Home / Ecoverde / Pomerode inaugura primeira usina de gás renovável de Santa Catarina

Pomerode inaugura primeira usina de gás renovável de Santa Catarina

 

Solenidade de inauguração da Biorrefinaria de Pomerode acontece nesta próxima segunda-feira, 8 de setembro

 

Uma parceria entre as empresas catarinenses Brasil Clean Energy de Balneário Camboriú e Eco Conceitos de Pomerode, susbsidiária no Brasil da empresa alemã de tecnologia em biogás Archea, deu origem ao projeto da primeira usina de biometano do Estado. A unidade, instalada próxima em uma granja de suínos de médio porte, aproveitará os gases resultantes da biodigestão de dejetos dos animais através de tecnologia de origem alemã. Após coletado, o gás passará por um processo de beneficiamento para adequação de sua composição química ao padrão do biometano, similar ao gás natural de origem fóssil atualmente distribuído em Santa Catarina.

 

A cerimônia de inauguração, marcada para as 16h esta segunda-feira na sede da biorrefinaria, contará com cerca de 150 convidados. Entre autoridades políticas, representantes de outras distribuidoras de gás brasileiras, como a Compagás, do Paraná, a Cebgás, do Destrito Federal e a Cegás, do Ceará e lideranças de diversas empresas privadas interessadas na aplicação da tecnologia ou compra do gás renovável, como BRF, Aurora, Tetrapak e Scania.

 

A comercialização dos cerca de 2.500 m³/dia de gás renovável esperados será intermediada pela SCGÁS (Companhia de Gás de Santa Catarina), que deve iniciar a venda do insumo comprimido em cilindros. “A parceria entre a SCGÁS e a biorrefinaria é uma importante conquista, pois garante que este valioso insumo extraído e purificado em Santa Catarina seja utilizado aqui”, diz o Presidente da SCGÁS, Cósme Polêse. “O desenvolvimento de projetos como este demonstra que sabemos enxergar oportunidades. Ele resolve tanto o passivo ambiental resultante da destinação dos dejetos da suinocultura quanto o problema de baixa oferta de insumo de gás que atravessamos hoje”, avalia.

 

O Gerente de Tecnologia de Gás da SCGÁS, Ricardo Konishi, explica que o biometano já possui consumidores potenciais. “Clientes do setor industrial cerâmico e postos de GNV já sinalizaram interesse em consumir, mas a venda do insumo será iniciada somente a partir da publicação do Marco Regulatório do Biogás no Brasil pela ANP”. Esperado para meados de dezembro, a lei definirá normas e procedimentos para produção, transporte, comercialização e utilização dos gases renováveis.

 

TECNOLOGIA INTELIGENTE

 

A tecnologia utilizada no empreendimento garante uma alta eficiência no aproveitamento dos gases de decomposição de matéria orgânica, com desempenho semelhante aos utilizados na Alemanha, país referência em aproveitamento de biogás. O gás gerado pelas fezes suínas passam por filtragem para retirada de moléculas de enxofre, evitando o mal cheiro, e por um processo de hidrólise antes de entrar nos reatores de biodigestão 100% isolados, dotados de um movimentador de substrato  e com temperatura e acidez controladas. Na sequência, o gás extraído passa pela purificação, que retira os elementos químicos indesejados e eleva o poder calorífico do gás.

 

O biometano pode ser aproveitado na geração de energia elétrica ou térmica, com diversas aplicações em processos industriais, como combustível para automóveis (GNV), e em residências e comércios na cocção, aquecimento de água e aquecimento de ambientes.

About Agência Canal Veiculação

Função: Agências e Canais Cadastrados | Sobre o autor: Material veiculado através da mídia parceira e canal associado. O OverBR não se responsabiliza pela veracidade do conteúdo deste artigo ou canal quando não certificado e acompanhado devidamente da Fonte ou Agência Publicitária, bem como a assinatura do seu Autor. Qualquer divergência de conteúdo ou Autoria, procure imediatamente nossa Redação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*