Home / Artigos / Internet o Brasil pega mal

Internet o Brasil pega mal

Metade das casas brasileiras já tem acesso à internet, mas e a outra metade?

internet

Saiba mais sobre iniciativas – independentes, privadas e públicas – que pretendem conectar áreas remotas do país. O Brasil pega mal.

No caminho para a maior cachoeira do estado do Rio de Janeiro, a 32 quilômetros de Resende, existe um povoado chamado Fumaça.

Por lá, vivem cerca de 800 pessoas.

É difícil a comunicação com o mundo a partir do distrito:

Os três orelhões estão quebrados e sem previsão de conserto, e uma antena instalada anos atrás só pega (mal) na praça da Matriz.

Daí que em 2015 o coletivo Nuvem;

Estação Rural de Arte e Tecnologia recebeu uma bolsa internacional para a criação de uma rede wi-fi e de uma rede autônoma de celular na vila.

A vida dos moradores de Fumaça nunca mais foi a mesma.

“Meu filho está em Portugal e hoje consegui falar com ele devido à internet.

Tive notícias, sei o que ele está fazendo, como está. E ele também teve notícias da gente.

Isso foi maravilhoso”, conta Elizabeth Nunes, 63 anos, após a instalação dessa rede livre, gratuita, participativa, que não passa por empresas e é gerida pela própria comunidade.

Para a pequenina Fumaça, a internet deixou de ser um privilégio ;

Mas para mais de 70 milhões de brasileiros que ainda estão desconectados;

Segundo dados recentes da ONG Internet.org, essa realidade ainda é distante.

Entre os mais de 70 milhões, os mais atingidos pelo isolamento estão, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2014, nas zonas rurais, no Norte e no Nordeste, e possuem menores faixa salarial e nível de instrução que a média da população.

E o que está sendo feito para mudar essa que é uma das muitas desigualdades brasileiras?

“A internet é um direito humano essencial porque é um direito à comunicação.

Isso está na Constituição e, mais recentemente, no Marco Civil da Internet”;

Afirma Fábio Malini, professor da Universidade Federal do Espírito Santo e coordenador do Laboratório de Estudos sobre Internet e Cultura.

Juntando ao exposto, a péssima qualidade de serviços de entrega e preço abusivo da internet para o chamado Brasil coberto;

Pode-se concluir que o Brasil pega mal.

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*