Home Atualidades China utiliza drones com lança-chamas para remover lixo de cabos de energia

China utiliza drones com lança-chamas para remover lixo de cabos de energia

por Paulo Fernandes Maciel
Imagem Drone

As pessoas não param de transformar drones comerciais em ferramentas dignas de pesadelos. Já implantaram uma motosserra em um destes objetos, e agora a China, mais especificamente a cidade de Xiangyang, na província de Hubei, decidiu transformar um drone em um lança-chamas voador.
Imagem Drone
(Foto: Reprodução)
Por mais que a ideia seja um pouco aterrorizante, ela tem um propósito claro e não violento. O objetivo dos chineses é que o fogo seja direcionado para cabos de energia elétrica que tenham acumulado lixo, mesmo que o bom senso diga que a ação possa ser considerada pouco segura.

https://youtu.be/M5ZYeY44EGc
No entanto, apesar de parecer um contrassenso usar um lança-chamas para realizar a tarefa, talvez seja mais seguro do que colocar uma pessoa para mexer em fios de alta tensão correndo risco de morte. Com fogo e isolamento adequado, o pior dos casos seria apenas uma queda temporária no fornecimento de energia elétrica.

É mais um caso de drones realizando tarefas nunca antes imaginadas, de formas inesperadas. Agora é torcer para que o drone-lança-chamas não se transforme em uma arma, por mais que veículos não-tripulados já sejam usados em batalhas de outras formas. O exército dos EUA, por exemplo, já usa drones para bombardeios há anos, e existem estudos de que o Estado Islâmico pensa em formas de realizar ataques químicos por meio dessas máquinas.

Fonte:  The Verge

Dicas

No site da Amazon você encontra uma vasta literatura para quem quer aprofundar seus conhecimentos em drones.

MiniintheBox é um site internacional que possui ótimos preços em drones. Vale muito a pena esta dica.

No Walmart.com você encontra um grande variedade de ofertas de Drones incluindo modelos profissionais.

As soluções da McAfee – Intel Security oferecem segurança na Internet e proteção para as necessidades de todos os usuários e empresas contra ameaças online.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário