Home Noticias Uma breve história da tecnologia das câmeras da linha Galaxy S

Uma breve história da tecnologia das câmeras da linha Galaxy S

por SimbiekJP

 

Atualmente, quando se trata de capturar momentos preciosos, um clima espetacular ou um prato delicioso, uma câmera de smartphone é uma necessidade absoluta. Não deve ser surpresa que, de acordo com uma pesquisa da Samsung, um número esmagador de consumidores classifique a câmera e os recursos relacionados a ela um dos três principais fatores que mais importam ao comprar um novo smartphone. A importância da câmera foi ampliada conforme as plataformas de mídia social se tornaram mais populares e mais usuários de smartphones começaram a criar seu próprio conteúdo.

 

Desde o lançamento de seu primeiro telefone com câmera, o SCH-V200, em 2000, a Samsung permaneceu líder na indústria, avançando implacavelmente no segmento de telefones com câmera. As câmeras inovadoras da linha Galaxy S são o resultado de anos de experiência no desenvolvimento de tecnologias inovadoras. Abaixo, uma análise do quanto as câmeras da linha evoluíram nos últimos 11 anos – desde o lançamento do primeiro Galaxy S em 2010, até o recém-lançado Galaxy S21.

 

 

Galaxy S – Modo Panorâmico: Mais amplo do que você pode ver

 

O primeiro dispositivo Galaxy S apresentava uma câmera frontal VGA que era capaz de fazer chamadas de vídeo, bem como uma câmera traseira de 5 megapixels (MP) que podia gravar vídeos em HD. A câmera traseira também incluiu autofoco embutido, reconhecimento facial e funções antivibração, e contou com um Modo Panorâmico, que permitiu aos usuários capturar uma imagem de uma cena que era muito mais ampla do que era visto em sua tela.

 

 

Galaxy S2 – Flash LED: Capturando fotos em configuração de pouca luz

 

Apresentado um ano após o Galaxy S, o Galaxy S2 apresentava uma câmera totalmente aprimorada. Incluídos entre as atualizações estavam aumentos nas contagens de pixels – 2 megapixels na frente e 8 megapixels na parte traseira – e um flash LED para facilitar as fotos noturnas. Outras adições divertidas incluem um recurso de autofoco aprimorado, que torna mais fácil focar a câmera em um tema desejado, e um recurso inspirado em desenhos animados que transforma fotos em imagens desenhadas à mão.

 

 

Galaxy S3 – Disparo em sequência: Grave e tire até 20 fotos

 

Apresentado com o Galaxy S3 de 2012, o disparo em sequência ofereceu aos usuários a ferramenta perfeita para capturar momentos que você perderia em um piscar de olhos, como fotos divertidas de pular no ar. Tanto a câmera frontal de 1.9MP quanto a traseira de 8MP capacitavam esse modo, que permitia aos usuários tirar até 20 fotos no espaço de 3,3 segundos. As câmeras também apresentavam o modo Melhor Foto, que ajudava os usuários a selecionar a melhor entre oito disparos contínuos, e um outro modo que garantia que não haveria nenhum atraso entre o momento em que o usuário tocava o botão do obturador e a imagem ser produzida.

 

 

Galaxy S4 – Dual Shot: Adicionando uma foto em efeito de imagem

 

O Galaxy S4 inaugurou a era das câmeras de mais de 10 megapixels ao combinar uma câmera frontal de 2 MP com uma traseira de 13 MP. O smartphone também introduziu recursos que mudaram a forma como os usuários capturavam momentos especiais e, com isso, transformavam suas fotos em histórias. Por exemplo, o modo Dual Shot da câmera permitiu aos usuários capturar imagens com as duas câmeras ao mesmo tempo, produzindo uma foto na qual o fotógrafo e o que ou quem eram fotografados ocupavam o mesmo quadro. Outros recursos exclusivos da experiência da câmera do Galaxy S4 incluem permitir aos usuários gravar áudio para acompanhar suas imagens e o modo Drama, que possibilita tirar várias fotos em rápida sucessão e combiná-las em uma imagem que conta a história melhor do que uma única foto poderia.

 

 

Galaxy S5 – HDR: Tire fotos nítidas em qualquer ambiente

 

O Galaxy S5 foi um lançamento histórico, já que foi o primeiro smartphone do setor a apresentar uma câmera ISOCELL de 16 MP. O sensor de imagem ISOCELL melhorou a qualidade da imagem com menos interferência entre pixels, tornando possível tirar fotos mais nítidas, mesmo no escuro. A câmera também apresentou um modo HDR atualizado para aprimorar fotos. Ao tirá-las ou gravar vídeos, a aplicação do recurso HDR permitiu aos usuários desfrutar de imagens vibrantes mesmo em salas mal iluminadas ou ambientes com luz de fundo forte.

 

 

Galaxy S6 – 0.7 segundos: Capture o momento em menos de um segundo

 

Para tornar mais fácil para os usuários de smartphones capturarem mais momentos, a Samsung introduziu uma função Quick Launch com o Galaxy S6, que permitia aos usuários iniciar a câmera em apenas 0,7 segundos, simplesmente tocando no botão “home” duas vezes em qualquer tela. Uma função que rastreia e focaliza automaticamente os objetos em movimento melhorou a nitidez da imagem, enquanto uma lente 5MP F1.9 foi instalada na frente para aumentar a qualidade da selfie.

 

 

Galaxy S7 – Sensor de imagem Dual Pixel: Oferecendo foco automático rápido e preciso

 

O Galaxy S7 incorporou um sensor de imagem Dual Pixel – uma tecnologia presente em câmeras DSLR de última geração – para permitir que os usuários tirem fotos nítidas e claras, mesmo quando estão no escuro. O sensor funcionou dividindo cada pixel em dois fotodiodos para detecção de fase no chip, fornecendo desempenho de foco automático amplamente melhorado. A câmera também introduziu um modo de flash de selfie, que fazia a tela piscar ao tirar uma selfie para produzir uma foto mais brilhante. Juntas, as inovações da câmera do Galaxy S7 alcançaram uma pontuação recorde no DxOMark Mobile, de 88 pontos.

 

 

Galaxy S8 – Algoritmo de processo de sinal de imagem: transforme cada foto em uma obra-prima

 

Uma foto perfeita requer iluminação adequada e movimento mínimo do fotografado. Infelizmente, embora essas possam ser as condições perfeitas, também são situações em que raramente nos encontramos ao tirar uma foto.

 

Para ajudar os usuários a tirar fotos melhores, o Galaxy S8 introduziu um algoritmo de processamento de sinal de imagem aprimorado, que garantiu imagens claras e estáveis, independentemente da hora ou local. O dispositivo conseguiu isso tirando três fotos consecutivas e selecionando a melhor. Com a grande tela de 6,2 polegadas1 do dispositivo, poderia ser difícil para alguns controlar o smartphone com uma mão, controles baseados em gestos também foram introduzidos para ajudar os usuários a operar a câmera. Por exemplo, com a câmera aberta, deslizar para a esquerda ou direita com o polegar alterna os filtros ou modos, enquanto deslizar para cima ou para baixo permite alternar entre as câmeras frontal e traseira ou aumentar ou diminuir o zoom.

 

 

Galaxy S9 – abertura dupla: Capture momentos nos dias mais claros e noites mais escuras

 

Para ajudar a garantir que as fotos dos usuários ficariam bem em vários ambientes, o Galaxy S9 introduziu uma câmera de abertura dupla que se ajustaria automaticamente à luz ambiente como o olho humano – ampliando no escuro e diminuindo na luz forte. A câmera apresentava a lente F1.5/F2.4 mais brilhante disponível em um smartphone na época, o que permitiu que ela absorvesse aproximadamente 28% mais luz do que o modelo anterior, resultando em imagens mais nítidas mesmo em ambientes escuros.

 

A Samsung também aprimorou a câmera com funções projetadas para ajudar os usuários a se expressarem de maneira mais eficaz. O recurso Super Slow-motion2 da câmera permitiu aos usuários gravar vídeos a 960 quadros por segundo, tornando possível capturar movimentos ou momentos que são muito rápidos para o olho humano ver. Assim que terminavam de gravar, a função tornou mais fácil para os usuários compartilhar esses momentos épicos em câmera lenta, como GIFs nas redes sociais. Outra adição notável foi o Emoji de Realidade Aumentada – uma função que utilizava a câmera e a tecnologia de realidade aumentada para permitir que os usuários criassem avatares de AR³ que poderiam imitar suas expressões faciais em tempo real.

 

 

Galaxy S10 – Super Estabilizador: Vídeos nítidos e claros em quaisquer condições

 

Quando o Galaxy S10 foi lançado, em 2019, os usuários de smartphones estavam criando mais conteúdo do que nunca. Para atender a essa tendência, o Galaxy S10 introduziu o modo Super Estabilizador4. A função melhorou muito a qualidade das gravações dos usuários por meio da estabilização de vídeo, tornando-a perfeita para gravar conteúdo uniformemente ao desfrutar atividades como andar de bicicleta e dançar. O recurso HDR10+ do Galaxy S10 produziu cores realistas nos vídeos dos usuários, enquanto sua câmera Ultra Wide5 de 16MP capturou cenas conforme os usuários as viam com um campo de visão semelhante ao do olho humano (123 graus).

 

 

Galaxy S20 – Space Zoom: Amplie sem perder nenhuma qualidade de imagem

 

O excelente desempenho do Galaxy S20 elevou o padrão da fotografia em smartphone. Tanto a câmera de 108 MP do Galaxy S20 Ultra, quanto o disparo de 64 MP que equipa o Galaxy S20 e S20+, foram projetados para capturar todos os detalhes em uma determinada cena.

