Home / Empreendedorismo / Angola Cables e Microsoft juntas para transformação digital na África

Angola Cables e Microsoft juntas para transformação digital na África

A Angola Cables firma parceria com a Microsoft para impulsionar a transformação digital na África.

ACLoud Connect
Acordo entre as duas empresas visa oferecer acesso seguro entre organizações baseadas na África e as 42 regiões Microsoft Azure espalhadas pelo mundo.
A Angola Cables acaba de se tornar um parceiro da Microsoft ExpressRoute;

Para atender as necessidades de organizações africanas que migram aplicativos de negócios e infraestruturas de TI para a nuvem;

Tendo em vista a aceleração da transformação digital no continente.

A Angola Cables aproveita a integração junto à plataforma de nuvem Microsoft Azure para criar o ACloud Connect;

E com isso, fornecer conexões dedicadas e de alta qualidade a uma rede mundial formada por 42 regiões;

Que contam com a ferramenta Microsoft Azure, assim como conexão com o Angonap, data center da Angola Cables localizado em Luanda.

ACLoud Connect
Desempenho Superior

Como uma das plataformas de computação em nuvem de nível empresarial mais confiáveis e flexíveis do mundo;

O Azure permite que as organizações estendam redes locais na nuvem por uma conexão privada.

Como as conexões ExpressRoute não se estendem para além da internet pública;

Os clientes experimentam conectividade mais confiável, rápida e superior à das conexões convencionais.
Ao oferecer links Ethernet dedicados entre as infraestruturas dos clientes e os centros de dados do Azure;

Dentro da rede IP / MPLS da Angola Cables, o ACloud Connect irá interligar o continente africano ao resto do mundo.

Inicialmente estará focada em atender as organizações com sede em Angola e África do Sul.
“Nós vemos a ACLoud Connect como uma extensão natural das próprias infraestruturas de TI de nossos clientes”;

Explica António Nunes, CEO da Angola Cables.

“Além de se beneficiar da escala e da economia da Microsoft Azure, os clientes baseados em África também devem aguardar por serviços de baixa latência”, acrescenta.
Ao complementar o NAPAfrica na África do Sul e oferecer peering por toda a África subsaariana a plataforma em nuvem Azure ajudará a proteger os ativos online das organizações à medida que eles procuram expandir globalmente enquanto mantêm a “residência de dados” no continente africano.
“Nossa abordagem única para ACLoud Connect,  a nuvem engloba três áreas que, quando combinadas, oferecem aos clientes a maior escolha e flexibilidade com a nuvem:

Recursos corporativos, infraestrutura de nuvem global e soluções híbridas abrangentes”;

Disse Laurence Janssens, Country Manager, Microsoft Southern Africa.

 

Sobre a Angola Cables

Angola Cables é uma multinacional de telecomunicações fundada em 2009 que opera no mercado de atacado;

Cujo core business é a comercialização de capacidade em circuitos internacionais de voz e dados por meio de um sistema de cabos submarinos.

É um dos maiores acionistas da WACS (West African Cable System);

Fornecendo serviços de nível de operador a operadores em Angola, África e Europa;

Tornando-se rapidamente um dos principais fornecedores de IP por atacado na região.

Seus principais novos projetos – SACS e Monet – correspondem a cabos que vão interligar três continentes:

América do Sul, América do Norte e África.

Há ainda o projeto do data center de Fortaleza, uma instalação de tipo Tier III que interligará seus sistemas de cabo;

Criando uma rede internacional ao conectar diferentes regiões da economia global.
Para mais informações, acesse o site da Angola Cables: http://www.angolacables.co.ao.

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*