Home / Apps / Obesidade mórbida: Aplicativo ajuda a reduzi-la

Obesidade mórbida: Aplicativo ajuda a reduzi-la

Depois dos 40: Decidido a ter mais tempo com as filhas, engenheiro usa app para curar a obesidade mórbida.

obesidade mórbida

Edmilson e família gordinho e feliz

Edilson Andrade chegou aos 100 quilos por causa do sedentarismo, tabagismo e a má alimentação.

Com a autoestima baixa, resolveu buscar na tecnologia uma forma de mudar de vida e ter mais disposição pra curtir a família

 

Leia também: Nutricionista digital: o aplicativo de AI personalizando dietas

 

FREELETICS  

 

Para o engenheiro de software Edilson Andrade, de 40 anos;

Os dias cada vez mais corridos roubaram-lhe o tempo e a disposição para cuidar do corpo e da saúde.

A falta de tempo para cuidar da saúde afeta a maioria das pessoas.

Para Ed, o resultado foi:

100 quilos distribuídos em apenas 1,73 de altura, unidos ao sedentarismo e a obesidade mórbida;

Problemas de saúde causados pelo excesso de gordura no fígado e, consequentemente;

Falta de energia para brincar com a duas filhas pequenas, de 4 e 8 anos, que estavam crescendo cada vez mais rápido.

 

Decidido a mudar de vida, Edilson percebeu que a saída estava no seu bolso – ou melhor, no seu smartphone.

O aplicativo Freeletics, um personal trainer digital que usa a inteligência artificial para construir programas de exercícios;

E dietas personalizadas para cada estilo de rotina e objetivos para mais de dois milhões de usuários no Brasil;

E 22 milhões em todo o mundo – foi a ferramenta da dieta e de transformação para ele:

Em 8 meses, pode emagrecer,  perdeu 28 quilos, reduziu sua gordura corporal a 14% e hoje tem mais energia para poder curtir a família.

 

“Eu queria ter mais pique e disposição pra fazer coisas simples, como andar num parque com as minhas meninas.

Fui numa academia, mas não me senti à vontade.

Então procurei outras alternativas e, apesar de não acreditar muito nessa coisa de aplicativo, resolvi dar uma chance.

Entrei nos grupos do Freeletics nas redes sociais e vi histórias de pessoas iguais a mim que mudaram de vida.

A transformação do Oswaldo foi a que mais me motivou.

Eu estava maior que ele e pensei: se ele conseguiu, eu também consigo”;

Conta Edilson.

 

obesidade mórbida

Edemilson antes e… depois

 

Leia também: Conheça 10 aplicativos gratuitos para aprender a dançar

O aplicativo pode ser usado em três modalidades:

 

O Bodyweight, para treinos funcionais de alta intensidade usando apenas o peso do próprio corpo;

O Running, para treinos com corridas intervaladas;

E o Gym, que eleva a experiência do treino em academias;

Além da novidade do Nutrition, que é um nutricionista digital integrado com as plataformas de treino, que constrói toda a rotina de alimentação saudável dos atletas.

Todos os apps contam com o “Coach” (o Treinador), a persona da inteligência artificial que acompanha os usuários durante o processo de transformação.

“Ele vai sentindo sua resistência e se adequando ao seu perfil de acordo com seus feedbacks ao final de cada treino;

Como se você estivesse acompanhado de um personal.

Ou seja, cada vez que você treina e se alimenta o programa conhece melhor o seu corpo”, explica Edilson.

O conceito More Life 

 

Edilson faz parte da nova campanha mundial do Freeletics para 2018, que propõe o conceito de “More Life” (Mais Vida);

Incentivando as pessoas a cuidar da saúde de forma inteligente e eficiente;

Tendo assim mais tempo, energia e disposição para aproveitar a vida.

A ideia é trazer a prática de uma vida mais saudável para qualquer pessoa, mostrando casos reais de superação.

“Queremos incentivar todas as pessoas a terem mais qualidade de vida, mais tempo pra se cuidar e curtir suas famílias e amigos.

A proposta de todos os produtos Freeletics é justamente ter todos esses benefícios aplicando pouco tempo e tendo a flexibilidade de fazer em qualquer lugar e à qualquer hora.

Quando mostramos gente que nem a gente dando a volta por cima, superando a obesidade mórbida até mesmo doenças causadas pelo sedentarismo, damos perspectiva a quem está precisando de incentivo”;

Eesclarece Gabriel Teodoro de Oliveira, responsável pela operação do Freeletics no Brasil.

 

Hoje, Edílson tem uma outra vida sem a obesidade mórbida.

 

Largou o cigarro, tem mais disposição e recuperou a autoestima.

“Melhorei não só meu corpo, mas também minha mente.

Meu trabalho rende mais, não sinto mais dores e tenho pique pra brincar horas a fio com minhas filhas sem cansar.

Ensinei até a mais velha a andar de bicicleta”;

Comemora.

 

Com a nova vida, agora o Atleta Livre quer incentivar ainda mais pessoas a seguirem o mesmo caminho.

Por isso, ele gravou o passo a passo da sua transformação neste link:

“Quero que outras pessoas que, assim como eu, não conseguiam nem mesmo ir até a esquina sem ficar ofegantes, sejam estimuladas a mudar de vida.

Nada nesse mundo paga a felicidade de ter a autoestima de volta”, avalia.

Obesidade mórbida

Edmilson agora ! Sem a obesidade mórbida

Sobre o FREELETICS

 

A missão do Freeletics é ajudar as pessoas a se tornarem a melhor versão de si mesmas e alcançar seu pleno potencial.

Criada em 2013, na Alemanha, o Freeletics está presente em 160 países;

E conta com mais de 22 milhões de usuários inscritos.

No Brasil, esse número ultrapassa a marca de dois milhões de Atletas Livres;

Como é conhecida a comunidade de usuários do app, fazendo dele o personal trainer mais popular do país.

O aplicativo oferece programas de treinamento personalizados de acordo com o estágio atual da preparação do usuário;

Promovendo a motivação e evolução dos treinos com o passar do tempo.

Conheça mais em www.freeletics.com

e www.facebook.com/freeletics.

 

 

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*