Home / Artigos / Executivas de sucesso se reinventam profissionalmente

Executivas de sucesso se reinventam profissionalmente

Executivas bem sucedidas buscam a reinvenção profissional

Conheça a história de duas profissionais que mudaram totalmente o rumo de suas carreiras, mesmo quando tudo dava certo
Até poucos anos atrás, era normal planejar a carreira de forma linear.

O estudante escolhia um curso universitário, buscava por um estágio enquanto ainda estudava, um programa de trainee, até conquistar um espaço para chamar de seu.

Sala de cultura

Em geral, começava como analista júnior, depois pleno e sênior.

Os mais dedicados, voltavam aos bancos escolares para cursos de pós-graduação, e, esses tinham mais chances de chegar aos cargos de coordenador, gerente e quem sabe até diretor.

 

Sala de cultura

Embora muitos ainda vejam a carreira dessa forma progressiva, seguir essa trilha já não é mais garantia de um progresso certeiro.

Hoje, as carreiras se desenvolvem tomando ramificações paralelas e, por vezes, até desconexas.

Um bom exemplo de reinvenção vem de Marina Rejman, ex-diretora de marketing da Motorola Solutions e atualmente, Youtuber da área de inovação.

“A tecnologia possibilitou que muitos profissionais pudessem criar suas próprias carreiras sem depender de uma grande empresa”, defende.

Neste vídeo de lançamento do Canal da Sala de Cultura, compartilhamos que em nosso canal, você terá dicas de como aproveitar as diversas mudanças de mundo, a seu favor!
Muitas oportunidades surgiram com as novas tecnologias, novos modelos de negócios e novos comportamentos da sociedade. Vamos buscar INSIGHTS DE COMO ESSAS MUDANÇAS PODEM IMPACTAR SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL

 

A universitária deu uma guinada na carreira

Marina, que se formou em publicidade e fez várias especializações na área – inclusive no exterior, tem um currículo admirável.

Conquistar uma posição de destaque em uma grande empresa nacional ou multinacional seria algo muito simples para ela.

No entanto, em 2015, ela decidiu dar um novo e importante rumo à sua carreira.

“Entendi que meu ciclo como profissional de marketing tinha terminado.

E era hora de buscar novos horizontes”, lembra.

Marina Rejman canal Sala de cultura
Depois de um período sabático, a profissional decidiu empreender.

“Comecei a estudar muito sobre inovação, transformação digital e os novos rumos do mundo a partir das tendências, tecnologias e comportamentos emergentes.

Percebi que, assim como eu, muitos profissionais estavam presos à uma bolha, sendo incapazes de acompanhar tudo o que vinha acontecendo”. Foi então que ela começou uma nova empreitada.

Reformou um imóvel comercial a fim de oferecer aulas de inovação a altos executivos.

Assim nasceu a Sala de Cultura, um espaço destinado à atualização de profissionais em cargos de liderança e gestão.

 

Vídeos semanais

Agora, Marina deu mais um passo em sua reinvenção profissional.

Além dos cursos de inovação que apresenta renomados conhecedores do assunto, a profissional está se dedicando a uma nova carreira, a de Youtuber.

Sala de cultura unicórnios

Com crescimento exponencial, o canal da Sala de Cultura publica um vídeo por semana, sempre com um toque de humor e um olhar vidrado no futuro.

“Está sendo uma experiência incrível! Adoro gravar os vídeos.

O meu desafio é traduzir todas as transformações do mundo para quem tem pouco tempo, mas precisa de muito conhecimento”, afirma.

 

Empreendedora foca em PMEs

Quem também fez uma mudança de carreira indo para o lado da inovação foi a jornalista Marília Cardoso.

No início de sua trajetória, a profissional atuou na área de rádio e televisão.

Depois, passou por agências corporativas até que em 2007, fundou a InformaMídia Comunicação, uma agência voltada à empresas de pequeno e médio porte.

Investiu muito na carreira, tendo feito pós-graduação em comunicação empresarial e MBA em marketing.

Sete anos depois, em 2014, começou a sentir as transformações no mercado de comunicação e, iniciou novos estudos na área de inovação. “Eu não sabia muito bem onde tudo aquilo iria dar, mas senti que precisava estudar coisas diferentes das que já tinha estudado até então”, lembra.

Marília Cardoso
A transformação foi tão grande que Marília acabou criando uma nova empresa, a PALAS, uma consultoria de inovação e gestão.

Hoje, junto com o marido, Alexandre Pierro, oferece treinamentos e consultorias a empresas de todos os portes e segmentos que precisam se preparar para o futuro.

“Como empresários, percebemos que era necessário criar um novo caminho, levando em consideração todas as nuances do mundo volátil, incerto e complexo que estamos vivendo.

Crescemos tanto nessa jornada que, sentimos necessidade de ajudar outros empresários e gestores que passaram pelo mesmo que passamos”.
A novidade agora é que o casal está trazendo para o Brasil uma norma ISO de inovação, a 56.002.

Pierro, que é especialista em sistemas de gestão e auditor em várias normas, representa o Brasil no comitê de estudos de inovação da ISO, organização sem fins lucrativos sediada na Suíça.

Ele fez o processo de implementação dessa norma ainda na versão draft e, conquistou a certificação da primeira indústria latino-americana na ISO 56.002.

 

“Administrar duas empresas diferentes simultaneamente tem sido desafiador.

Mas, cada vez mais, acreditamos que ter várias profissões ao mesmo tempo será algo cada vez mais comum”.

O futuro do trabalho demanda muita versatilidade. Isso, Marina e Marília tem de sobra.

Sobre a Sala de Cultura: www.saladecultura.com.br 

Sobre a PALAS:

www.gestaopalas.com.br / (11) 3090 7166

A PALAS é uma consultoria especializada em inovação e gestão.

Entre os serviços estão treinamentos, consultorias e certificações ISO.

Em um processo de co-criação, a empresa ajuda seus clientes a criarem o futuro.

A inovação acontece como uma consequência da implementação de algumas das mais importantes metodologias de gestão.

A PALAS é pioneira na implementação da ISO 56.002, que garante os processos de inovação nas empresas.

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*