Home Palestras & Eventos Prótese Dentária coloca Ribeirão Preto em destaque

Prótese Dentária coloca Ribeirão Preto em destaque

por Paulo Fernandes Maciel
Prótese dentária

Ribeirão Preto se torna a capital odontológica do pais e impulsiona mercado de prótese dentária


Crescimento da indústria de prótese dentária faz dentista sorrir com nhoque da fortuna oferecido gratuitamente pelo empresário Ricardo Corona.

Conhecida como a Capital, do Chopp e do Agronegócio, a cidade já se posiciona, em 2020, como a Capital da Indústria Odontológica do país com mais de 100 empresas no setor, que juntas exportam para mais de 150 países e faturam em torno de 300 milhões de reais ao ano.
Após fusão, Dabi Atlante e Gnatus anunciam nova marca, a Alliage que assume liderança no setor de equipamentos odontológicos.

A cidade de Ribeirão Preto detém 220 mil profissionais cadastrados e cursos renomados de Odontologia, entre eles a Faculdade da USP e Universidade de Ribeirão Preto, além dos campos de ensino de Barretos e Franca.

Mas os números não param por aí. Segundo informou o protético que está a frente da Corona Dental, Ricardo Corona, Ribeirão Preto é mundialmente reconhecida como capital da odontologia, por ter o maior parque fabril de equipamentos, 3 universidades de odontologia, escola de prótese, diversos cursos de especializações e atualização, além de espaços que formam atendentes de consultório e técnicos em higienista dental.

prótese dentária


“Esse cenário é para atender a demanda do pais”.

Comenta Corona, ao mencionar a pesquisa do IBGE que classifica o Brasil na 4° posição no ranking de higiene bucal mundial.

Esse fato pode ser comprovado com a pesquisa da Associação Brasileira da Indústria Médica, Odontológica e Hospitalar – ABIMO que registra anualmente em todo o país, cerca de 2,4 milhões próteses dentárias e 800 mil implantes implantados.

O evento acontece no Recafé, dia 29 de fevereiro e visa afortunar os dentistas para que o setor de prótese da região continue em expansão

Para o Conselho Federal de Odontologia (CFO), o segmento é um dos que mais se destaca, com o faturamento anual de R$ 38 bilhões.
Em clima de expansão e estimulo para crescimento do setor, o proprietário da Corona Denta quer aproveitar o ano bissexto para reunir, no dia 29 de fevereiro, parceiros comerciais, amigos empresários e novos empreendedores.
“O Nhoque da Fortuna, nasceu para afortunar os nossos clientes para que eles cresçam exponencialmente e nos tragam ainda mais dentes para serem feitos no laboratório”.

Comenta o empresário ao explicar que segundo a crença, os grãos e massas que incham ou aumentam o tamanho simbolizam fartura e trazem boa sorte, principalmente se consumidos no dia 29.

Descendentes de italianos, o empresário Ricardo Corona está transformando essa superstição em tendencial cool do empreendedorismo odontológico.
Na numerologia a conversa é outra, o número 29 é um 11! Sim, porque 2+9=11 e isso faz toda a diferença! O 11 é um número Mestre, de Liderança, Intuição, muita sensibilidade, é o número dos visionários.
O local do encontro será no Recafé, localizado dentro do Símbolo Ribeirão Preto que marcou a expansão no setor industrial com o complexo da Cia.

Cervejaria Paulista. O local já abrigou os Estúdios Kaiser de Cinema, e é um patrimônio tombado pelo Condephaat, desde 2007.

Serviço:

Nhoque da Fortuna da Corona dental

Evento sobre prótese dentária

Local: Recafé – Rua: Mariana Junqueira, 33 – Centro, Ribeirão Preto/SP
Data: 29/02/2020
Horário: 12 horas

Sobre Ricardo Corona


Graduado em Administração de Empresas e Tecnologia da Informação.
Tem 35 anos de experiência no setor de prótese.
Atuou como presidente do Sindicato dos Protéticos de Ribeirão Preto,
Foi professor de empreendedorismo da escola de prótese e monitor da turma de Odontologia da Universidade de Ribeirão Preto.

• Hoje é um dos empreendedores do interior paulista que faz o setor de odontologia morder a crise emovimentar a economia local

Você também pode gostar

Deixe um Comentário