas tabelas.

O fato de que as ofertas do Google e da Samsung são muitas vezes pré-instaladas na maioria dos dispositivos Android pode desempenhar um papel nisso.

Quando se trata de mensagens instantâneas, o ChatON, o Google Hangouts e o LINE:

Free Call & Messaging são o trio problemático que encontra a fama nas listas dos Top 10.

O título de “Mais Aperfeiçoado” deste trimestre é compartilhado entre a ferramenta de mensagens Snapchat;

O gigante das redes sociais Facebook e o gigante de transmissão de música Spotify.

Tendo anteriormente ocupado três das quatro principais posições dos aplicativos de drenagem de desempenho executados por usuários e de inicialização;

Essas empresas fizeram um esforço coordenado neste trimestre para melhorar.

A Musical.ly também merece uma menção por escapar das listas dos pesos-pesados em armazenamento, já que não aparece em nenhuma delas.
“As estatísticas do setor mostram que as vendas de smartphones cresceram 9,1% no primeiro trimestre deste ano* e os dispositivos Android continuam a dominar a participação no mercado.

Os smartphones acessíveis, no entanto, podem comprometer recursos como armazenamento do dispositivo, para que a experiência do usuário seja cada vez mais importante, e então fica crítico o modo como os apps afetam o desempenho do telefone”;

Disse Gagan Singh, SVP e GM Mobile Business da Avast.

“Para muitos de nós, os smartphones são o principal dispositivo em nossas vidas diárias.

Saber quais dos nossos aplicativos favoritos são os que mais prejudicam a vida útil da bateria, o uso de dados e o armazenamento é importante para que possamos gerenciar qualquer coisa que usemos regularmente em nossos telefones”.
Um limpador e otimizador de dispositivos tudo-em-um como o AVG CleanerTM para AndroidTM;

Um produto da Avast, pode ajudar a gerenciar aplicativos que drenam recursos de seus dispositivos.

O relatório completo pode ser baixado aqui.
Metodologia
O Relatório Avast de Tendências e Desempenho dos Aplicativos Android foi baseado numa amostra de dados agregados e anonimizados de mais de 3 milhões de usuários do Android em todo o mundo.

Os dados de aplicativos incluídos neste relatório cobrem um período de janeiro de 2017 até março de 2017 e só inclui apps do Google Play para os quais a Avast observou um tamanho de amostra mínimo de 50.000 ocorrências de uso.
* Números referentes ao Relatório Gartner Maio 2017 sobre vendas mundiais de smartphones.
Sobre a Avast
A Avast (www.avast.com), líder global em produtos de segurança digital, protege mais de 400 milhões de pessoas online.

A Avast oferece produtos com as marcas Avast e AVG, que protegem as pessoas de ameaças na internet e no emergente cenário de ameaças de IoT.

A rede de detecção de ameaças da empresa está entre as mais avançadas do mundo;

Usando tecnologias de aprendizado de máquina e de inteligência artificial para detectar e deter ameaças em tempo real.

Os produtos de segurança digital da Avast para Mobile, PC ou Mac têm conceito superior e são certificados por;

VB100, AV-Comparatives, AV-Test, OPSWAT, ICSA Labs, West Coast Labs e outros.

A Avast tem o suporte das empresas líderes globais em private equity CVC Capital Partners e Summit Partners.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário