Home / Canal Leitor / Orquestra mineira Multiplayer executa trilhas de games

Orquestra mineira Multiplayer executa trilhas de games

A Orquestra mineira Multiplayer tem repertório baseado em trilhas de games e séries

Imagine um concerto somente com músicas de jogos e games de várias gerações, além de composições feitas para animações, filmes e seriados, como:

“Super Mario Bros”, “Sonic”, “Pokémon”, “The Sims”, “Star Wars” e “Harry Potter”.

Orquestra Multiplayer

Esta é a proposta da Orquestra Multiplayer, a única orquestra do país especializada em trilhas sonoras, dos videogames da era 8-bit aos últimos lançamentos da indústria do entretenimento.

Do pop ao erudito: A orquestra multiplayer tem repertório com base em trilhas de games de várias gerações.

Formado em 2014, em Belo Horizonte, Minas Gerais, o grupo conta atualmente com mais de 40 instrumentistas, que se apresentam em formação orquestral ou de câmara (trios, quartetos, quintetos, etc.). Desde então, a Multiplayer já se apresentou em várias cidades de Minas e fez uma turnê em Paris, a convite da renomada Universidade Sorbonne, onde se apresentou em diversas salas.
Para este ano, a Orquestra planeja uma turnê por cidades do Sudeste e do Sul do país. Em seu canal no YouTube (youtube.com/orquestramultiplayer), os vídeos têm cerca de 50 mil visualizações, a exemplo de execuções de músicas como “Game of Thrones”, “Plants vs. Zombies” e do game “Tetris”, que completou 34 anos de seu lançamento, em 6 de junho.

Banner do Avatar

O Grupo musical foi fundado em Belo Horizonte (MG) e conta com aproximadamente 40 instrumentistas.

“A apresentação das trilhas de games e de outras mídias da cultura pop em formato e orquestral tem enorme potencial de introduzir esse universo a um público jovem, que normalmente não teria contato com música de concerto.

Nossos espetáculos buscam levar o espectador a uma viagem no tempo, acompanhando-o em suas memórias”, comenta o maestro Waltson Tanaka, fundador e idealizador da Orquestra Multiplayer.

 

Potência e sentimento

Todos os arranjos são originais e elaborados para trazer a potência e o sentimento das obras originais. Os espetáculos contam ainda também com projeções e interações com o público.

Outro projeto da Orquestra Multiplayer, também disponível no YouTube, é a série Multiplayer For Noobs, que apresenta conceitos ligados à música orquestral e aos instrumentos referentes à música erudita.

“Nosso objetivo é quebrar os mitos que muitas pessoas têm em relação às orquestras e mostrar como um concerto pode ser intrigante e divertido”, finaliza Tanaka.

Siga a orquestra nas mídias

youtube.com/orquestramultiplayer

facebook.com/orquestramultiplayer

instagram.com/orquestramultiplayer

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*