Home Dicas 05 dicas para um fluxo de trabalho de fotografia perfeito

05 dicas para um fluxo de trabalho de fotografia perfeito

por Paulo Fernandes Maciel
arquivos nuvem

Dicas interessantes sobre fluxo de trabalho de fotografia

Seguindo uma determinada metodologia ou protocolo de trabalho, você conseguirá acelerar seu trabalho e obter eficiência.

O acesso rápido aos arquivos é um fator essencial para aumentar a sua produtividade.

Ter um fluxo de trabalho predefinido antes de qualquer evento ou produção de imagem reduz bastante o consumo de tempo. Abaixo estão listadas as 5 dicas mais eficientes que ajudarão você a gerenciar melhor o fluxo de trabalho de pós-produção.

Leia as 05 seções a seguir para saber mais sobre o fluxo de trabalho de fotografia:

1.     Pastas organizadas para encontrar as suas imagens mais rapidamente

Sempre que estiver importando ou copiando imagens para o computador, tenha sempre uma pasta sistemática.

Salve o nome da imagem com o nome do evento, data e uma pequena descrição referente à imagem.

Isso pode parecer irritante no começo, pois você deve renomear as imagens uma a uma.

No entanto, esse é o truque mais eficaz que será útil para vocês daqui a alguns anos.

Ter um fluxo de trabalho melhor nem sempre precisa estar relacionado com a câmera ou ao software de edição, mas também pode depender da organização dos dados, de modo que a exata imagem desejada esteja na facilmente disponível quando necessário.

fluxo de trabalho de fotografia

2.     Corrigir imagens na câmera

Muitas vezes, se a saída da imagem não corresponder à qualidade ou exposição necessária, os fotógrafos preferem trabalhar posteriormente na imagem.

No entanto, ajustar a câmera ajustando o mostrador pode ajudar na exposição, no zoom, no estreitamento da linha horizontal e até na nitidez da foto.

Não há dúvida de que tudo isso pode ser feito na pós-produção durante a edição das imagens, mas fazer esses ajustes antes economiza muito tempo.

Portanto, a produção de imagens se torna mais efetiva quando a imagem na câmera está tão próxima da imagem final.

fluxo de trabalho de fotografia

3.     Quantos cartões de memória vou precisar?

A maioria das câmeras DSLR exibe o número restante de fotos que o cartão de memória atual suporta gravar.

Isso ajuda você a planejar adequadamente a capturar mais imagens e economizar tempo nas fotos.

É uma boa prática usar cartões de memória com marca e que contenham alta velocidade de processamento.

É aconselhável levar uma bolsa ou carteira para armazenar os cartões de memória reservas.

4.     Use a opção Formatar na câmera para apagar e limpar os cartões de memória

Pode ser muito gratificante formatar seus cartões de memória a partir das opções da câmera.

Quando comparado a excluir ou apagar arquivos em um computador, a formatação do cartão SD na câmera estabelece o sistema apropriado de arquivos.

Além disso, os arquivos excluídos do computador sempre deixam de fora alguns trechos dos dados antigos.

Isso pode levar ao acúmulo de cachê e arquivos ocultos que afetam a velocidade de processamento dos cartões SD.  

A formatação do cartão de memória da própria câmera remove completamente os dados e aumenta a velocidade de processamento.

Se você excluiu qualquer imagem importante por engano da sua câmera, sempre poderá escolher um software profissional de recuperação de arquivos.

Nós sugerimos o uso do software Remo Recovery, que é um software de recuperação fácil de usar.

Se por acaso você tiver excluído fotos importantes do cartão de memória, sempre poderá recuperar dados do cartão SD usando o software mencionado acima.

5.     Backups

Nunca deixe de ter pelo menos três tipos de backups para suas imagens.

Uma unidade externa, um serviço de armazenamento em nuvem e o arquivo de origem do software em que a imagem foi editada.

Erros humanos, erros lógicos e calamidade natural podem acontecer a qualquer momento.

Portanto, os dados da imagem estão sempre sujeitos a exclusão. E ter um backup em todas as três plataformas diferentes ajudará você a enfrentar qualquer cenário de perca de dados.

Portanto, essas foram as 05 dicas básicas que podem ajudar a melhorar o seu fluxo de trabalho na paixão fotográfica. Compartilhe outras rotinas interessantes que você utiliza para continuar a sua fotografia e estar no topo do jogo.

Gostou das nossas dicas sobre o fluxo de trabalho de fotografia? compartilhe!

Leia também:

– Dica Nikon: Fotografando pôr e nascer do sol

– Dicas simples e rápidas para ajustes e trabalhos em ISO Fotográfico

– 5 Dicas dos Candidatos ao Oscar da Fotografia

Você também pode gostar

Deixe um Comentário