 

Talvez o aprimoramento de câmera mais atraente seja a função Space Zoom6, que une o Zoom Ótico Híbrido com o zoom digital alimentado por IA (Inteligência Artificial). Isso permitiu aos usuários ampliar muito mais as imagens – até 100x no caso do Galaxy S20 Ultra. Além de capacitar gravação de vídeo 8K7, a câmera incluiu um modo Super Estabilizador atualizado, que levou a estabilidade da câmera um passo adiante, graças a um estabilizador antirrolamento e análise de movimento baseada em IA.

 

 

Galaxy S21: Dispositivo com IA incorporada: Capture fotos e vídeos profissionais

 

Para oferecer aos usuários a capacidade de capturar momentos de suas vidas de maneiras mais significativas, a Samsung equipou a linha Galaxy S21 com uma câmera de nível profissional que aprimora o conteúdo usando IA no dispositivo. O Galaxy S21 Ultra é o primeiro smartphone Samsung a apresentar duas lentes teleobjetiva e possui cinco câmeras ao todo: uma câmera frontal de 40MP (F2.2), uma câmera Ultra Wide traseira de 12MP (F2.2) e uma câmera traseira principal de 108MP (F1.8), uma câmera teleobjetiva traseira de 10MP (F4.9) e uma câmera teleobjetiva traseira de 10MP (F2.4). Os Galaxy S21 e S21+, por sua vez, apresentam um total de quatro câmeras: uma câmera frontal de 10 MP (F2.2), uma câmera ultra-ampla traseira de 12 MP (F2.2), uma câmera principal traseira de 12 MP (F1.8) e uma câmera teleobjetiva traseira de 64MP (F4.9).

 

As câmeras da linha Galaxy S21 vêm com recursos projetados para ajudá-lo a capturar os momentos mais importantes. A combinação da tecnologia antivibração, zoom ótico 10x e foco automático a laser e duplo pixel permite que as câmeras produzam resultados que rivalizam com os de DSLRs de ponta. O novo recurso Visão do Diretor, por sua vez, ajuda os usuários a escolher a lente perfeita para suas fotos, colocando três telas de visualização abaixo do visor da câmera. A linha Galaxy S21 também oferece aos criadores a capacidade de utilizar selfie e câmeras traseiras simultaneamente para criar conteúdo de vídeo inesquecível.

 

Cada câmera também possibilita gravação de vídeo 4K a 60fps (quadros por segundo), e a configuração de lente teleobjetiva dupla é especialmente adequada para capturar fotos nítidas de qualquer distância virtual. Além disso, com uma lente atualizada de 108MP e tecnologia nona-binning, a linha Galaxy S21 garante fotos claras e brilhantes, mesmo em ambientes com pouca luz.

1 A medição descreve o Galaxy S8+; o Galaxy S8 apresentava uma tela de 5,8 polegadas
² O Super Slow-mo suporta apenas a resolução HD. Os usuários podem gravar aproximadamente 0,4 segundo de vídeo capturado a 960 fps com aproximadamente 12 segundos de reprodução. Os usuários podem gravar aproximadamente 0,8 segundo de vídeo capturado a 480 fps e aprimorar digitalmente o vídeo para 960 fps com aproximadamente 24 segundos de reprodução. O tempo de reprodução pode ser editado no Super Slow-mo player.
³ O MyEmoji está no modo Básico quando criado pela primeira vez e segue suas expressões faciais. Para que seu MyEmoji siga os movimentos do seu corpo, o modo Mini Motion deve ser selecionado. Os movimentos do MyEmoji não incluem gestos de mão. Para obter melhores resultados ao usar o modo Mini Motion, inclua o corpo inteiro no quadro.
4 Os resultados podem variar dependendo das condições da foto e múltiplos objetos, estando fora de foco, ou se movimentando. Verificar ajuste de ângulo de selfie com a câmera Ultra Wilde. Não suporta função zoom. O desempenho da estabilização da imagem pode variar dependendo das condições de iluminação. Disponível apenas quando a foto é tirada com a Câmera Ultra Wilde em Full HD.
5 A Câmera ultra-ampla captura até 4,3 vezes mais em termos de área de captura. O campo de visão resultante pode ser menor quando ocorre a correção ultra-ampla da lente. Os resultados podem variar conforme condições de disparo, incluindo múltiplos objetos, falta de foco ou objetos em movimento.
6 O Space Zoom de 30X inclui zoom digital, que pode causar alguma deterioração da imagem.
7 Transmissão 8K disponível nas TVs Samsung QLED 8K de 2019 e 2020.
* As imagens neste artigo foram editadas para melhorar a compreensão dos leitores sobre os vários recursos da câmera
* As especificações e recursos da câmera podem variar de acordo com a região

Fonte: https://news.samsung.com/

Você também pode gostar

Deixe um Comentário