Home Noticias Pesquisa Samsung: smartphone é o eletrônico mais desejado na Black Friday, e interesse por smartwatches e tablets aumenta

Pesquisa Samsung: smartphone é o eletrônico mais desejado na Black Friday, e interesse por smartwatches e tablets aumenta

por SimbiekJP

Levantamento realizado pela Samsung, em parceria com a MindMiners, destaca o interesse dos consumidores por dispositivos móveis nesta Black Friday

A Black Friday deste ano está chegando. E, mais uma vez, o smartphone é o produto eletrônico mais desejado pelos consumidores. De acordo com pesquisa realizada pela Samsung, em parceria com a MindMiners, 51% das pessoas que planejam fazer compras nesta data têm o dispositivo móvel como principal item de interesse.

 

“A Black Friday deste ano ocorre em meio ao processo de aceleração da transformação digital no Brasil, em que o posicionamento do smartphone como uma central de recursos e serviços foi reforçado, tanto para momentos pessoais quanto profissionais. Este aspecto é bastante nítido ao analisarmos as informações obtidas na pesquisa que realizamos”, afirmou Norman Pegden, supervisor de inteligência de mercado da divisão de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

 

Segundo o levantamento, os consumidores levam em consideração quatro fatores principais para escolher um smartphone: armazenamento interno e processamento (37%), qualidade de câmera (20%), bateria (20%) e tamanho ou qualidade de tela (13%). E, entre as pessoas que pretendem comprar um smartphone na Black Friday deste ano, 48% tem interesse em comprar um Samsung.

 

O percentual de desconto é o aspecto mais relevante para a maioria dos consumidores (79%), seguido por condições de pagamento (40%) e qualidade do produto (27%).

 

Crescimento do interesse por smartwatches

Além dos smartphones, o segmento de smartwatches se destaca nesta Black Friday. A pesquisa mostra que 21% dos entrevistados planejam comprar este tipo de dispositivo móvel, número 6% maior em relação ao levantamento de 2019. Para esta categoria, os principais pontos de atenção dos consumidores são o design e a capacidade de bateria. Entre as pessoas que pretendem adquirir um smartwatch, 40% vislumbra um produto da Samsung.

 

“As pessoas têm percebido, cada vez mais, que o smartwatch pode auxiliar nas atividades do dia a dia, proporcionando uma experiência conectada com o smartphone. Além disso, com o crescimento do público que pratica exercícios físicos em casa, o smartwatch se consolidou como um importante aliado no monitoramento de metas, acompanhamento de movimentos e indicadores de saúde”, completou Norman Pegden.

 

Multitarefa, tablet também registra aumento nas intenções de compra

Seguindo a tendência de destaque dos dispositivos móveis nesta Black Friday, a categoria de tablets também registrou aumento de interesse, passando de 14%, no levantamento de 2019, para 15% na pesquisa realizada neste ano. Neste segmento, os consumidores priorizam memória e processamento interno (50%) e tamanho e qualidade da tela (23%). A Samsung é a marca desejada por 64% das pessoas que pretendem comprar um tablet.

 

“O tablet é um dispositivo multitarefa, sendo este um aspecto fundamental no atual contexto. As pessoas estão atentas ao que os tablets podem proporcionar na rotina, principalmente nas atividades do público infantil, que utiliza o dispositivo para se divertir, assistindo a filmes, séries, vídeos ou jogando, e também para acompanhar aulas online”, explicou o supervisor de inteligência de mercado da divisão de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

 

Interesse em produtos para trabalho remoto e entretenimento em casa

Apesar de a tecnologia estar presente na rotina das pessoas há décadas, o cenário desafiador que a sociedade tem enfrentado neste ano causou uma série de mudanças no comportamento do consumidor. Durante um período, a tecnologia atuou como fonte quase exclusiva de contato humano, sendo o grande pilar de sustentação para os brasileiros, promovendo a manutenção das relações interpessoais, hábitos de entretenimento e também da força de trabalho, mesmo a distância. Tudo isso, claro, impactou diretamente nas intenções de compra nesta Black Friday.

 

De acordo com a pesquisa, 71% dos entrevistados que projetam fazer compras na Black Friday concordam totalmente (33%) ou concordam (38%) que pretendem investir em produtos para o trabalho em casa/remoto. Quando o assunto é lazer, 54% dos entrevistados que almejam fazer compras na Black Friday concordam totalmente (24%) ou concordam (30%) que pretendem investir em produtos de entretenimento para este período de isolamento.

 

Protocolos de segurança e medidas contra filas e aglomerações impactam na intenção de compra

Outro aspecto fundamental para esta Black Friday está na capacidade de as empresas oferecerem estruturas sólidas de segurança aos consumidores que planejam fazer compras em lojas físicas. Para 67% dos consumidores, a organização dos pontos de venda para evitar filas influencia na intenção de compra. Para 66% dos entrevistados, a organização para impedir aglomerações impacta na intenção de compra. E, para 64% dos consumidores, a garantia de protocolos de segurança contra a COVID-19 em lojas físicas influencia na intenção de compra.

 

Preferência por compras online

Entre as pessoas que pretendem adquirir algum produto na Black Friday deste ano, 84% planejam comprar online e em aplicativos. Além disso, 39% dos consumidores preferem lojas online, 36% priorizam compras em lojas físicas e 25% gostam de ambas.

 

Comparadores de preço se destacam entre ferramentas para monitoramento de ofertas

Em meio ao grande número de ofertas, é fundamental acompanhar a disponibilidade e preços dos produtos. Na Black Friday deste ano, as ferramentas mais utilizadas são: comparadores de preço (61%), alerta de preços (50%), redes sociais (48%) e comerciais de TV (42%).

 

Em relação ao levantamento feito em 2019, as plataformas comparadoras de preço saltaram da terceira colocação para a liderança, aumentando sua relevância em 6%. As redes sociais, por sua vez, ainda são bastante significativas, mas deixaram de ser a principal ferramenta e caíram para o terceiro lugar, passando de 60% a 48%.  Alerta de preços também tiveram queda significativa (58% – 50%), enquanto comerciais de TV mantiveram o percentual de 2019 (42%).

 

Marca mais lembrada espontaneamente na Black Friday

A marca Samsung foi a mais lembrada pelos consumidores ao serem questionados sobre “Qual a primeira marca que vem à sua cabeça quando falamos de Black Friday?”.

Fonte: https://news.samsung.com/

Você também pode gostar

Deixe um Comentário