Home Artigos Casas do Futuro: Saiba como serão as casas conectadas

Casas do Futuro: Saiba como serão as casas conectadas

por Paulo Fernandes Maciel
Samsung casa conectada

As casas do Futuro ou casas concectadas já são uma realidade presente

As casas do futuro serão conectadas e inclusive poderão aprender algumas coisas de acordo com os hábitos dos seus moradores.

Até algum tempo atrás a ideia de controlar a temperatura do ar condicionado e iluminação de uma casa à distância fazia parte apenas de filmes futuristas.

No entanto esse momento chegou e atualmente você já pode selecionar a temperatura do ar condicionado, escolher as luzes e até deixar a sua televisão programada para assistir o que você quiser.

Além disso por meio de comandos simples você garante que o jantar esteja pronto e o seu banho preparado antes mesmo de você chegar em casa após o trabalho.

É incrível poder controlar tudo isso pelo seu smartphone, não é mesmo? Mas isso vai se tornar cada vez mais comuns com as casas do futuro.

Nesse artigo você vai saber mais sobre as casas do futuro e sobre quais são as funções disponíveis.

O que são as casas do futuro?

Casas do Futuro

As casas do futuro são imóveis conectados à internet e, que por isso possuem vários dispositivos que automatizam algumas ações que normalmente seriam feitas pelo próprio indivíduo pessoalmente.

Os dispositivos são conectados entre si e, também se relacionam com o smartphone do morador, por meio do qual é possível ativar e desativar equipamentos, além de modificar as configurações.

Além de executarem funções pré-programadas, esses dispositivos são capazes também de identificar padrões e assim “aprender” com os hábitos dos seus usuários. Apesar de ser algo que parece ainda pertencer ao futuro, a ideia geral das casas inteligentes é algo que remete há mais de 30 anos.

A terminologia “domótica”, usada para se referir à integração dos dispositivos eletrônicos surgiu na década de 1980 na França. Mas na ocasião isso era usado apenas para melhorar o controle da iluminação em prédios no país.

Algum tempo mais tarde isso passou a ser aplicado também às residências comuns, permitindo alguns controles por meio de softwares específicos. No entanto atualmente as novas tecnologias disponíveis permitiram ampliar muito mais esse conceito, por meio da integração dos aparelhos domésticos e a sua conexão com a internet.

Por meio daquilo que é chamado de internet das coisas (IoT, do inglês “internet of things) o conceito das casas inteligentes passou a ser aplicável. Assim por meio de aplicativos já é possível executar ações como:

  • Controlar a temperatura do ar condicionado;
  • Acender e apagar luzes;
  • Ligar o rádio;
  • Ativar equipamentos na cozinha e preparar o café ou o arroz, por exemplo.

As casas do futuro e a internet das coisas

Casas do Futuro

Antes de mais nada é preciso compreender o conceito de internet das coisas. Esse é o termo usado para caracterizar equipamentos que estão conectados constantemente à redes de internet sem fio.

Além disso esses equipamentos podem se integrar com outros trocando diversas informações e, também captando padrões e preferências dos seus usuários.

Com esse fluxo constante de informações a inteligência artificial consegue tanto aprender quanto melhorar as suas funções, adequando-se ao perfil de quem as opera.

Assim as casas inteligentes estão em constante aperfeiçoamento para que possam melhorar cada vez mais a experiência daqueles que as habitam.

Apesar de o uso dessa forma ser algo recente, atualmente já é possível controlar diversas funções e ações somente com comandos de voz que são captados pelos assistentes pessoais presentes em equipamentos como Smartphones.

Os assistentes conseguem chamar um contato selecionado, colocar a sua música favorita para tocar ou ainda te dar informações como notícias, previsão do tempo ou uma receita culinária.

Mas por meio de dispositivos próprios e algumas adaptações é possível fazer muito mais do que isso. Você pode fazer o café, ligar o seu robô aspirador de pó, o ar condicionado, destravar e travar portas, entre outras coisas.

Se isso já parece demais para você, fique sabendo que a previsão é de que daqui a alguns anos  internet das coisas esteja presente em praticamente tudo, criando assim bairros e até mesmo cidades inteligentes, com integração total.

Isso pode ser ótimo não apenas para o conforto dos moradores, como também para a melhora da qualidade de vida e gestão dos recursos disponíveis no local.

Benefícios das casas inteligentes

Se atualmente as casas do futuro já fazem parte do presente de algumas pessoas, daqui a alguns anos as possibilidades serão ainda mais ampliadas. Com isso além de aumentar e melhorar as funções, os dispositivos se tornarão também muito mais acessíveis. Além disso eles tendem também a se tornar bem mais simples de instalar. Então veja alguns benefícios de usar esse tipo de ferramenta na sua casa.

Maior segurança

As portas e janelas estão entre os itens que podem ser conectados ao seu smartphone e, por isso será possível controlar facilmente a abertura e o fechamento deles apenas com um comando de voz dado à distância por meio do seu smartphone.

Além disso as chaves convencionais cederão espaço ao reconhecimento por biometria e, mesmo se você estiver a quilômetros de distância poderá abrir a porta para uma visita que acaba de chegar.

O fim do espelho como conhecemos

Sabe aquele espelho comum que você tem no seu banheiro ou no quarto? Ele dará espaço a uma tela com muito mais funções do que apenas refletir a sua imagem.

Apesar de parecer uma cena de ficção científica, essa é a tendência para os próximos anos.

O seu espelho provavelmente vai conversar com você e sugerir a roupa que você deve usar ou qual corte de cabelo combinaria melhor com o seu rosto.

Redução de gastos

Os dispositivos eletrônicos podem contribuir positivamente com as pessoas em muitos aspectos e, um deles é informar gastos e ajudar com a redução deles. Isso será um grande avanço com relação à sustentabilidade.

Casas do futuro já são tendência!

As casas do futuro parecem pertencer apenas a filmes e seriados de ficção, mas na verdade elas já estão chegando com tudo no presente. Atualmente já é possível usar os assistentes dos Smartphones para fazer uma série de coisas, por exemplo.

A tendência é de que isso se torne cada vez mais comum e que as funções também fiquem cada vez melhores, contribuindo não somente com os usuários, como também com a sustentabilidade do planeta.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário