Home Fotografia Dicas de fotografia de alimentos

Dicas de fotografia de alimentos

por Carlos Xandelly

Sabe aquele velho ditado popular que primeiro se come com os olhos? Pois é, não é nada diferente em Fotografia de alimentos e principalmente é um nicho de mercado muito interessante e bastante atrativo aos fotógrafos de plantão, podendo inclusive levantar uma graninha extra com algumas boa sessões a restaurantes, lanchonetes e fastfood para confecção de cardápios e de websites.hakka mee,jalan pudu, kuala lumpur, malaysia

Fotografia de Alimentos

A mídia global a cada dia é maior e mais agressiva, hoje falaremos sobre especificamente Fotografia de Alimentos e Pratos.  A fotografia de alimentos está relacionada com imagens em que os alimentos parecem atraentes e apetitosos para as pessoas que vêem a imagem, e esta sensação de “Sabor”, na fotografia, pode ser favorável ou um desastre, dependendo de como o fotógrafo captou a imagem. Logicamente quanto mais ‘quente’ ou mais ‘colorido’ este clique poderá representar o sucesso e a perfeição em se retratar um bom e suculento prato. Vamos por partes, comentaremos.

Um bife excessivamente temperado pode parecer desagradável, enquanto a foto de uma coxinha de frango assada com ervas e vegetais ao lado pode fazer você salivar. Tudo dependerá muito da habilidade e do ‘olhar’ fotográfico do autor, ou até mesmo da sua exuberância em inovar e fazer daquele prato algo como se realmente fosse único e substancial. Portanto, é de responsabilidade do fotógrafo atingir as características fotográficas que deixarão a boca de quem vê cheia de água e realmente querendo degustar aquele prato – quase que comendo literalmente a foto com os olhos.

Para isso existem algumas dicas interessantes, e demais o resto é puro treino.

Dicas Para obter uma Fotografia substancial e de peso

  1. Trabalhe com boa iluminação, para que os alimentos fiquem claros;
  2. Preocupe-se da direção de arte, a decoração do prato, os itens que vão compôr a foto;
  3. Seja rápido no gatilho, alguns tipo de alimentos, devido ao calor das luzes, e a posição dos elementos, provavelmente vão “desmontar” com o tempo;
  4. Na composição do cenário, buscar o equilíbrio de cores entre o fundo e os ‘adornos’, tais como pratos e enfeites; se for o caso;
  5. Não carregar a foto a tal ponto que pareça algo surreal; equilibrar as cores e a realidade
  6. Para um restaurante moderno e elegante, por exemplo, o estilo deve ser preciso e limpo, usando vidro polido impecável e toalhas de mesa brancas.

[box type=”success” ]Se você está disposto a trazer um estado de espírito ou o sentimento de sua foto de alimentos, então é a melhor escolha para usar adereços e um conjunto elaborado. Um esforço de colaboração do chef e do fotógrafo pode gerar fotos incríveis.[/box]

Alguns alimentos são feitos para parecerem simples, mas um fotógrafo tem que fazer com que ele pareça delicioso, suculento, apetitoso. Em tais casos, o foco principal do fotógrafo é fazer o espectador pensar sobre o sabor da comida, em vez de torná-la bonita. O truque pode estar na lista de ingredientes incluídos nesse prato especial que vai animar a sua foto para os espectadores. Adicione cor e vida ao prato para o deixar atraente e com um enfeite bonito (experimente salsa ou alecrim ao lado). Por isso, aqui, é importante adicionar contraste e cores fortes.

A melhor maneira de atingir o clímax é realmente com muito treino e algumas dezenas de cliques, a paciência é o grande e único segredo que fará a diferença e a fotografia terá seu objetivo alcançado. Abaixo alguns ótimos exemplos que servem de referência para sua próxima Fotografia.

 

Você também pode gostar

Deixe um Comentário