Home / Ecoverde / Recorde na safra de grãos é de 227,9 milhões de toneladas

Recorde na safra de grãos é de 227,9 milhões de toneladas

Recorde histórico da safra de grãos agora é de 227,9 milhões de toneladas, segundo a Conab.

Safra

A safra 2016/17 de grãos deve chegar a 227,9 milhões de toneladas, com um aumento de 22,1% ou 41,3 milhões de toneladas frente às 186,6 milhões de toneeladas da safra passada.

A previsão está no 7º Levantamento da safra atual, divulgado nesta terça-feira (11/04) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
A elevação comparada à safra 2015/2016 se deve ao aumento de área e às boas produtividades médias da atual safra;

Que não sofre a influência das más condições climáticas do ano passado.

A previsão é de aumento de 3% na área total em relação à safra anterior, podendo chegar a 60,1 milhões de hectares.

Estão incluídas neste prognóstico as culturas de segunda e terceira safras.
Para a soja, a expectativa é de um crescimento de 15,4% na produção, devendo atingir 110,2 milhões de toneladas;

Com aumento de 14,7 milhões de t em relação à safra anterior e ampliação de 1,4% na área, que deve chegar a 33,7 milhões de hectares.
No caso do milho total, deve alcançar 91,5 milhões de toneladas (37,5% de crescimento);

Com 29,9 milhões de toneladas para a primeira safra e 61,6 milhões para a segunda.

A área total do milho deve alcançar 17,1 milhões de hectares (ampliação de 7,3%).

No total, a safra de milho e soja representam quase 90% dos grãos produzidos no país.

A preocupação com o escoamento para exportações, se deve ao alto custo logístico;

Pelas condições das estradas principalmente a BR 163, que não favorece à interligação hidroviária;

Provocando portos sobrecarregados no Sul e Sudeste, onerando as despesas alfandegárias as quais impactam fortemente nas atividades do produtor rural.

Apesar desses percalços a agricultura Brasileira está salvando literalmente a “lavoura”
Leia mais sobre esse assunto no Site da Conab.

Fonte: Conab

300x250

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*