Home / Noticias / FURO Exclusivo: MSI fechará as portas no Brasil

FURO Exclusivo: MSI fechará as portas no Brasil

Vivendo um período muito tumultuado e sem grandes alardes, a MSI pretende encerrar suas atividades no Brasil, fechando seu escritório em São Paulo que é a sede do Comercial e do Marketing

Uma fonte ligada diretamente ao Fabricante, acabou de confirmar que infelizmente após longos anos presente no mercado brasileiro de forma ativa tanto no suporte operacional dos seus produtos como ao que se refere ao departamento Comercial, encerrarão suas atividades nos próximos dias (ainda ser muito provável ocorrer dentro deste mês).

Não se passou nem 4 meses da entrevista com Charles Chiang, que é vice-presidente da empresa da MSI, cedida ao pessoal do OverBR em Taiwan e que pode ser revista aqui, onde claramente o fabricante menciona investimentos maiores e o crédito no mercado brasileiro, mas ao que tudo leva a crer, o tiro saiu pela culatra e não fechou o ano bem,  forçando aos dirigentes uma drástica redução de custos e consequentemente o encerramento das atividades na MSI Brasil que era diretamente executada por seus funcionários aqui alocados e contratados diretamente.

Na mesma comunicação recebida, fomos informados que esta aludida e desesperada ação da MSI, além de objetivar diretamente a redução de custos, pretende deixar operacionalmente (em funcionamento) um departamento de portáteis (notebooks) que acabram de entrar oficialmente no Brasil (começo de Janeiro de 2013). Não se sabe ainda se realmente isto acontecerá em vias de fato e muito menos quem ou quais os funcionários que permanecerão no Brasil afim de dar continuidade neste processo de portáteis e notebooks.

Revela ainda por email, segundo a fonte ligada ao fabricanet, que o responsável  pelos processos que anets eram realizados diretamente pelo fabricante, provavelmente será a BRAVIEW.

Estamos um tanto quanto entristecidos pelo fato de saber que a MSI sairá do Brasil com sua presença que sempre foi atuante, marcante e ativa em todos os nossos meios, sejam eles entusiastas como em grandes eventos. Lamentamos e desejamos que o fabricante consiga sair desta crise e assim, quem sabe retornar ao mercado brasileiro num futuro muito próximo.

Colocamos nosso canal e nossos meios de comunicação a inteira disposição, inclusive para qualquer tipo de auxílio ou ajuda que se fizer necessário, bem como aguardamos um comunicado oficial do Fabricante para maiores esclarecimentos e orientação aos consumidores e lojistas.

7 comentários

  1. Nada que se preocupar uma vez que a maioria dos produtos vendidos são importados e não provenientes aqui do brasil então não fará diferença alguma.

    • Olá Terabyte ! prazer em ter seus comentários por aqui, seja bem vindo e sinta-se a vontade para participar, seus comentários são bem vindos.
      Na realidade emendando um pouco o seu comentário e aproveitando, aqui no Brasil nada muda até então quanto ao fabrico ou a distribuição dos produtos. O que vale agora em diante é que a MSI não terá nenhum tipo de atuação em hardware (entenda-se mobos e vgas) de forma agressiva e presente, e tão pouco ao suporte e depto comercial.
      Devem fechar as portas nos próximos dias em SP, um belo andar em meio à região nobre de SP, e permanecerem assim somente e tão somente com os portáteis neste depto (que atualmente é coordenado por Chung Tsai e a Srta. Vanessa). Resumidamente, só os portáteis que terão marketing, suporte e atendimento local do Fabricante diretamente….
      Se este foi o tal ROI pensando em Taiwan pelos contabilistas e administradores, vamos ver qual será este impacto nas vendas dos seus produtos em nosso mercado….
      No Marketing = NO SALES !

      • Bom dia Carlos, Muito obrigado pela ótima recepção 🙂 Quanto ao comentário sim claro ocorre que os modelos fabricados aqui no brasil como citou, Motherboards e VGA´s são os mais simples que por experiência podemos lhe dizer não tiveram saída e volume de vendas, o que vende são os importados modelos mais tops e exclusivos da marca. Quanto ao Suporte e RMA o consumidor brasileiro não tem o que temer pois esse é feito diretamente com a loja onde adquiriu o produto se comprar uma Motherboard ou VGA MSI conosco independente do modelo a troca é conosco e rápida aqui já está resolvido pro cliente, depois trocamos com o distribuidor/importador que por usa vez se resolve com o fabricante lá na china sendo assim nada vai mudar na verdade é bom pois a MSI estará cortando gastos de uma área que para eles não valeu a pena.
        Já aos Notebooks estamos trabalhando junto com eles Sr. Chung e a Srta. Vanessa são ótimos produtos esperamos que tenha uma boa aceitação aqui no Brasil.

        Grande abraço.

        Terabyteshop.

  2. A MSI tinha uma fábrica aqui no Brasil até onde eu lembre, lá na zona franca de Manaus. Ela tbm será fechada?

    • Olá Malkv, A MSI iniciou sua operação no Brasil em 2004. A empresa mantém parceria com fabricantes nacionais, que produz localmente suas placas-mãe, placas de vídeo e notebooks. Atualmente, a MSI possui uns 2 ou 3 distribuidores em todo o território nacional.
      Anteriormente(acredito que até 2009 fim de ano) a MSI tinha uma forte parceria com a Digitron, mas depois também sairam de lá. Passou por outros fabricantes industriais aqui na ZFM, e pelo que eu sei, hoje, quem ficará responsável pelas informações aqui que antes eram realizadas pelo pessoal direto da MSI (com escritório em São Paulo) será a BRAVIEW. Mas não devem fazer marketing não…
      O restante pouco muda, ou quase nada. Tudo continua igual, só que agora não teremos mais a atuação direta do Fabricante no mercado Brasileiro, seja no suporte quanto no marketing, o que é uma pena ! No mais, é isso ai….. ficamos bastante chateados acredite…

  3. Os tempos estão mudando. Desktop indo para um caminho cada vez maio de diminuição de ofertas e produtos. Parece que o mercado mid e low tende a sumir, sendo ocupado por all in ones e quem quiser um desktop potente vai ter que desembolsar mais para pegar plataformas derivadas de servidores como LGA 2011.

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*