Home / Colunas / Brevemente o milho poderá superar a soja

Brevemente o milho poderá superar a soja

Em 10 anos, safra de grãos 48% maior e há a possibilidade do milho vir a superar a soja.

milho

Em estudo divulgado na última sexta-feira, o Ministério da Agricultura e a Embrapa;

Projetaram que a safra brasileira de grãos poderá alcançar entre 288,2 milhões de toneladas e 343,8 milhões de toneladas em 10 anos.

O estudo destacou ainda a possibilidade de o milho vir a ultrapassar a soja em produção absoluta.

Os dois produtos, que são as principais commodities agrícolas cultivadas no país;

Continuarão a puxar a expansão dos grãos até 2026/27, segundo o documento.
Considerando o limite superior da estimativa, haveria um salto de 48,2% na produção brasileira de grãos;

Em relação à estimada da Conab de 232 milhões de toneladas para a safra 2016/17.
Em relação à área plantada de todas as lavouras (grãos e culturas perenes), o estudo prevê um crescimento de 13,5%, saindo de 74 milhões de hectares em no ciclo 2016/17 para 84 milhões de hectares em 2026/27.

Contudo devido a  modernização no agronegócio, o aproveitamento da área plantada tem sido melhorado dando maior produtividade por hectare.
Segundo o estudo, a área de grãos deve aumentar próximo 17,3% nos próximos 10 anos.

Essa expansão deve ser concentrar em soja (estimativa de aumento de 9,3 milhões de hectares);

Cana-de-açúcar (1,9 milhão de hectares a mais) e milho (1,3 milhão de hectares a mais).

O preocupante continuará sendo nossa capacidade de armazenagem, que absolutamente baixa, permitindo improvisações em estufas muitas vezes até de lona ou coberturas de baixa qualidade.

Soma se a isso as dificuldades de logística devido a opção pelo modal que o país adota, e a péssima qualidade das estradas que não se vislumbra nenhuma melhoria.

O empresariado do agronegócio, vem conseguindo progressos em todas as áreas, e em completa dissonância a eles está o Estado.

Fonte: https://www.portosenavios.com.br

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*