Home / Noticias / Conheça o OTA Connect Tecnologia para carros

Conheça o OTA Connect Tecnologia para carros

A HERE lança o OTA Connect uma nova tecnologia para veículos conectados e autônomos

Trânsito veículos conectaqdos OTA Connect
A HERE Technologies acaba de anunciar o lançamento de uma nova solução over-the-air (OTA) para os fabricantes de automóveis usarem nos veículos conectados o OTA Connect.

O HERE OTA Connect foi criado para resolver um problema crítico:

Garantir que dados, software e firmware possam ser transferidos entre a nuvem e um veículo com segurança para atualizar e melhorar as funções do veículo.

 

OTA Connect garante que dados, software e firmware possam ser transferidos entre a nuvem e um veículo com segurança para atualizar e melhorar as funções do veículo

“A tecnologia OTA é o próximo grande avanço em manter os veículos seguros e atualizados com menos custos para as montadoras e para os proprietários de carros.”

Disse Ralf Herrtwich, vice-presidente sênior da HERE Technologies.

“O HERE OTA Connect oferece benefícios de economia de tempo e custo ao permitir que as montadoras atualizem os veículos remotamente, como em grandes campanhas de recall.

Também abre fluxos de receita para as montadoras, oferecendo a seus clientes a capacidade de adquirir novas atualizações e recursos de veículos com o toque de um botão”, completa Herrtwich.

Como foi projetado para integrar-se ao back-end da montadora e usar a tecnologia de código aberto, o OTA Connect pode ser oferecido a clientes automotivos globais e evita o aprisionamento a fornecedores específicos.

 

A tecnologia pode ser compatibilizada com robôs e drones

Atualmente disponível como um produto autônomo, a HERE planeja combinar o OTA Connect com seu pacote de software e serviços automotivos nos próximos meses e disponibilizar a tecnologia para aplicativos não automotivos, que podem incluir robótica e drones.

Uma atualização OTA é a entrega sem fio e a instalação de novos dados ou software nos dispositivos conectados.

Embora a tecnologia OTA tenha sido usada durante anos por operadoras de telefonia móvel como um meio de atualizar configurações e software em telefones em sua rede, o potencial da tecnologia para carros conectados e autônomos só está sendo percebido agora.

Assim como telefones, computadores e aplicativos, esses carros têm códigos que exigem atualizações frequentes, mas a complexidade de seus sistemas e requisitos de segurança tornam as atualizações de aperfeiçoamento muito mais difíceis.

Uma quantidade significativa de software, incluindo milhões de linhas de código, será necessária à medida que veículos conectados e autônomos mapeiam novas jornadas e encontram novos cenários na estrada.

Os fabricantes de automóveis também usam carros conectados como ferramentas de coleta;

Eles fornecem fontes ricas de dados e fornecem essas informações ao sistema central da montadora para melhorar o funcionamento geral.

 

Tecnologia precursora

O HERE OTA Connect é um precursor na prevenção e mitigação dos riscos associados ao desencadeamento de novas tecnologias de condução em estradas e rodovias.

Quanto mais veículos conectados e automatizados se tornam, mais medidas de segurança são necessárias.

O HERE OTA Connect fornece um link essencial na cadeia de segurança.

Sua tecnologia usa Uptane, uma estrutura de segurança apoiada pelo Departamento de Segurança Interna dos EUA, projetado especificamente para software que funciona em carros conectados e autônomos.

O Uptane é a primeira solução de software de segurança resistente a comprometimentos a ser discutida em internacionalmente.

 

Proteção anti hackers

“A segurança é a principal preocupação”, disse Armin G. Schmidt, diretor sênior da OTA da HERE Technologies.

“Com carros, as apostas são muito maiores do que meras violações de dados.

À medida que os fabricantes desenvolvem sistemas conectados e autônomos, eles também devem projetar e operar seus veículos para impedir a entrada de intrusos.

O HERE OTA Connect não apenas fornece uma estrutura altamente segura contra ações de hackers, mas acelera o processo de obter atualizações importantes de segurança de maneira econômica”, diz.

 

Normas do direito internavcional

À medida que as conversas sobre carros conectados e autônomos se voltam para normas e regulamentos de segurança, as comissões de direito internacional e os órgãos governamentais estão trabalhando para tornar obrigatória a conformidade com a OTA.

O Departamento de Transportes dos EUA, o Departamento de Transporte do Reino Unido e a BMVI alemã estão trabalhando numa legislação nacional envolvendo as atualizações da OTA. Em nível global, a Força-Tarefa da ONU (UNECE WP29) deverá emitir uma recomendação em meados de 2018, com uma resolução esperada para 2019.

Susan Beardslee, Analista Principal da ABI Research, afirma:

“O OTA é fundamental para o crescimento de carros com assistência de motorista e autônomos.

Assim que as atualizações passarem do infoentretenimento baseado no TCU (telematic control unit) para operações baseadas na ECU (engine control unit), haverá uma pequena lista de provedores confiáveis, incluindo a HERE”.

 

Criada pela Alemã ATS

A tecnologia HERE OTA Connect foi criada pela Advanced Telematic Systems (ATS), uma empresa de software com sede em Berlim, especializada em produtos automotivos, que a HERE adquiriu em janeiro de 2018.

 

Sobre a HERE Technologies

A HERE Technologies, empresa de localização na nuvem, permite que pessoas, empresas e cidades ao redor do mundo desfrutem de serviços de localização de alta qualidade.

Traduzindo o mundo em mapas e soluções de mobilidade, a companhia ajuda seus clientes a chegarem a melhores resultados – auxiliando prefeituras a gerenciar a infraestrutura da cidade ou permitindo que empreendimentos de todos os portes otimizem seus ativos para guiar motoristas com máxima segurança a seus destinos.

Para saber mais sobre a HERE, incluindo as novas plataformas de serviços de localização em nuvem, acesse http://360.here.com.

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*