Home Artigos Porque beber muito dá dor de cabeça e mal-estar?

Porque beber muito dá dor de cabeça e mal-estar?

por Paulo Fernandes Maciel
focando máquina de bebidas

É bem provável que você já tenha se sentido mal depois de consumir alguns tipos de bebidas alcoólicas. Em alguns casos, o mal-estar aparece logo após a ingestão e você pode não entender o que está acontecendo.

Nesses casos, a náusea e a enxaqueca nem sempre estão ligadas apenas à embriaguez. Se você experimentou um novo tipo de bebida, ou resolveu provar uma cerveja mais forte, o seu organismo pode não se adaptar instantaneamente.

Porém, a principal razão para a indisposição é o consumo excessivo. Assim como faz mal ingerir, de uma vez só, todo o conteúdo de um pote de Nutella, beber em grandes quantidades tem efeitos prejudiciais para o organismo.

Saiba mais, a seguir.

mal-estar

O consumo de bebidas precisa ser equilibrado evitando o mal-estar

Equilíbrio é a chave para tudo e pode evitar algumas dores de cabeça.

Para os que adoram comprar bebidas no atacado, o ideal é não consumir todas em apenas um dia. Procure consumir pequenas quantidades ao longo da semana e reserve um momento especial para beber livremente.

Mesmo nessas ocasiões é importante tomar cuidado. O consumo de algumas latas de cerveja pode provocar apenas enxaquecas e dores estomacais e demais sintomas de mal-estar, enquanto grandes doses de bebidas destiladas, por exemplo, podem ter alguns agravantes.

Geralmente, os destilados, que são bebidas alcoólicas como vodka e whisky, têm um alto teor de álcool que, em excesso, induz o corpo a um coma alcoólico. Não arrisque!

Como as bebidas alcoólicas em excesso fazem mal?

Imagine que você está em repouso e, de repente, alguém te obriga a correr sem parar. É isso o que acontece com o seu organismo quando você começa a beber sem hora para acabar.

A partir da primeira lata de bebida, alguns hormônios começam a ser liberados e outros mecanismos do organismo são ativados. Tudo isso para que haja um equilíbrio dentro do próprio corpo.

O problema é que a circulação sanguínea aumenta e toda a capacidade cerebral acelera. Em algum momento, você precisa parar de beber para que o organismo se recupere.

Quando isso não acontece, os primeiros efeitos começam a aparecer devido à grande atividade cerebral. A dor de cabeça é o sintoma mais comum decorrente da ingestão de bebidas baratas.

Ao observar esses sinais, o ideal é parar de beber imediatamente. Ingerir bastante água pode ajudar a cortar os efeitos para que, no dia seguinte, o organismo esteja novamente disposto. 

Você também pode gostar

Deixe um Comentário