Home / Portáteis / Review: Qbex TX320i – Tablet de baixo custo com processador Intel e 2GB de ram
Banner MAV 300x250

Review: Qbex TX320i – Tablet de baixo custo com processador Intel e 2GB de ram

Os tablets de baixo custo, geralmente chineses, são produtos que representam uma boa fatia do mercado mundial, já que nem todos tem condições para comprar um tablet mais caro. Estes dispositivos geralmente vem com chipset Allwinner, Rockchip e algumas vezes o MediaTek. Sendo um setor que carece de produtos de qualidade e ao mesmo tempo representa uma boa fatia de usuários, a Intel tornou-se uma opção para melhorá-los, e ao mesmo tempo reforçar a sua participação com a arquitetura x86 no Android. Deste modo, seus processadores começaram a aparecer em diversos smartphones e tablets de baixo custo. O Tablet Qbex…

Review Overview

Avaliação Geral Final

Aprovado

User Rating: Be the first one !

Os tablets de baixo custo, geralmente chineses, são produtos que representam uma boa fatia do mercado mundial, já que nem todos tem condições para comprar um tablet mais caro. Estes dispositivos geralmente vem com chipset Allwinner, Rockchip e algumas vezes o MediaTek.

Sendo um setor que carece de produtos de qualidade e ao mesmo tempo representa uma boa fatia de usuários, a Intel tornou-se uma opção para melhorá-los, e ao mesmo tempo reforçar a sua participação com a arquitetura x86 no Android. Deste modo, seus processadores começaram a aparecer em diversos smartphones e tablets de baixo custo.

O Tablet Qbex TX320I é um dos beneficiados por essa nova estratégia. Custando menos de R$250,00 na internet, o produto oferece um processador Intel Atom Z2520 Dual core, com 1.2GHz, 2GB de memória ram e Android 4.4.2. O processador utilizado é o mesmo encontrado em alguns Asus Zenfone, e, por conta de suas diferenças de arquitetura, já que é x86 e não-ARM, é equivalente a um cortex-A7 quad core. Deste modo, trata-se do primeiro tablet nacional a possuir um hardware de tablet mais caros, por um preço extremamente baixo.

CAPA

Resumo das principais características:

Processador Atom Z2520 Dual Core 1.2GHz
2GB de memória RAM8GB de armazenamento
Tela TN 1024×600 capacitiva
Entrada para microSD até 32GB
Sensor de rotação de tela
Bluetooth v4.0
Bateria de 3000mAh
Câmera Frontal VGA e Traseira de 2.0 Mpx
Android 4.4.2

Caixa e aparência externa

O Qbex TX320i vem nesta caixa que confirma as suas especificações. Dentro dela há um carregador convencional de 2A, um adaptador de micro-USB para USB, afim de usar o recurso OTG para plugar pendrive, modem 3G, teclado, mouse, etc. e um cabo micro-USB.

A

 

b

O tablet QBex TX320i vem com uma película pré aplicada de fábrica que é praticamente imperceptível, assim como alguns aparelhos da Sony (como o Xperia Z1) vinham. Essa película risca com facilidade, causando a falsa impressão de que é a tela do tablet que está riscada. Seu objetivo de estar ali é para proteger o usuário de cortes nas mãos, caso o tablet caia e a tela estilhace. Caso desejar retirá-la, basta utilizar um alfinete para conseguir levantar uma de suas extremidades, já que, como dito, a película é praticamente imperceptível, por ser muito bem instalada e ter o tamanho exato da tela.

C

D

A carcaça do Qbex TX320i é muito bonita, trazendo uma boa presença social para quem utilizá-lo a trabalho ou em apresentações. A traseira é de plástico, que tenta imitar o acabamento em couro presente na linha Tab Pro da Samsung. Há um slot microSD, duas câmeras, um alto falante, uma entrada de fone de ouvido, uma entrada de carregador padrão, e botões power e volume +/-.

Tela

O display do Qbex TX320i é do tipo TN, com resolução de 1024×600. Aqui não há novidades – a tela é tão ruim quanto qualquer outro concorrente. Ainda não foi inventado um novo tipo de tela que consiga trazer mais qualidade com redução de custos, como já ocorre com o chipset. A tela tem cores “lavadas” (pouca saturação), ângulo de visão ruim, e pouco brilho, o que traz a sensação de estar escura mesmo colocando no máximo. Estas características fazem com que a tela seja apenas “OK” para a navegação e uso de jogos, boa para filmes e vídeos (apesar do ângulo de visão ruim, seu melhor desempenho é justamente aqui) e ruim para leitura. Desta forma, podemos dizer que, ainda que não empolgue, é possível fazer tudo com uma tela deste tipo, exceto ler, pois força demais a vista.

E

Som

Este é o maior calcanhar de Aquiles do tablet. O som é muito baixo quando se trata de frequências entre 20 e 500Khz. Parece que o fabricante literalmente configurou o equalizador para baixar estas frequências. Como resultado, sons mais agudos, como eletrônicos, tem ótima reprodução e são muito altos, mas sons mais graves saem extremamente baixos. No uso geral, o alto falante comportou-se normalmente em jogos, mas foi muito ruim em atividades multimídia como assistir a filmes ou a vídeos. Por exemplo, no caso de um filme, personagens que tem a voz mais grossa ficam quase que inaudíveis. Demais sons ficam muito bons e altos. Isso foi bastante decepcionante, já que outros tablets concorrentes que são inferiores em muitas coisas quando comparados ao TX320i, pelo menos nisso mandavam bem. O CCE TR72, por exemplo, tem um ótimo alto falante.

O som com fones de ouvido fica muito bom, mas é necessário plugar o fone e aumentar o volume primeiro antes de utilizar, pois se plugar fones com um programa aberto, a poup up do android pedindo autorização para superar limites recomendados não aparece e como resultado você fica impedido de colocar mais do que 50% de volume.

S1

Bateria

A bateria utilizada é de 3000mAh e apresentou ótima duração durante uso, para a categoria do tablet, mas duração ruim durante espera. Talvez o motivo do tablet ter pouca duração durante espera seja o fato de o processador ainda permanecer a 800MHz quando ocioso, o que é bastante quando comparado a outros. Desta forma, se você utilizou o tablet de manhã e só vai voltar a usá-lo durante a noite, compensa desligá-lo em vez de mantê-lo em espera. Ao menos o tempo para iniciar é pouco. O tablet leva apenas 38 segundos para iniciar, menos do que muito aparelho mais caro.

Android 4.4.2 e o real fabricante do tablet

O android é o Kitkat 4.4.2, com pequenas modificações, como  a inserção do logotipo da qbex, dois botões virtuais extra de volume e alguns aplicativos desinstaláveis, sendo um interessante para administração do modem 3G. Pela assinatura da compilação do android, pudemos descobrir que o real fabricante do firmware é a marca Utok, sendo este o mesmo firmware utilizado no tablet Utok i700, ainda que o hardware do qbex tenha mais memória ram. Os programas de análise, como o CPU-Z, alegam que o dispositivo foi fabricado pela Foxconn. Desta forma, é muito provável (mas não foi confirmado de maneira oficial) que a Qbex utilize um design de hardware e software da Utok e faça a fabricação através da Foxconn.

S2

Bug:

O único bug encontrado no android deste tablet foi que a abertura de alguns programas em modo “portrait” é feita ao contrário, isto é, de ponta cabeça. Isso pode exigir com que você vire o tablet caso o programa não suporte sensores de rotação de tela.

Incompatibilidades:

Alguns pouquíssimos programas e jogos não rodaram no tablet. Um exemplo de jogo que travou na sua execução foi o Dead Trigger 2 (instala, mas não abre). Alguns desses casos são problemas de incompatibilidade com processador Intel e tendem a ser resolvidos num futuro breve. Entretanto, um caso chamou a atenção: o instagram não instala no tablet, mesmo sendo um app compatível com Intel. Não sabemos precisar o motivo disso, mas certamente é algo relacionado ao firmware e não ao processador.

S3b

Armazenamento

O tablet conta com 8GB de armazenamento interno, onde estão disponíveis 4.38GB para o usuário. É interessante observar que este é o primeiro tablet chinês em que não vi duas partições com a memória para o usuário. Os 4GB disponíveis estão em uma única partição, o que é muito positivo, pois geralmente estes tablets costumam vir com outra partição e acaba sendo necessário ficar movendo os apps para não ter a memória esgotada.

Desempenho

O tablet apresentou um desempenho excelente. A alternância de programas foi muito rápida, graças aos 2GB de ram, bem como a abertura e o fechamento de apps.

A GPU é a Power VR SGX 544MP2 e deu conta do recado. O conjunto  fez 18.354 pontos no antutu, mais do que tablets de maior custo e mais até mesmo do que o smartphone Motorola G.

S4

Apenas para exemplificar como o tablet consegue desempenhar igual a um modelo mais caro, fizemos uma comparação e com um LG G Pad V400 e obtivemos números muito próximos:

 ANTUTU v5.0 Qbex TX320i G Pad V400
Total Geral: 18354 17844
UX: 2957 3694
RAM: 2525 2841
CPU (multi): 2248 3031
CPU (single) 1403 1931
GPU: 8002 4816
I/O 1219 1531

No geekbench tivemos 337 pontos para single e 799 para multi core e no Vellamo, utilizando o Chrome, tivemos 1409 pontos.

Podemos dizer sem dúvidas que o tablet tem o mesmo desempenho de um smartphone de médio custo, sendo, portanto, a primeira vez em que vemos um usuário com baixo poder de compra poder contar com um dispositivo com processamento maior, equivalente ao de produtos mais caros, o que aumenta a sua inclusão no mundo virtual ao passo que permite que ele rode mais aplicativos e com melhor qualidade/velocidade.

Câmera

A câmera traseira é OK para a faixa de preço do dispositivo. Tira fotos razoáveis apenas em ambiente externo e bem iluminado. Já a câmera frontal é muito ruim, mesmo para a sua faixa de preço. O usuário literalmente vira uma “pintura” de tão ruim que é a imagem.

Conclusão

O Qbex TX320I é certamente um tablet que consegue prover, pela primeira vez, uma experiência de uso decente em termos de velocidade e processamento para usuários que não podem gastar muito. Dentro de sua faixa de preço, seu grande diferencial é o processamento e o android atualizado. Alguns pontos negativos do aparelho são compartilhados por todos seus concorrentes, como é o caso da tela e as câmeras. Seu único ponto negativo realmente “diferenciável” é o alto falante externo, que atrapalha bastante ao assistir vídeos. Se o usuário não se importar em usar um fone de ouvido, entretanto, podemos dizer que a experiência de uso é realmente muito boa.

Desta forma, podemos dizer que se o consumidor tiver até R$250 para gastar, o Qbex tx320i é, no momento atual de redação deste artigo, uma das melhores, se não a melhor opção em tablet de baixo custo. Entretanto, se houver possibilidade de esticar a verba para a faixa dos R$350 a R$400, recomendamos gastar um pouco mais e optar pelo Lenovo S5000 (tela, câmera e acabamento melhores) ou LG G Pad V400 (tela, desempenho em jogos e acabamento melhores), pois estes modelos, ainda que não tragam vantagens em desempenho, possuem tela, som e acabamento melhores, o que faz com que a experiência de uso seja mais agradável.

Positivo:

Processamento

Acabamento externo

Android atualizado

Negativo

Alto falante externo

Os tablets de baixo custo, geralmente chineses, são produtos que representam uma boa fatia do mercado mundial, já que nem todos tem condições para comprar um tablet mais caro. Estes dispositivos geralmente vem com chipset Allwinner, Rockchip e algumas vezes o MediaTek. Sendo um setor que carece de produtos de qualidade e ao mesmo tempo representa uma boa fatia de usuários, a Intel tornou-se uma opção para melhorá-los, e ao mesmo tempo reforçar a sua participação com a arquitetura x86 no Android. Deste modo, seus processadores começaram a aparecer em diversos smartphones e tablets de baixo custo. O Tablet Qbex…

Review Overview

Avaliação Geral Final

Aprovado

User Rating: Be the first one !

About Octaiver Matt

Octávio é um apaixonado por tablets e dispositivos portáteis. Atualmente seu hobby é mergulhar nos portáteis de cabeça e alma.

9 comments

  1. Comprei o TX322i e na hora de mandar fotos e vídeos bluetooth ele não aceita, pode me orientar?

  2. Comprei o TX322i só para baixar jogos para minha filha pequena mas não estou conseguindo enviar fotos e vídeos pelo bluetooth, consigo parear meu telefone com ele, enviar mas o tablet só informa que a transferência foi cancelada.
    Poderia me orientar meu amigo?
    Att,
    Henriques

  3. Comprei hoje o TX322i que e igual a esse modelo e so tem 1gb e custa o mesmo, R$250,00. Não consigo por o modem 3g a funcionar , nao tem opção de criação de conta APN em rede, etc como seria normal, alguem conseguiu ter 3G neste tablet? Em caso afirmativo como resolveu o problema? Grato pela ajuda.

  4. Amigo gostaria de saber qual e a arquitetura do processador do Tablet TR92. Se e x86 ou ARM. Nao encontro esta informacao em lugar nenhum. Obrigado man

  5. boa tarde!

    Pode me informar qual seria o tablet ideal para a seguintes funções: Ler PDF, ouvir MP3 e assistir filmes baixa resolução, será raro filme em HD. É somente para estudo.. Não vou acessar internet e nem usar bluetoot, vou até desabilitar. Daria preferencia para tela de 9″.

    Tenho a seguintes marcas:

    CCE-TR92 ou Multilaser-M9. Estou na dúvida. Pois quero algo de baixo custo.

    obrigado

  6. Quão ruim é para leitura? Estou interessado em um tablet com uso exclusivamente para leitura seja de PDF ou de browsers. Já tive um phaser kinno 2, da pra fazer uma comparação rápida?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*