Home / Artigos / Acontece agora: Conferência em São Paulo debate futuro dos Data Centers

Acontece agora: Conferência em São Paulo debate futuro dos Data Centers

 Conferência em São Paulo debate futuro dos Data Centers, hoje (25) e amanhã (26), na Conferência Gartner

Data Centers

Estima-se que, só na América do Norte, as empresas perdem anualmente mais de 100 milhões de dólares;

Unicamente como consequência da inatividade derivada de manejos deficientes (erro humano) das tecnologias da informação e comunicação.

Ter um Data Center ágil e eficiente se tornou uma necessidade.

Por isso, estabelecer estratégias para fazer frente aos novos desafios digitais é uma prioridade para os operadores.

Assim, é importante considerar não só o constante crescimento das velocidades de transmissão de dados, mas também o desenvolvimento das necessidades dos usuários.

A transformação digital tem levado à adequação dos Data Centers.

Esse importante tema está em debate entre hoje (25) e amanhã (26), na Conferência Gartner Infraestrutura;

De TI, Operações e Data Center 2017, um dos principais eventos para os profissionais de Data Center, Infraestrutura e Operações.

Segundo a CommScope, gigante do setor de telecomunicações presente no evento;

“hoje em dia, as infraestruturas dos Data Centers precisam estar preparadas para enfrentar todos os desafios que a era digital apresenta”, pontua.

O aumento da largura de banda de transmissão, o surgimento de cidades digitais, assim como a explosão da Internet das Coisas (IoT);

Têm se convertido em questões que os administradores e operadores devem considerar para enfrentar da melhor forma possível todos os desafios que a transformação digital tem trazido consigo.

No entanto, não são as únicos questões para os Data Centers, existem na atualidade tendências que os operadores precisam levar em conta para projetar infraestruturas adequadas e ágeis, como, por exemplo:

· Virtualização:

A demanda de maiores velocidades de conexão, mais eficientes e velozes, tem pressionado as empresas a adaptar-se às diferentes tecnologias da era digital.

A abordagem para a virtualização e a nuvem continuam a ganhar importância, assim a eficácia depende em sua maior parte do estado físico das infraestruturas.

Portanto, uma estratégia de redesenho dos Data Centers é um desafio constante para administradores e operadores.

“A virtualização está sendo impulsionada pela quantidade cada vez maior de aplicações que requerem baixa latência, como streaming de vídeo por IP ou videochamadas, para que o serviço prestado ao usuário seja mais efetivo.

Espera-se que para 2025, 60% dos servidores virtualizados sejam instalados em locais “edge”, ou seja, o mais próximo possível do usuário final”;

Aponta Sebastián Mediavilla, Engenheiro de Aplicação de Campo da CommScope para o Cone Sul.

· Computação em nuvem:

Ao ano, são gerados aproximadamente U$ 21 bilhões de dólares em receita provenientes do crescimento do uso da nuvem.

Espera-se que este montante cresça 20% ao ano no futuro. Portanto, esse mercado se encontra em seu melhor momento.

A previsão é que para 2019 o tráfego mundial de dados móveis representará 90% de aplicações na nuvem[1];

Então contar com uma infraestrutura preparada para enfrentar estes novos desafios é vital para os operadores dos Data Centers.

· Migração de alta velocidade (HSM):

“Se considerarmos qual será a evolução das velocidades, como se indica na Roadmap Ethernet, além das tendências mencionadas anteriormente, vemos claramente que a única forma de que nosso Data Center possa dar suporte às necessidades atuais e futuras, é migrando para uma infraestrutura de alta velocidade.

Falar de migração não significa substituir as velhas infraestruturas, mas formular um redesenho dos Data Centers que permita que a administração seja eficiente e flexível para as demandas que o futuro apresenta.

Por esta razão, ferramentas próprias e soluções de gestão, como AIM e DCIM;

Assim como o crescimento de infraestruturas em fibra;

São essenciais para manejar a capacidade, assegurar uma alta disponibilidade e que os recursos estejam sendo usados de forma eficiente”,;

Compartilhou o Engenheiro de Aplicação de Campo da CommScope para o Cone Sul.

Só na América do Norte, as empresas perdem anualmente mais de 100 milhões de dólares, unicamente como consequência da inatividade derivada de manejos deficientes (erro humano) das tecnologias da informação e comunicação[2].

Por isso, é importante para a CommScope estar participando no Gartner TI 2017;

Compartilhando os avanços de infraestrutura que têm se convertido em vanguarda.

É importante conhecer estas tendências, de tal forma que os Data Centers sejam preparados não só para a carga de dados do presente, mas também para a do futuro.

As tendências para a virtualização e a migração para a nuvem seguem ganhando importância;

Pois elas são parte essencial para enfrentar o maior dos desafios dos operadores dos Data Centers:

Estar preparados para a transformação digital.

Visite o hotsite da CommScope sobre a Conferência Gartner Infraestrutura de TI, Operações e Data Center 2017.

Acesse : www.commscopegartner.com/

Sobre a CommScope

CommScope (NASDAQ: COMM) ajuda empresas ao redor do mundo na concepção, construção e gestão de suas redes cabeadas e wireless.

Nosso amplo portfólio de soluções de infraestrutura inclui algumas das soluções;

Wireless e de cabo de fibra óptica mais robustas e inovadoras no mundo.

Nossa equipe global de grande talento e experiência é dedicada a ajudar os clientes a aumentar a largura de banda; maximizar a capacidade existente;

Melhorar o desempenho e a disponibilidade da rede, contribuindo também para o aumento da eficiência e simplificando a migração tecnológica.

Você encontrará nossas soluções nos maiores edifícios, salas de reunião, áreas indoor e outdoor;

Em data centers e edifícios de todas as formas, tamanhos e complexidades; nos cell sites e em headends, em instalações FTTx e em aeroportos, trens e túneis.

Redes vitais ao redor do mundo funcionam com soluções da CommScope. Mais informações em: http://pt.commscope.com/

300x250

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*