Home / Dicas / Formação da mão-de-obra 4.0 torna se urgência no Brasil

Formação da mão-de-obra 4.0 torna se urgência no Brasil

Crianças precisam aprender robótica e programação nas escolas afirma o presidente da ABDI

A escola precisa formar a mão-de-obra 4.0

O Presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Guto Ferreira, palestrou no Fórum de Manufatura, que está acontecendo em São Paulo.

fórum da manufatura mão-de-obra 4.0

Além dele, diversos especialistas e executivos de grandes empresas estão discutindo os entraves e soluções para desenvolver o crescimento do setor industrial brasileiro.

 

“O ensino precisa vir junto com a tecnologia, para formarmos a mão-de-obra 4.0”

 

“O mundo está discutindo inovação e nós ainda precisamos fazer as reformas para destravar a nossa economia.

Nós estamos muito atrasados e teremos que acelerar nestes 4 anos para alcançarmos países como Alemanha, Coréia do Sul, Japão e Estados Unidos.

Porém, nós precisamos pensar na base.

É preciso uma revolução na educação para que todo o processo tenha consistência no longo prazo.

O ensino precisa vir junto com a tecnologia, para formarmos a mão-de-obra 4.0.

mão-de-obra 4.0 robô engenheiro

Inserções no currículo escolar

 

Nossas crianças precisam aprender também, robótica, programação e inovação nas escolas.”

Afirma o Presidente.
Algumas iniciativas realizadas pela agência já estão em prática, com o foco na digitalização da economia.

O Programa Startup Indústria fez a ligação entre as startups que possuíam soluções inovadoras e as grandes indústrias e já começou a dar resultados.

“Essas iniciativas funcionam como um laboratório que, após testadas no ambiente real, são repassadas para todo o setor produtivo, melhorando processos e solucionando problemas. Ainda temos muito para avançar.

Nossa pesquisa revelou que 46% das indústrias, atualmente, não possuem uma estratégia definida para a era 4.0. Isso é muito grave, pois a nova revolução industrial já está em andamento e quem não acompanhar sairá do mercado.

É a seleção natural”, ressalta.

 

Mudanças pragmáticas

Durante o evento, Guto Ferreira ressaltou ainda que, políticas que prevaleceram nos últimos 16 anos serão repensadas e mudanças pragmáticas já estão ocorrendo.

“A atual gestão, através do Ministro Paulo Guedes, tem uma outra forma de pensar as políticas industriais e, principalmente, os subsídios.

Nosso setor produtivo precisa ser competitivo sem o auxílio financeiro do governo e para isso não tem outro caminho, somente a inovação”, finaliza.

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*