Home / Hardware e Modding / Intel lançará processadores Cannonlake ainda este ano

Intel lançará processadores Cannonlake ainda este ano

Intel garante que processadores Cannonlake serão lançados ainda em 2017.

Cannonlake

A Intel se atrapalhou toda para manter o desenvolvimento de seus processadores, ao não conseguir entregar a tempo a nova geração de processadores com um novo processo de litografia.

A linha Cannonlake, que deveria ser o “tick” ainda não deu as caras e por causa disso a companhia teve que rever todo o seu processo;

Mudando o ciclo de dois para três anos e introduzindo a família de processadores dentro do novo processo de otimização, a linha Coffee Lake.

Contando com a linha Broadwell introduzida em 2014, de processadores de alta performance;

A Intel manteve a arquitetura atual por quatro gerações, muito longe do ideal;

E as perspectivas de que a situação só pioraria, com os novos Cannonlake só dando as caras em de 2018;

Segundo fontes próximas.

Enquanto a Intel não consegue trabalhar com 10 nanômetros, concorrentes como IBM e Samsung se gabam por já terem atingido o limiar de cinco nanômetros;

Ainda que tais soluções ainda não tenham saído dos laboratórios é fato a Intel está apanhando em seu próprio jogo;

Enquanto não consegue escalar a linha Cannonlake e não consegue atingir o limiar de sete nanômetros para as próximas gerações;

Coisa que só a IBM conseguiu até agora e pretende liberar a tecnologia para suas parceiras comerciais (Samsung, Qualcomm e AMD) já em 2018.

 

Ofertas limitadas

Sendo assim o CEO Brian Krzanich, através do último relatório financeiro da Intel procurou tranquilizar os consumidores e investidores;

Reafirmando o compromisso assumido de lançar os primeiros modelos dos processadores Cannonlake até o fim de 2017;

Mas foi sincero: num primeiro momento a oferta será limitada e todas as versões inicialmente serão destinadas a dispositivos móveis;

Sendo todos eles despachados diretamente para a OEMs os acondicionarem em laptops e outros aparelhos do tipo;

A decisão foi tomada principalmente por tais chips se posicionarem num limiar entre desempenho e autonomia aceitáveis, e por isso mesmo são mais simples de serem produzidos.
A produção em larga escala terá início no primeiro semestre de 2018 e só então;

A Intel introduzirá os processadores para desktops e workstations, a partir da segunda metade do ano que vem.

Ainda que a oferta inicial dos chips Cannonlake seja bastante limitada, a ideia é que os primeiros laptops;

Cheguem às lojas com a nova geração de processadores ainda durante o primeiro semestre.

Tais chips, como a Intel já afirmou anteriormente ficariam “ao menos uma geração à frente da concorrência” ;

Graças ao Hyper Scaling, uma técnica proprietária que permite a inserção do dobro de transístores contidos na atual geração;

Dessa forma a linha Cannonlake teria um desempenho teórico 25% maior que os chips Kaby Lake e consumiria 45% menos energia.

 

O Processador será superior

A Intel insiste que apesar de chegar atrasada na festa seus processadores são superiores aos dos concorrentes;

Pois ela tem se focado não apenas na redução do espaço entre os transístores como também em dobrar;

Sua quantidade nos chips.

No que ela usa como argumento para se destacar de outras fabricantes que já trabalham com;

10 nanômetros como Qualcomm e Samsung.

De qualquer forma, se tudo correr bem saberemos se a companhia está blefando ou não muito em breve.

Confira as ofertas dos produtos  notebooks com Intel Core e processadores no Walmart

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*