Home / Artigos / Alunos do Senai desenvolvem andador vertical motorizado

Alunos do Senai desenvolvem andador vertical motorizado

Após pedido de paraplégico, estudantes desenvolvem andador vertical motorizado em Goiânia.

andador

Simoney Pires do Nascimento desenvolveu com colegas andador para o irmão (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Com materiais baratos, eles fabricaram o aparelho e deram de presente ao bombeiro, que perdeu o movimento das pernas após um acidente e busca mais qualidade de vida.

Estudantes do curso técnico em mecânica do Serviço Nacional de Aprendizagem Indústria (Senai) desenvolveram um andador motorizado de baixo custo, em Goiânia.

A proposta surgiu a partir da busca do irmão de um deles, que ficou paraplégico, por mais qualidade de vida.
“Nós trouxemos a ideia do meu irmão para os alunos e professores do Senai como projeto integrador e eles aceitaram”;

Conta o estudante Simoney Pires do Nascimento.
Irmão de Simoney, o bombeiro Wesley Mendes ficou paraplégico em um acidente durante uma trilha de bicicleta.

Ele caiu, foi atropelado e sofreu uma lesão na coluna.
De acordo com o bombeiro aposentado, ele quis comprar um andador vertical motorizado;

Mas não tinha o dinheiro suficiente, pois, segundo ele, o equipamento custa cerca de R$ 15 mil.

Foi quando sugeriu ao irmão, que estava concluindo o curso, que desenvolvesse o aparelho.
Os 14 alunos tiveram seis meses de trabalho.

Para desenvolver o projeto para essa tecnologia, o grupo contou com peças baratas e resistentes.

Eles usaram, por exemplo, um motor de abrir o vidro do carro para fazer o andador se movimentar;

Joelheiras ortopédicas para o apoio de perna e o encosto de uma cadeira para segurar as costas.
“Apesar de serem muitos materiais baratos, são de boa qualidade”;

Explicou o professor Marcos Messias da Cruz.
Ao todo, os estudantes gastaram R$ 1,9 mil para desenvolver o andador vertical.

O resultado surpreendeu Wesley.
“Vai me ajudar muito em casa, nas atividades domésticas, ajudando minha esposa, fazendo alguma coisa para os meninos;

Vai ser muito bom para a minha vida, gostei mais do presente”, comemorou.

Uma boa notícia na área de tecnologia para PcD,  Pessoa com Deficiência

Fonte: G1 Goiânia.

Curso segurança alimentar: http://overbr.com.br/atualidades/senai-capacitacao-sobre-seguranca-alimentar

300x250

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*