Home / Ecoverde / New Holland Construction chega à marca de 250 mil mini carregadeiras produzidas no mundo
Natura 234x60

New Holland Construction chega à marca de 250 mil mini carregadeiras produzidas no mundo

Empresa comemora marco na produção e aniversário de 45 anos da máquina que trouxe para o Brasil a tecnologia Super BoomÒ.


A New Holland Construction, marca presente no Brasil há mais de 65 anos com fábrica em Contagem (MG), anuncia importante marco produtivo: 250 mil minicarregadeiras fabricadas até hoje. “Comemoramos importante feito e o compromisso contínuo da empresa em oferecer equipamentos de qualidade”, avalia Nicola D’Arpino, Vice-presidente da New Holland Construction para a América Latina. Em uma ação de marketing envolvendo toda a rede mundial de concessionários, as próximas minicarregadeiras vendidas estarão adesivadas com selo comemorativo.

 
Para o executivo, o ano de 2017 será desafiador, mas a empresa segue em seu processo de crescimento de forma estruturada, com investimentos em tecnologia e inovação em seus equipamentos. “Seguimos otimistas e evoluindo para sempre apresentar aos nossos clientes novidades que representem ganhos em produtividade e eficiência, assim como a redução dos custos e o aumento da segurança para os operadores”, completa D’Arpino.
Há 45 anos, a empresa começou a produzir minicarregadeiras na fábrica de Grand Island, no Nebraska, nos Estados Unidos. Os equipamentos, então, passaram a ser produzidos na fábrica de Belleville, na Pensilvânia (EUA), e, depois disso, em 2002, foram transferidos para a fábrica de Wichita, no Kansas, onde são fabricados atualmente. No Brasil, a atual linha comercializada é a série 200, lançada em 2011.

 
Os modelos mais utilizados são os de pneus, conhecidos como skid, mas também existem opções com esteiras. “As minicarregadeiras podem ser equipadas com múltiplos implementos como caçambas, valetadeiras, perfuratrizes, roçadeiras e garfos pallets, além de vários outros, o que as tornam muito versáteis e produtivas atuar no segmento de construção e nas diversas atividades no setor agropecuário, como carregamento de fardos e limpeza de currais”, destaca Rafael Barbosa, especialis­ta de Marketing de Produto da New Holland Construction.

 
Na linha completa de produtos da marca de construção da CNH Industrial são ofertadas sete modelos de minicarregadeiras: L213, L215, L218, L220, L223, L225 e L230.
Evolução das minicarregadeiras
O modelo L35, a primeira minicarregadeira fabricada pela empresa, foi pioneiro no mercado por oferecer uma distância maior entre os eixos do equipamento, proporcionando um funcionamento mais estável e tranquilo e garantindo a segurança e o conforto do operador. Com objetivo de garantir a segurança dos operadores, a empresa também adotou um mecanismo de bloqueio de partes específicas da máquina (braço), além de ter investido em cabines que protegem contra capotamentos e a queda de objetos (ROPs/FOPs). Antes dessa inovação na segurança todas as minicarregadeiras tinham cabines abertas, o que impedia a proteção do operador contra a queda de materiais, os pontos de compressão do braço da carregadeira e o capotamento da máquina.

 
Os avanços realizados nos outros produtos da New Holland acabaram refletindo na L35. Por exemplo, o sistema de acionamento hidrostático de uma ceifadeira automotora foi incorporado ao modelo, outro fato inédito no setor. Esses recursos podem ser encontrados na linha atual de minicarregadeiras da empresa, que abriu caminho para que outros fabricantes também os adotassem. Um dos motivos de orgulho para a New Holland é o design Super BoomÒ de suas máquinas, que oferece o maior alcance do mercado. Outra prioridade da marca é a segurança do operador, garantida por um mecanismo de bloqueio de certas partes da máquina, acionável de dentro da cabine e produzido até hoje.
Super BoomÒ – exclusividade da New Holland.
Além dessa conquista na área de fabricação, a New Holland Construction comemora o aniversário de 45 anos da carregadeira patenteada Super BoomÒ. Desenvolvida em 1960 pelo engenheiro Larry Halls, a tecnologia surgiu da ideia de criar uma articulação de acionamento para cortadores que não precisasse de um braço de biela. Halls criou um sistema de articulação de quatro barras que foi patenteado e transformado no que hoje é o Super BoomÒ.
A série 200 de minicarregadeiras New Holland, entre elas, o modelo L220, oferece a melhor altura e alcance de descarga da categoria, graças ao projeto de elevação vertical Super BoomÒ, patenteado pela marca. “Diferentemente dos modelos da concorrência, as minicarregadeiras da marca podem carregar material para o centro dos caminhões, acabando o trabalho mais rapidamente”, afirma Barbosa. O alcance dos produtos da série 200 permite aos operadores esvaziar a caçamba mais rapidamente, melhorando os tempos de ciclo.

 
Reconhecimento ao processo produtivo

 
Esses marcos para as minicarregadeiras estão relacionados ao recente anúncio do reconhecimento da planta de fabricação de Wichita, que recebeu a certificação de nível prata do World Class Manufacturing (WCM) pela fabricação de minicarregadeiras e carregadeiras de esteira compactas.
O WCM é um dos mais elevados padrões da indústria de fabricação global para o gerenciamento integrado de fábricas e processos de produção. O sistema é estruturado em pilares com base na melhoria contínua e foi projetado para eliminar os desperdícios e as perdas no processo de produção por meio da identificação de objetivos, tais como zero acidentes, zero defeitos, zero avarias e zero desperdício. Essa última conquista se deve, em grande parte, a uma série de melhorias da categoria, como a manutenção profissional, o nível de detalhe e a motivação dos funcionários.

Fonte: http://planetcarsz.com

300x250

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*