Home / Apps / IR sem erro, o aplicativo que desburocratiza a declaração do IR

IR sem erro, o aplicativo que desburocratiza a declaração do IR

 Aplicativo IR sem Erro maximiza declaração de Imposto de Renda, aumentando restituição ou reduzindo imposto a ser pago

 

  • IR sem Erro organiza, armazena e analisa a declaração, para torná-la livre de erros

 

  • Ferramenta valida declaração e produz relatório dos problemas encontrados

 

  • Aplicativo notifica usuário no caso da declaração ser retida na malha fina e informa liberação de lotes de restituição

IR sem Erro

Chegou o IR sem Erro, o primeiro aplicativo que ajuda o contribuinte na organização, envio e análise da declaração do Imposto de Renda.

A ideia é produzir uma prestação de contas consistente ao Leão, proporcionando ao usuário uma segurança maior na entrega da declaração, com possibilidade de redução do imposto a pagar ou aumento de sua restituição.

 

Maximizar a qualidade

“Nosso objetivo é maximizar a qualidade da declaração para as cerca de 15 milhões de pessoas que fazem seu IR sem a ajuda de um contador.

E não há melhor forma de se fazer isso do que possibilitando uma restituição maior (ou reduzindo o valor de imposto a pagar) e prevenindo a retenção na malha fina.”

Explicou o CEO da Tecnologia Única – desenvolvedora da plataforma -, Adriano Marques Garcias.

IR sem Erro

Segundo ele, ao contrário do que se pensa, o período de IRPF começa bem antes do envio da declaração à Receita, uma vez que diversas providências devem ser tomadas previamente para que seja possível a redução da base de cálculo (e, consequentemente, do valor do imposto de renda) e também para  evitar a retenção na malha fina, como aconteceu com mais de 628 mil declarações em 2018.

 

Dados ficam na nuvem

 

O processo do IR sem Erro começa com a organização dos documentos, que são inseridos no aplicativo por meio de uma fotografia feita pela câmera do smartphone.

O usuário pode separar ainda a documentação de outros declarantes da família dentro do seu próprio app.

Os dados são armazenados em nuvem, possibilitando que o usuário troque de celular ou acesse de outra plataforma.

Por meio de uma das funcionalidades, a tecnologia analisa a declaração do ano anterior e dá dicas para reduzir o imposto ou aumentar a restituição no ano seguinte.

Como passo seguinte, a ferramenta faz a leitura e a validação da declaração a entregar e disponibiliza um relatório que informa os problemas encontrados e o grau de severidade dos mesmos, proporcionando uma entrega precisa e sem inconsistências.

Após o envio à Receita Federal pelo próprio programa do Governo, o sistema realiza pesquisas constantes e informa qualquer alteração no status da declaração. O app também notifica o usuário em caso de retenção na malha fina e sobre os eventuais lotes de restituição.

 

 

Dicas para o IRPF 2019

 

1) É importante ressaltar que idosos têm preferência no reembolso, da mesma maneira que contribuintes que possuem doenças graves ou doenças mentais.

Para ter direito ao benefício, é necessário indicar a situação no campo correspondente “natureza da ocupação”.

2) Quem deixa a declaração para ser entregue no fim do prazo pode obter algumas vantagens, sendo a principal delas ter o dinheiro a receber corrigido pela taxa Selic, hoje em 6,75% ao ano.

Logo, quem recebe o dinheiro apenas no final do ano pode ter um rendimento maior do que alguém que receber no início e aplicar na poupança, que tem previsão de rendimento abaixo de 5% ao ano para 2019.

Essa dica vale para quem não tiver planos para usar a restituição no curto prazo.

3) Segundo a Receita Federal, serão sete lotes mensais de restituição, com o primeiro em 16 de junho e o último em 15 de dezembro.

 

 

Sobre a Tecnologia Única

 

Fundada em 2004, a Tecnologia Única conta com ampla experiência no setor de informática, proveniente da atuação dos seus fundadores no mercado corporativo.

Tornou-se especialista no segmento de soluções de software para empresas de seguros, participando do crescimento desse mercado.

Além do “TIO Digital”, desenvolveu a plataforma SaaS “Hora do Lar”, que gerencia o contrato de empregados domésticos, e o aplicativo “IR sem Erro”, que faz toda a análise do IRPF antes da entrega.

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*