Home / Empreendedorismo / Empreendedores e empresas brasileiras se conectam a grandes multinacionais em busca de inovação
Natura 234x60

Empreendedores e empresas brasileiras se conectam a grandes multinacionais em busca de inovação

IBM, Philips, Samsung, Microsoft e outras 15 grandes empresas que investem em inovação no mundo estiveram no Corporate Venture in Brasil 2015, em São Paulo, nos dias 19, 20 e, hoje, 21, para conhecer o ecossistema de inovação brasileiro. Durante esses três dias, investidores e empresas que buscam recursos para desenvolver seus projetos estiveram juntos discutindo como o mundo empresarial percebe a inovação e de que forma as empresas e os investidores têm conseguido, juntos, se reinventar em tempos de crise.

As grandes multinacionais explicaram como operam seus fundos de investimento, que tipo de empresas melhor se adequam ao seu portfólio e quais as soluções buscam para os próximos anos. Segundo John Hamer, diretor de Investimentos da Monsanto Growth Ventures, uma das empresas que atua como Corporate Venture há alguns anos, “o Corporate Venture é, na realidade, mais do que investir em pequenas empresas, é descobrir novas oportunidades de negócios”. A Monsanto tem cerca de 400 empresas em seu portfólio de venture capital.

O diretor de Investimentos da Samsung Ventures, Luis Arbulu, explicou que a empresa tem projetos espalhados por todo o mundo. “A Samsung se interessa por soluções que possam ser desenvolvidas para atender o mercado global. Se encontrarmos no Brasil alguém que esteja desenvolvendo algo que possa ser interessante para nós, com certeza temos interesse em investir”, explica. Segundo ele, a Samsung Ventures já tem projetos em países como Egito, Israel e Estados Unidos.

O Corporate Venture é uma tendência de investimento em inovação. Muitas das grandes corporações optam por fazer isso criando um fundo de investimentos para financiar empresas, startups e pesquisas que já estejam desenvolvendo ideias que possam melhorar os produtos ou processos das grandes corporações ou, até mesmo, desenvolver um novo negócio, totalmente diferente, mas promissor.

“Ao perceber esta tendência, a Apex-Brasil entendeu que o Corporate Venture pode ser uma oportunidade de fomentar a inovação no país, atrair capital para essas empresas que estão desenvolvendo soluções com potencial de aproveitamento para a indústria e mostrar, às grandes multinacionais, o que está sendo feito por aqui. Isso caminha junto com a nossa estratégia de promover o Brasil e ajudar as empresas brasileiras a se tornarem mais competitivas”, afirma David Barioni Neto, presidente da Apex-Brasil.

A Tbit é um empresa que faz análise de sementes por imagem e foi uma das que se apresentou para os Corporates nesta quarta-feira. O CEO, Igor Chalfoun, considerou o evento estratégico para os negócios. “Conhecer essas multinacionais foi fundamental para impulsionar nossa empresa e mostrar o que estamos fazendo. Acho que o Brasil está pronto para este tipo de iniciativa”, garante.

O Corporate Venture in Brasil 2015 é um projeto da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) em parceria com a Mawsonia, editora do Global Corporate Venturing.

 

300x250

About Agência Canal Veiculação

Função: Agências e Canais Cadastrados | Sobre o autor: Material veiculado através da mídia parceira e canal associado. O OverBR não se responsabiliza pela veracidade do conteúdo deste artigo ou canal quando não certificado e acompanhado devidamente da Fonte ou Agência Publicitária, bem como a assinatura do seu Autor. Qualquer divergência de conteúdo ou Autoria, procure imediatamente nossa Redação.

One comment

  1. Some present CPM or PPC marketing, nonetheless you could opt to do it your self and
    provide to sell sponsored messages or banners directly on your feed.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*