Home / Ecoverde / Soja enfrenta diferentes situações na Argentina, Paraguai e Uruguai

Soja enfrenta diferentes situações na Argentina, Paraguai e Uruguai

O desenvolvimento da soja se apresenta de forma diferente nos outros países do Mercosul, como informa o site uruguaio TodoElCampo.com.uy.

 

Imagem Soja suas peculiaridades na América do sul
Na Argentina, o plantio poderá perder até 1 milhão de hectares. O Uruguai possui uma área de 1.103.000 hectares e o Paraguai pode chegar a um novo recorde em sua produção.A área de plantio de soja perderá, nesta safra, uma superfície próxima a 1 milhão de hectares, fruto da decisão dos produtores de optar pelo milho, atentos a um motivo econômico e também à necessidade de se realizar uma rotação de culturas. Atualmente, os trabalhos de plantio estão atrasados por conta do clima.
Rodolfo Rossi, presidente da Associação da Cadeia de Soja Argentina (Acsoja) disse que a próxima colheita de soja poderia produzir menor em relação ao ciclo anterior, produto da força do milho devido à retirada das taxas de exportação para o cereal.
Rossi acrescentou também que a soja terá que ser observada para que o alcance de sua produção não afete a indústria, o que pesa sobre o comércio de exterior na Argentina.Para o Uruguai, a Enquete Agrícola de cultivos de verão 2016/17, realizada pela Direção de Estatísticas Agropecuárias (Diea) do Ministério de Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP) estimou que a área se soja será de 1.103.000 hectares (831.000 de primeira etapa de plantio e 271.000 de segunda etapa de plantio).
O Diea faz uma estimativa menor do que a de outros analistas, que apontam uma maior área, em torno de 1,2 a 1,3 milhões de hectares.O Paraguai celebra uma colheita recorde de soja que deve chegar aos 9,3 milhões de toneladas colhidas em 3.324.060 hectares, com um rendimento médio de 47 sacas por hectare, conforme a estimativa do presidente da Câmara Paraguaia de Exportadores e Comercializadores de Cereais e Oleaginosas (Capeco), José Berea.
O recorde anterior foi no período 2012/13, quando foram colhidas 8,2 milhões de toneladas.

Fonte: http://www.parceirorural.com.br

 

Assuntos relacionados:

Imagem interferência clima produção

Agronegócio: mudanças climáticas afetam futuro, Visão da Husqvarna

 

Representante da IBM conhece Agrihub e pujança do agro em MT

 

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*