Home Artigos Cuidado com as festas de final de ano: o que não dar para seu cachorro

Cuidado com as festas de final de ano: o que não dar para seu cachorro

por Paulo Fernandes Maciel
cãozinho

Donos devem ficar atentos a quais alimentos vão oferecer aos seus cães.

cãozinho

Nós sabemos. A carinha de um cachorro pedindo comida pode ser mesmo irresistível!

Mas é preciso tomar cuidado:

Alguns alimentos que ingerimos podem afetar a saúde do nosso cãozinho sem ao menos percebermos, afinal;

A digestão deles é bem diferente da nossa, fazendo com que certas substâncias não sejam bem absorvidas pelos seus corpinhos.

 

O cuidado deve ser redobrado durante o período de festas de final de ano.

Como a casa costuma estar cheia de visitas, é preciso manter-se atento para que nenhum dos convidados ofereça algo que possa fazer mal para seu cãozinho.

Por isso, listamos quais alimentos não são indicados para cachorros, que podem estar presentes nas receitas das datas comemorativas.

Chocolates ou outros doces

A sobremesa pode estar mesmo deliciosa, mas em hipótese alguma seu cãozinho poderá experimentá-la: O chocolate custa caro e contém uma substância chamada teobromina, que pode levar a uma intoxicação do animal. Ou seja: não arrisque!

Leite ou derivados

Presente em muitas receitas, o leite pode levar o cãozinho a ter uma alergia com a substância.

Isso porque o animal não está acostumado a tomar lactase, o que, consequentemente, pode levá-lo a desenvolver intolerância.

Uma água nessas horas sempre cai bem!

 

Café

Seja em uma receita ou no copinho: não dê café para seu cãozinho experimentar.

Pode parecer loucura, mas não é: existem muitas pessoas que acabam oferecendo a bebida para o animal, que pode experimentar casos de alterações cardíacas e neurológicas.

Cebola ou alho

Os dois, que temperam grande parte dos pratos, possuem em sua composição a substância dissulfeto de n-propil, que pode gerar intoxicação grave ao alterar a hemoglobina do cãozinho.

Tomate

Mesmo presente na salada, com a substância glicoalcalóides em sua composição, o tomate pode ser tóxico ao cão!

Batata

Já a batata, que pode estar na mesa em diversas receitas e formatos, pode causar distúrbios alimentares, pelo excesso de solanina!

Noz macadâmia

Comum ao período natalino, o alimento pode afetar diretamente o sistema nervoso do cãozinho.

Alguns casos de paralisia, inclusive, já foram registrados pelo excesso de ingestão de noz macadâmia!

Ossos

Algumas pessoas ainda possuem o hábito de jogar ossos de alimentos para seus cãezinhos:

Não deixe seus convidados fazerem isso!

Além do animal sofrer risco de perfuração, o excesso de colágeno presente nos ossos também pode prejudicar sua digestão.

Frituras

Se as frituras já fazem mal para nós, humanos, imaginem para o sistema digestivo do cãozinho?

Por mais que os alimentos sejam gostosos, os animais não conseguem digeri-los da maneira que deveriam, o que acaba causando desarranjo intestinal e, se consumido em excesso, pancreatite – ou inflamação do pâncreas.

Uva Passa

Receitas de final de ano costumam ter bastante uva passa.

Por incrível que pareça, a fruta, tão pequena, pode ser um risco para os cãezinhos:

São tóxicas e podem, inclusive, causar insuficiência renal se ingeridas em excesso.

 

Você também pode gostar

Deixe um Comentário