Home Artigos Fones de ouvido aumentam riscos de assaltos e acidentes

Fones de ouvido aumentam riscos de assaltos e acidentes

por Paulo Fernandes Maciel
Fone

O uso de fones de ouvido se tornou um hábito para muitos pedestres, ciclistas e motociclistas.

Fone

O problema é que a falta de atenção aos barulhos feitos ao redor, como buzinas, vozes e outros avisos sonoros, traz riscos de assaltos e acidentes ao usuário.

Ao utilizar os fones, as pessoas atingem um outro estágio emocional, aumentando a distração e a incapacidade de perceber sons ao seu redor.

Segundo especialistas, o risco de o usuário sofrer algum tipo de incidente é três vezes maior.

Estudos demonstram que essa ação também reduz as fontes cerebrais que captam os estímulos externos;

Diminuindo a atenção visual e fazendo com que as pessoas fiquem ‘cegas’ ao que se passa em sua volta.

“Quando caminhamos na rua, por exemplo, é possível perceber se alguém está nos seguindo ou se algum veículo buzinou.

Com o fone de ouvido, a atenção fica concentrada na música e perdemos a capacidade de ter uma resposta imediata a algum barulho suspeito em nossa volta”;

Explica Robert Wagner dos Santos, especialista em segurança da ADT, maior empresa de monitoramento de alarmes do Brasil.

Confira algumas dicas para evitar que essas situações ocorram.

1. Fique atento: preste sempre atenção na rua, no ônibus, metrô ou em centros comerciais;
2. Evite locais desertos: evite andar por locais desertos, com pouca iluminação.

Não pegue atalhos em becos, ruas desconhecidas, construções e terrenos;
3. Não deixe o celular à mostra em ruas de grande movimento e transporte público.

 

Procure levá-lo no bolso e deixe o modo vibrador acionado;
4. Caminhe no centro da calçada e contra o sentido do trânsito; é mais fácil perceber a aproximação de alguém ou algum veículo;

Sobre a ADT

A empresa ADT pertence à Johnson Controls, líder global em múltiplas indústrias e diversificadas tecnologias que serve a uma vasta gama de clientes em mais de 150 países.

Nossos 117 mil colaboradores criam edifícios inteligentes, soluções eficientes de energia, infraestrutura integrada e sistemas de transportes de última geração que trabalham perfeitamente ajustados para viabilizar a proposta de comunidades e cidades inteligentes.

Nosso compromisso com a sustentabilidade remonta às nossas origens, em 1885, com a invenção do primeiro termostato elétrico para ambientes.

Estamos comprometidos com os bons resultados dos nossos clientes e criando valor para todos os nossos stakeholders;

Por meio do nosso foco estratégico em edifícios e plataformas de otimização de energia.

Para informações adicionais, por favor, visite http://www.johnsoncontrols.com ou siga-nos @johnsoncontrols no Twitter.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário