Home Atualidades Rede LinkedIn impõe regras rigorosas contra prostitutas em sua rede e proibe anúncios de oferta ‘sexo’

Rede LinkedIn impõe regras rigorosas contra prostitutas em sua rede e proibe anúncios de oferta ‘sexo’

por Plantão da Redação

A rede social profissional LinkedIn proibiu às prostitutas oferecer serviços em suas contas. A rede introduziu as respectivas mudanças no acordo de utilização.Inicialmente esta proibição está sendo anunciada principalmente nas redes e no blog oficial do desenvolvedor e mantenedor de uma das maiores redes sociais com fins profissionais.

Segundo essas mudanças, os usuários são proibidos de “criarem perfis e fazerem publicidades dos serviços de acompanhamento ou prostituição”, mesmo que esse tipo de atividade seja permitido no país do usuário. É proibido oferecer tais serviços também através de comunicações pessoais.

LinkedIn apresenta-se como uma rede para profissionais e oferece possibilidades para publicar currículos e informações sobre vagas, assim como estabelecer contatos profissionais. No total, a rede é utilizada por mais de 200 milhões de pessoas.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário