Home Gadget Tablet ou Notebook? Modelos premium disputam o mercado com alta performance e design

Tablet ou Notebook? Modelos premium disputam o mercado com alta performance e design

por Paulo Fernandes Maciel

Tablet ou Notebook a disputa eleva o nível tecnológico dos equipamentos.

Desde o lançamento do iPad Pro, o mercado de tablets vêm apostando em desempenho avançado, inclusão de ferramentas produtivas como canetas digitais e case keyboads, além de aprimorar o design com foco na funcionalidade e praticidade e isso aproximou a disputa na escolha se Tablet ou Notebook.

Essas mudanças apontam para um novo momento tecnológico, no qual os tablets passam a competir lado a lado com os notebooks de configurações poderosas, o que explica boa parte das novidades apresentadas nas feiras de tecnologia até o primeiro semestre de 2020.

Esse movimento está atrelado à crescente demanda de dois principais públicos: os executivos e os creators.

A seguir você confere a diferença entre cada um desses suportes, Tablet ou Notebook, considerando o público, tipos de uso, custo-benefício e os melhores lançamentos até então.

  • Tablet

Intermediários entre smartphones e computadores, os tablets surgiram como uma opção mais portátil para quem precisava de telas maiores para funções como leituras e estudos, vídeos e redes sociais, e pequenas tarefas de trabalho.

A grande maioria ainda não possui integração completa com teclados e mouse, mas isso vem mudando com as gerações Pro desses gadgets, que trazem funcionalidades mais completas, ainda que com acessórios compatíveis apenas com modelos específicos.

  • Notebook

Os computadores portáteis viraram uma solução para quem não tem espaço para um desktop, ou prefere ter um equipamento que possa ser transportado com facilidade na mochila para usar em qualquer lugar.

Ao longo do tempo, os notebooks ganharam linhas voltadas para diferentes públicos, entre eles:

  • Estudantes: que se beneficiaram com os chromebooks, notebooks com configurações mais leves e voltadas para acesso à internet e leitura;
  • Gamers: processadores, placas de vídeo e telas potentes, tudo em uma carcaça portátil mas com design voltado para um público exigente e com demandas personalizadas.
  • Executivos: exigentes com design e produtividade, tiveram acesso a produtos com materiais luxuosos, hardware de última geração e tecnologias como biometria, reconhecimento facial e conectividade avançada.
  • Notebook 2 em 1

Ainda uma novidade no mercado brasileiro, esses modelos buscam unir produtividade e praticidade.

Muitos contam com telas touchscreen, configurações de processamento otimizadas, acessórios como canetas digitais e design dobrável.

Design premium e autonomia

Duas das características que definem a disputa atual, tablets ou notebook e tablets, são design de ponta e autonomia. Anteriormente focado no segmento executivo, o mercado agora se volta para um novo público ainda mais exigente: os creators.

Quem são os creators?

Designers, fotógrafos, editores de vídeo, publicitários, product owners, desenvolvedores e influenciadores digitais.

Essas são algumas profissões que estão inclusas nesse novo segmento que tem desafiado as empresas a lançarem produtos invejáveis.

Com o home office cada vez mais presente na rotina desses profissionais, a necessidade de máquinas tão potentes quanto um Mac Pro, mas que ofereçam a possibilidade de serem transportadas, cresce exponencialmente.

Embora o preço dessas máquinas fique lá em cima, elas podem ser consideradas um bom investimento quando analisadas lado a lado com o que oferecem.

Autonomia

Se uma das qualidades dos tablets de linhas Pro e notebooks mais avançados é a facilidade com que podem ser transportados, não faria sentido precisar ficar preso a uma tomada durante o tempo de uso.

Baterias com vida útil prolongada e consumo otimizado são destaques dessas linhas, permitindo que o usuário passe longas horas trabalhando com softwares pesados e brilho máximo da tela, sem precisar se preocupar com uma fonte de energia ao lado.

Desempenho

Para atender às necessidades dos profissionais, as configurações internas e de software devem entregar um desempenho acima da média, de preferência com multitarefas, acessórios de produtividade e capacidade de armazenamento.

Em comparação com os desktops tradicionais, notebooks e tablets profissionais já entregam um desempenho muito melhor há algum tempo.

Praticidade

A principal característica dos notebooks 2 em 1 e tablets das linhas Pro é a facilidade com que podem ser transportados, considerando peso e tamanho total.

O iPad Pro, por exemplo, continua tendo uma das espessuras mais finas do mercado, pesando pouco mais de meio quilo.

Com sistemas configurados para oferecer respostas imediatas, é só tirar da bolsa ou mochila, e em poucos segundos poder contar com todas as ferramentas de trabalho disponíveis na tela.

Design premium

Outro fator que aumenta a disputa entre os tablets e notebook das gerações mais atuais é o design.

O que antes era oferecido somente para o segmento executivo, com bordas mais finas, teclado amplo retroiluminado e materiais sofisticados, agora é regra na construção dos gadgets.

As telas ganharam um upgrade ocupando maior parte da carcaça dos computadores e tablets, com melhor resolução, acabamentos e acessórios dignos da classificação luxo.

Mas afinal, Tablet ou Notebook qual escolher?

Embora ainda não seja possível ainda afirmar qual deles vence a disputa, alguns modelos já disponíveis no mercado conseguem dar conta da demanda de profissionais e usuários que precisam de mais produtividade em aparelhos menores.

 Listamos alguns dos favoritos lançados entre 2018 e 2020 que não deixam na mão quando o assunto é leveza, design e desempenho.

tablet ou  notebook

Lançado no 1º semestre de 2019, o Surface Book 2 desenvolvido pela Microsoft mostrou a que veio portando um quad-core i5 da Intel.

A tela, com versões de 13 e 15 polegadas, pode ser removida do restante do corpo do aparelho e utilizada como um tablet poderoso.

As opções de acessórios incluem a caneta digital, para uso em desenhos e escrita.

tablet ou  notebook

Como é de se esperar, a Apple elevou o nível do que podemos esperar de um tablet a partir de agora.

Na versão lançada em 2020, o iPad Pro trouxe a mesma câmera presente no iPhone 11, mas com um extra: um sensor LiDAR, usado em carros autônomos.

Uma das grandes apostas da maçã, além de conquistar o público premium, é impulsionar a presença de ferramentas de criação e uso de realidade aumentada nos aparelhos.

Outra novidade foi o lançamento do Smart Keyboard, uma case com design impecável que se transforma em um teclado retroiluminado e suporte magnético para o iPad.

A bateria é de  7.812 mAh, o que promete boas horas de produção longe da tomada.

O iPad ganhou sistema próprio, o iPad OS, que otimiza a possibilidade de multitarefa durante o uso e melhora a integração com acessórios como teclado e mouse, mas que ainda não é tão perfeita quanto em notebooks.

A linha ZenBook é conhecida pela leveza dos seus modelos e pelas telas com excelente qualidade.

O ZenBook Pro Duo lançado em 2020 traz duas telas no seu corpo.

A tela principal OLED de 15.6 polegadas tem resolução 4K, e a secundária, chamada de ScreenPad, ocupa toda a parte superior do teclado com 14 polegadas e resolução Ultra HD.

Para garantir o desempenho máximo das telas, a máquina recebe o Intel Core i9, placa de vídeo NVIDIA® GeForce RTX™ 2060, RAM de até 32GB e armazenamento de até 1TB.

A conectividade fica com o Bluetooth 5.0 e Wi-Fi 6.

O peso, 2,5kg no total, ainda pode ser considerado leve se levar em conta todos os componentes incríveis neste notebook.

Apostando no design 2 em 1 flexível, a Lenovo lançou uma opção premium para quem precisa da praticidade de um chromebook mas com o desempenho de um notebook avançado.

Inicialmente na cor grafite, o notebook tem tela de 14 polegadas touchscreen, 1,5kg no total, giro de 360º, permitindo o uso como tablet para funções de leitura, desenho e até mesmo edição e alto-falantes Dolby Atmos.

O processamento fica por conta da décima geração de processadores da Intel, 8GB de memória RAM e armazenamento inicial de 256GB.

A placa de vídeo NVIDIA GeForce MX330 com 2GB GDDR5 garante qualidade de imagem para editores e designers.

Lado a lado com o iPad Pro, o Huawei Mate Pro oferece um desempenho focado na produtividade, ou seja, configurações voltadas para quem precisa extrair o máximo do aparelho.

A tela LCD IPS de 10.8 polegadas tem a mesma tecnologia usada no tablet da maçã, e também pode ser usada de forma independente ou com os acessórios, como o case keyboard vendido pela Huawei.

O processamento é feito pelo chip Kirin 990, fabricado pela empresa, e possui até 8GB de RAM.

Além do case teclado, é possível adquirir a caneta que otimiza o uso em multitarefa, desenhos, escrita e edição de imagens.

Essas dicas foram pinçadas para deixá-lo mais informado na hora de da decisão se adquire um Tablet ou Notebook

Você também pode gostar

Deixe um Comentário