Home Noticias Nissan usa experiência interna para desenvolver equipamentos para proteger funcionários no retorno da produção no Brasil

Nissan usa experiência interna para desenvolver equipamentos para proteger funcionários no retorno da produção no Brasil

por SimbiekJP

RIO DE JANEIRO – Para garantir a saúde e segurança de seus funcionários na retomada das atividades do Complexo Industrial de Resende, a Nissan do Brasil adotou uma série de protocolos com base nas recomendações das autoridades sanitárias. Entre as ações implementadas, algumas foram desenvolvidas pela própria equipe interna da fábrica, levando em conta suas experiências profissionais e o conhecimento do funcionamento de uma linha de produção de veículos.

Já no primeiro dia de atividades, os colaboradores da Nissan do Brasil – da fábrica e escritórios – receberam um kit de prevenção com máscaras de algodão, termômetro e um folheto informativo com as 10 regras de proteção Nissan. As máscaras de pano foram projetadas por funcionários da Nissan em Resende, tendo em vista a sua eficiência e a segurança. “Além de estar nos padrões da Organização Mundial de Saúde, nosso objetivo ao desenvolver este modelo de máscara foi proporcionar conforto anatômico, pois cada uma das unidades possui uma haste flexível na altura do nariz para facilitar o ajuste aos diversos formatos de rosto”, explica Daniele Carletti, coordenadora de Segurança do Trabalho da Nissan do Brasil.

No ambulatório da fábrica, como medida extra de segurança, a equipe de saúde usa, além das máscaras, protetores faciais. Estes equipamentos também são resultado de uma solução interna. Eles foram feitos nas impressoras 3D da área de produção.

Outra solução de proteção desenvolvida internamente é a barreira sanitária instalada na entrada da fábrica. O projeto é de autoria da equipe do Kaizen, grupo responsável por melhorias contínuas na produção, e da equipe de Segurança do Trabalho. “A barreira sanitária de peróxido de hidrogênio é de fundamental importância para a higienização dos calçados. Ela foi construída, inclusive, com materiais recicláveis que originalmente seriam descartados “, explica Daniele.

Além disso, a equipe de Engenharia Industrial realizou testes para avaliar o tempo que os funcionários levariam para entrar na fábrica ou demorariam para entrar e se servir no restaurante, seguindo os protocolos de segurança e evitando filas. Acostumados a preparar as linhas de produção e os processos de manufatura, semanas antes da fábrica reabrir, eles calcularam o tempo  necessário para cada colaborador cumprir os protocolos e isso contribuiu para a definição de diferentes necessidades, desde o número de pessoas para distribuir os kits de segurança na entrada até os horários de alimentação de cada equipe.

Medidas de prevenção rigorosas para assegurar a saúde dos funcionários
A Nissan desenvolveu um guia completo com medidas de prevenção contra a COVID-19, que deve ser seguido por todos os funcionários. Os protocolos abrangem desde o momento em que o colaborador está se preparando para ir ao trabalho até o retorno ao lar. Antes de sair casa, todos devem realizar diariamente um autodiagnostico por meio da uma ferramenta online disponibilizada pela empresa. A regra é só sair de casa se estiverem bem de saúde.

Ao chegar ao Complexo de Resende, as temperaturas dos colaboradores estão sendo aferidas na entrada da fábrica, e todos passam por uma barreira sanitária. Outras recomendações gerais também incluem o uso da máscara de proteção, a utilização de álcool 70% e o distanciamento mínimo de 1,5m sempre que possível.

Na área de produção, os colaboradores estão trabalhando em esquema de rodízio, respeitando o distanciamento mínimo sinalizado em todos os postos de trabalho. As ferramentas são higienizadas no começo da jornada e a cada 3 horas. Os refeitórios também estão funcionando com sistema de revezamento e demarcação das distâncias, além de barreiras de separação dos lugares nas mesas. Já no retorno às suas casas, é recomendado que os trabalhadores façam uma nova higienização dos calçados, objetos pessoais, uniforme e máscaras.

 

Fonte: https://brazil.nissannews.com/

Você também pode gostar

Deixe um Comentário