Home / Dicas / 3 apostas para a área de Tecnologia da Informação em 2017

3 apostas para a área de Tecnologia da Informação em 2017

3 apostas para a área de Tecnologia da Informação em 2017

Tecnologia da Informação, informações, notícias, dicas

Tecnologia da Informação

Após um período de recessão da economia brasileira, 2017 promete ser um ano de recuperação dos investimentos.

Com retomada do crescimento, principalmente para empresas de tecnologia.

De acordo com o GartnerGroup, estima-seque os gastos globais com a área de TI devem crescer 2,9% nesse ano.

Totalizando US$ 3,4 trilhões.

A pesquisa também mostra que a área de software e serviços de TI éa principal responsável por esses investimentos.

 

Visando a expansão, as empresas estão buscando cortar custos desnecessários.

E em muitos casos, as economias obtidas estão sendo investidas em TI para melhorar processos e ter agilidade e segurança das informações.

 

“Investir em melhorias na infraestrutura para a área de tecnologia da informação é uma jogada de mestre.

As vantagens obtidas a longo prazo trazem benefícios para todos os setores da empresa e também para omercado “;

Afirma Leandro Turbino, diretor de Vendas da Micro Focus Brasil.

 

O especialista aponta três tendências para a área de TI em 2017:

 

  1. Internet das Coisas está na lista de ameaças nacionais e globais de segurança cibernética

 

2017 é o ano em que a segurança da Internet das Coisas ocupará o seu lugar no topo da lista de ameaças de segurança cibernética a nível nacional e global.

Com o crescimento exponencial de dispositivos móveis, a tendência é o aumento da exploração de vulnerabilidades nos sistemas de segurança das empresas e também em ambientes industriais, representando ameaças para as organizações.

 

Alguns ataques no final doano demonstraram que um número relativamente pequeno de dispositivos IoT comprometidos pode ser usado para executar ataques extremamente significativos.

Com o uso cada vez maior doIoT, a escala potencial de um ataque bem coordenado poderia ser usado para apresentar uma ameaça muito real para a infraestrutura do país, como em serviços bancários online, serviços de emergência e comércio em geral.

 

Como resultado, devemos esperar que a segurança da IoT se torne rapidamente parte da agenda de segurança nacional e que os governos comecem a avaliar o papel da legislação e dos padrões de segurança para dispositivos conectados à Internet.

 

 

  1. O fim da TI Bimodal  

 

De acordo com o Gartner, o conceito original de TI Bimodal éa prática de gestão de dois modos distintos e coerentes de entrega de TI:

Uma focada na estabilidade e a outra na agilidade.

De um lado está a sustentação das rotinas de operação.

E do outro está a necessidade de gerar inovações que impulsionem negócios.

 

O conceito bimodal sugere que as empresas tenham duas práticas separadas, o que vai contra os princípios de DevOps.

A Micro Focus acredita que os sistemas de software não devem ser divididos em duas categorias distintas para gerenciamento e controle.

A reutilização do que já funciona minimiza o risco do negócio e também suporta práticas de software modernas.

Estas não são coisas separadas, mas sim uma cadeia de valor integrada que opera em muitas velocidades diferentes.

 

O mundo sempre está em transformação e ela é imediata.

Nesse modelo, as empresas constroem lentamente a estabilidade dos sistemas, enquanto lançam coisas novas a cada dia.

E essa disparidade não caminha ao lado das demandas dos negócios, processos e mudanças organizacionais exigidos pelas transformações aceleradas que vivemos.

 

  1. DevOps se tornará NoOps, ou será o libertador de operações em 2017?

 

Toda a área de TI está lutando por uma digitalização mais rápida, com um maior envolvimento com os clientes por meio dos serviços.

Extraindo assim valor dos recursos de informações e permitindo uma nova força de trabalho móvel.

 

A tendência DevOps é alimentada pela necessidade de inovar rapidamente.

Mas a inovação também conduz a uma necessidade de operações mais responsivas.

Os fornecedores de “NoOps” gostariam que acreditássemos que a melhor solução para os problemas é remover operações inteiramente usando serviços de nuvem para apoiar uma digitalização mais prática.

A nuvem, ao invés de se tornar uma ameaça existencial para as operações, é na verdade libertadora.

Ela Permite a agilidade e uma mudança de foco em resultados de tecnologia para resultados de negócios.

 

As operações de TI tem a experiência para traduzir as prioridades de negócios em métricas operacionais para apoiar os resultados bem sucedidos e a melhoria contínua que os negócios necessitam – um passo crítico considerando como os consumidores itinerantes podem ser.

Esta é a próxima progressão lógica em DevOps – completando o “último passo” de entrega de software por meio de uma equipe de operações que garante a prestação satisfatória de serviços.

Independentemente de a infraestrutura estar na nuvem ou no data center corporativo.

 

 

Sobre a Micro Focus:

Micro Focus (LSE: MCRO.L) é uma empresa global de software.

Ela oferece suporte às necessidades tecnológicas e aos desafios do Global 2000.

Nossas soluções auxiliam organizações a alavancar investimentos em TI, aplicações empresariais e tecnologias emergentes.

Também as ajudam a endereçar requisitos de negócios complexos e de rápido envolvimento, enquanto protegem informação corporativa a todo instante.

Nossos portfólios incluem: Attachmate, Borland, Micro Focus, NetIQ, Novell e SUSE.

 

Dicas

As soluções da McAfee – Intel Security oferecem segurança na Internet e proteção contra ameaças online.

A Locaweb é a empresa mais completa em soluções de tecnologia do Brasil.

Serviços como Criador e Hospedagem de Sites, Domínios, Cloud e muito mais para a sua empresa você encontra na Locaweb.

About Vinicius Fernandes Felipe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*