Home Atualidades Ford cria equipe para desenvolvimento de baterias

Ford cria equipe para desenvolvimento de baterias

por Paulo Fernandes Maciel
baterias

Ford cria equipe para desenvolver baterias.

baterias

Grupo exclusivo já registrou 15 invenções e oito patentes.

Um grupo de especialistas criado pela Ford exclusivamente para o desenvolvimento de bateria estão começando a render frutos:

São 15 invenções e oito registros de patentes associadas a essas pesquisas.

O objetivo é aprimorar características das baterias como segurança;

Funcionalidade e eficiência para que entrem em produção nos próximos 5 a 10 anos;

Quando os carros elétricos devem ganhar crescente participação no mercado.

A montadora planeja lançar 13 veículos elétricos em linha de produção até 2023;

O que inclui híbridos, híbridos plug-in e os 100% elétricos, movidos apenas a bateria.

Entre as ideias, já surgiu células com sensores de temperatura integrados;

Que consiste em uma estrutura multifuncional para as células da bateria e uma interface de célula com recursos integrados.

Além de inventar coisas para colocar em um veículo, a proposta é também desenvolver novas abordagens:

“Buscamos criar projetos que melhorem a eficiência, a funcionalidade e aspectos de segurança da célula”;

Afirma o engenheiro qui­mico Mohan Karulkar, que integra a equipe.

Além disso, a montadora mantém parceria com o laboratório de baterias da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos.

A Ford ajudou a projetar e financiar essa instalação que reúne equipamentos de produção de alta qualidade em uma plataforma de pequena escala.

Desenvolver estes projetos diretamente com os fabricantes de baterias seria um desafio;

Pois eles trabalham com estruturas de produção de alto volume que não permitem testes individuais de células.

O laboratório da universidade conta com as mesmas ferramentas usadas na produção comercial de baterias;

Mas permite testar mudanças no meio da montagem.

Com isto, o objetivo da empresa é avançar nas ideias com maior potencial de produção e montar um portfólio de patentes que atraia os fabricantes de baterias a investir nestes novos produtos.

Um exemplo disso é um dispositivo de segurança desenvolvido em 2012 para reduzir o risco de incêndio:

Ele foi adotado por um fornecedor e se tornou um de seus principais diferenciais de vendas.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário