Home / Noticias / O Watson poderá saber mais da sua personalidade que você

O Watson poderá saber mais da sua personalidade que você

O Watson vai saber mais sobre a sua personalidade do que você mesmo.
Watson

 

O dispositivo da IBM avalia o grau de extroversão e consciência, por exemplo, e já está sendo usado por empresas de recursos humanos.

 
“Olá! O que é que gostaria de ser?

Qual é a tua rotina matinal? Qual é a tua personagem cinematográfica preferida?”.

Em cinco minutos, e com questões como estas, o Watson (sistema cognitivo da IBM) analisou a personalidade de participantes na Web Summit.

A Web Summit aconteceu em Portugal encerrando-se ontem dia 9/11

Sensibilidade, extroversão, consciência são alguns dos parâmetros avaliados pelo serviço Personality Insights.

Basta entrar numa pequena cabine, responder a meia dúzia de questões usando apenas a voz e;

Em poucos minutos o Watson enviará, por e-mail, um relatório de personalidade.

Tiago esteve na fila mais de 30 minutos para fazer o teste.

“Tenho curiosidade em perceber o que vai dizer sobre mim”, diz.

Atrás dele uma chinesa, e outros tantos interessados.

 

O Algoritmo aos poucos está entrando na definição de candidatos em RH

O dispositivo, criado pela IBM e disponibilizado na Web Summit numa versão mais curta;

Já está a sendo utilizado em empresas de recursos humanos para filtrar currículos e procurar candidatos.

“A voz é convertida em texto e analisada pelo Watson”;

Explica Gonçalo Costa Andrade, director de cloud da IBM Portugal.

Isso quer dizer que já há computadores a decidir quem é selecionado para um emprego?

“Fazem uma triagem, um match entre a procura e a oferta”, diz. “A última decisão é sempre humana.”

Com o Personality Insights, é possível descobrir como é que uma pessoa pensa e age.

E não se limita apenas à análise do texto.

“Através da entoação, por exemplo, percebe se aquela pessoa está irritada ou contente”;

Afirma Gonçalo Costa Andrade.

Muitas empresas de recursos humanos juntam a este tipo de testes, a análise de perfil nas redes sociais e publicações públicas para fazer uma pré-seleção de candidatos.

“A tecnologia é um facilitador.”

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*