Home / Atualidades / FETIN traz soluções para saúde indústria e meio ambiente

FETIN traz soluções para saúde indústria e meio ambiente

Inovações para a Saúde, Meio ambiente e Indústria serão apresentadas na Feira Tecnológica do Inatel

Na 38ª edição da Feira Tecnológica do Inatel – FETIN estudantes da instituição e;

De universidades estrangeiras vão mostrar como a criatividade pode ser usada para criar inovações capazes de transformar o nosso dia a dia.

Banner da FETIN

Serão mais de 100 projetos nas áreas Saúde, Meio Ambiente, Automação, Games, entre outros segmentos relevantes para o desenvolvimento da nossa sociedade.

Soluções fáceis com tecnologias agregadas que possibilitam grande coisas e feitos.

 

Uma feira voltada ao que desenvolvemos e no que podemos colocar como avanços tecnológicos.

A feira acontece de 25 a 27 de setembro, em Santa Rita do Sapucaí (MG);

E o horário de exposição é das 14h30 às 20h30, exceto na sexta-feira em que a exposição vai até às 18h30, seguida da cerimônia de premiação.

Confira algumas das ideias que serão apresentadas na feira:

Mais qualidade de vida para pacientes renais

O “Cicloergômetro adaptado para atividade hemodialítica”, desenvolvido pelos alunos Leonardo Garcia Ferraz da Silva e Emerson Assis do Couto, tem o objetivo de auxiliar no bem-estar de pessoas com problemas renais, que precisam se submeter à Hemodiálise diariamente.

Como eles passam muito tempo em tratamento (geralmente são 3 sessões por dia, de 3 horas cada);

surgiu a ideia de um equipamento em que o paciente possa se exercitar enquanto passa pelo processo de hemodiálise.

FETIN Ciclo ergômetro

Parece mas não é… Parece mais uma MARMOTA para pendurar um paciente em situação complicada… mas não é.

 

O equipamento pode ser utilizado com as mãos ou os pés, dependendo da situação do paciente.

O grande diferencial é sua capacidade de adaptação a diversas situações e tipos de leitos, evitando que o usuário passe mal por excesso de movimentação.

Sua aplicação pode gerar melhorias significativas no processo de hemodiálise, reduzindo o tempo de tratamento e melhorando a adesão e qualidade de vida dos pacientes.

 

O baixo custo pode ser um atrativo

“A maior inovação do projeto está no seu baixo custo para a elaboração e implantação, o que pode ser atrativo para clinicas, hospitais e planos de saúde;

Uma vez que vai trazer benefícios como a redução do tempo e melhoria da eficiência do tratamento para os usuários”, destaca Leonardo.

 

Divertir e conscientizar

 

O jogo “Gameficando o projeto Tô Ligado” desenvolvido pelo aluno Aguinaldo de Souza Júnior, do curso de Engenharia de Computação, tem como foco a conscientização contra o uso de drogas.

Ao longo do jogo, o personagem principal vai a um show de Rock e encontra vários inimigos pelo caminho, usuários de drogas lícitas e ilícitas.

O objetivo é que o jogador se inteire sobre os vários tipos de drogas existentes e conheça os malefícios que elas podem trazer à sua vida.

Descarte consciente de lixo eletrônico

O “CanCycle”, idealizado pelo estudante de Engenharia de Controle e Automação, Nathan Ribeiro da Cunha Azevedo, é um projeto que incentiva o descarte correto de lixo eletrônico.

A ideia consiste em um ponto de coleta automatizado, onde as pessoas poderão depositar os equipamentos em desuso e serão bonificados por isso.

Os materiais serão analisados e de acordo com seu valor agregado, revertidos em créditos para os usuários.

Esses créditos poderão ser descontados na conta de energia, transferidos para um banco, ou até mesmo, doados para uma instituição de caridade.

Solução para atender a demanda local

O “Desestoca”, criado pela aluna Stefany Rodrigues Lau, do curso de Engenharia de Controle e Automação, é uma plataforma para troca de materiais e componentes para o setor industrial.

Ela foi pensada de acordo com a realidade do Vale da Eletrônica

Onde as empresas muitas vezes descartam materiais que estão em desuso, mas ainda em bom estado.

Por meio da plataforma, as empresas podem saber se há componentes em desuso em outras empresas que possam ser utilizados em seu processo produtivo, promovendo a reutilização desses materiais.

Além de contribuir para o Meio Ambiente, evitando a geração de lixo, o projeto fortalece a cooperação entre as empresas e a economia local.

Pode ser o pesadelo dos acumuladores compulsivos… ou pegaria bem nos EUA…

 

Serviço

38ª edição da Feira Tecnológica do Inatel

Quando: 25 a 27 de setembro

Onde: Santa Rita do Sapucaí (MG)

 

Incentivo às ideias promissoras

Todos os projetos apresentados na FETIN são avaliados por uma equipe multidisciplinar e os melhores são premiados ao final do evento.

O Núcleo de Empreendedorismo do Inatel – NEmp;

Também avalia os projetos e convida aqueles com maior potencial de inovação para ingressar nos programas de incubação e pré-incubação do Instituto.
Confira a programação completa em www.inatel.br/fetin.

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*