Home / Hardware e Modding / Como escolher um HD para sua máquina

Como escolher um HD para sua máquina

A Western Digital apresenta cinco dicas para o consumidor comprar um HD

O disco rígido – ou HDD – é um item fundamental em qualquer equipamento eletrônico.

Este produto não é apenas a memória, mas o coração do computador.

Portanto, se você deseja atualizar ou configurar sua nova máquina, é essencial escolher um bom disco rígido para garantir que os dados estejam seguros, acessíveis e possam ser processados de maneira rápida e eficiente.

Um módulo de HD da Western Digital

Veja a seguir algumas dicas básicas que te ajudarão a escolher o modelo certo de HDD, caso necessite comprar um novo:

1. Conheça seu perfil de uso

Cada usuário precisa de um tipo diferente de armazenamento e existem discos rígidos projetados para atender diferentes necessidades.

Portanto, é importante estar ciente do perfil e qual será a utilidade dos HDDs.

Se o usuário estiver procurando principalmente por um alto padrão de armazenamento, para usar em um computador desktop ou em um PC, ele deve verificar principalmente a confiabilidade e a compatibilidade de uma unidade.

Para o consumidor de nível básico, que costuma utilizar o computador para navegar na internet, assistir filmes, ouvir músicas e acessar as redes, um HD de até 1TB é o ideal.

Já os consumidores “mainstream”, que usam o computador tanto para tarefas pessoais quanto profissionais, incluindo softwares mais complexos e download de arquivos mais pesados , recomenda-se o uso de HDDs entre 2TB e 4TB.

Já os que buscam principalmente uma maior capacidade de armazenamento devem preferir HDDs com 5TB ou mais.

Fazem parte desse grupo profissionais criativos, por exemplo, que precisam salvar muitas informações de gráficos/layouts pesados e vídeos de alta qualidade.

2. Mas não é só a capacidade que importa.

Além da capacidade de armazenamento, os usuários precisam observar o desempenho que melhor se adequar às suas necessidades.

Por isso, é importante estar ciente das velocidades de transferência, cache e tempo de acesso.
Além disso, há softwares que facilitam o backup e os processos de atualização:

Por exemplo, o software da WD Acronis True Image pode clonar unidades e fazer backup de seu sistema operacional, aplicativos, configurações e todos os seus dados.

Por último, é importante considerar a tecnologia que o HDD pode oferecer para ajudar a proteger seus dados, ou seja, posicionar o cabeçote de gravação na superfície do disco.

3. Por que um HDD?

O HDD é uma tecnologia de armazenamento consolidada e extremamente confiável.

A unidade de medida mais utilizada para contar a capacidade do HDD é o Gigabyte (GB), sendo que alguns modelos utilizam a unidade Terabyte (TB).

Uma das grandes vantagens do HDD frente a outras unidades de armazenamento, é o custo-benefício: além de ser uma tecnologia segura, é uma opção com bons preços no mercado.

4. Atenção para a interface

Na escolha do melhor modelo deve-se considerar também a interface adequada.

Atualmente, os principais modelos disponíveis utilizam a interface SATA (Serial AT Attachment) – é aquela que determina a velocidade máxima de transferência de dados.

Os mais usados são o SATA-300, que pode atingir uma taxa de transferência de 300MB / segundo, e o SATA-600, que pode chegar a 600MB / segundo.

Portanto, um SATA-600 HD terá um desempenho melhor que o SATA-300.

5. Relação custo-benefício

Os discos rígidos oferecem a melhor relação custo X capacidade como meio de armazenamento.

Há preços diferentes para cada modelo, por isso é importante entender as próprias necessidades e prioridades para escolher o modelo eficiente que cabe no seu bolso.
A Western Digital oferece HDDs a partir de R$ 214,90 para capacidade de 500GB, já que agora as peças são fabricadas no Brasil.

Confira os modelos disponíveis no site da empresa – https://www.wdc.com/pt-br/products/internal-storage.html

 

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*