Home / Dicas / Qual a melhor lâmpada de LED para a minha casa?

Qual a melhor lâmpada de LED para a minha casa?

A lâmpada de LED é a melhor opção para quem pretende reduzir o consumo de energia.

lâmpada de LED

Atualmente a tecnologia LED aparece como uma necessidade para quem precisa trocar lâmpadas fluorescentes/incandescentes por opções mais viáveis.

Com melhor custo-benefício.

Muitas pessoas já sabem que as lâmpadas de LED são excelentes tecnologias, estão sendo usadas em espaços públicos, são mais caras, mas valem o investimento.

A grande dificuldade está em escolher a melhor lâmpada de LED para a casa, comprar o componente e economizar na conta de energia.

Como fazer a escolha da lâmpada de LED corretamente?

O que você deve levar em consideração quando for fazer a troca de lâmpadas comuns por lâmpadas de LED?

Este artigo é bastante informativo e serve como guia para você dar passos seguros.

Vantagens adicionais das lâmpadas de LED.

Embora muitas pessoas estejam realmente preocupadas com a economia garantida pelas lâmpadas de LED, elas apresentam vantagens adicionais aos clientes, já que não emitem radiação.

Por isso, estes modelos de lâmpada não causam prejuízos para objetos que são sensíveis à luz;

Não interferem na saúde das plantas de um ambiente e não causam manchas na pele.

A exposição prolongada à lâmpada LED é mais saudável do que o contato frequente com lâmpadas comuns.

O primeiro passo é escolher a voltagem da lâmpada de LED

Os modelos de lâmpada de LED de 12 volts são perfeitos para sancas de gesso.

Mesmo assim, os transformadores feitos para modelos dicroicos podem apresentar inconsistência com lâmpadas LED.

Este é um cuidado para ser tomado a fim de evitar aborrecimentos e também prejuízos.

Quando for fazer a aquisição deste tipo de lâmpada, peça ajuda para definir o transformador.

As lâmpadas de LED de 110 volts e de 220 volts precisam ser compradas conforme a voltagem da rede elétrica onde elas serão instaladas.

Neste caso, identifique a tensão da eletricidade da sua cidade ou região e faça uma compra segura.

Se você for adquirir a lâmpada em uma loja física, os próprios vendedores podem te ajudar a escolher a voltagem correta.

No caso de compras pela internet, é preciso buscar essa informação com a própria concessionária ou distribuidora de energia elétrica, por exemplo.

Uma das melhores formas de driblar prejuízos para escolher corretamente a lâmpada de LED é utilizar modelos bivolt.

Neste caso, um único equipamento pode ser compatível com redes de 110 e 220 volts.

Estes modelos de lâmpada são de ótima adaptação e atendem clientes de todo o Brasil.

 

Faça a compra da lâmpada de LED conforme o conector.

Agora que você já escolheu a voltagem da lâmpada de LED, é preciso saber qual o tipo de soquete ou modelo de conector adequado para sua instalação.

Os conectores podem estar padronizados, mesmo assim existem algumas variações para lustres, luminárias e outros elementos que precisam de lâmpadas.

Muitos objetos (como é o caso das luminárias, abajures e até mesmo alguns lustres) já vêm com o conector de fábrica.

Neste caso, você precisa primeiro checar a informação do tipo de conector do equipamento antes de comprar a lâmpada para ele.

 

Como é feita a divisão de conectores e soquetes de maneira geral:

Para lustres e plafons, é muito comum a utilização de conector E27;
Para luminárias, abajur e equipamentos importados, é muito comum a utilização do conector E14;
Para equipamentos mais modernos, é muito usual o conector GU10.
Como saber a potência das lâmpadas de LED

A potência das lâmpadas incandescentes nem se compara com a potência das lâmpadas LED.

As lâmpadas “amarelas”, como são conhecidas, duram por pouco tempo e são mais fraquinhas, enquanto as lâmpadas de LED são muito mais fortes e vivas.

Para calcular a potência da lâmpada ideal para o seu ambiente, é preciso saber algumas regrinhas:

1w de uma lâmpada de LED é equivalente a 2,5w de uma lâmpada fluorescente;
1w de uma lâmpada de LED tem o mesmo valor de potência que uma lâmpada de 10w do tipo incandescente;
1w de uma lâmpada de LED é igual a 10w de um modelo de lâmpada dicroica ou das conhecidas lâmpadas halógenas.
Você quer saber como trabalhar com esses dados, não é mesmo?

Basta fazer uma regrinha de 3 simples.

Se, no seu quarto, você conta com uma lâmpada fluorescente de potência estimada em 10w;

Logo uma lâmpada de LED de 4w terá efeito equivalente em termos de iluminação.

 

Cada lâmpada tem uma temperatura de cor.

A temperatura da cor de uma lâmpada de LED se refere à tonalidade de iluminação que ela oferecerá ao ambiente onde será instalada.

Neste caso, a temperatura não quer dizer “calor” e muito menos tem a ver com o fato de a lâmpada “esquentar”;

Mas sim com os tons de cores que devem ser definidos.

 

A lâmpada de LED não emite somente luz branca, embora esta seja a temperatura de cor mais popular. Ao todo, são 3 tonalidades de cor disponíveis no mercado para lâmpadas de LED;

E você precisa fazer a escolha de acordo com o local de instalação, elementos de decoração e gostos pessoais.

A luz branca é a mais conhecida de todas, também chamada de “lâmpada fria”, com uma tonalidade que se destaca pelo brilho, intensidade e densidade.

Sua coloração pode ser considerada um pouco azulada.

É um tipo de lâmpada de LED indicado para locais onde o branco predomina, seja na parede ou nas mobílias.

É perfeita para banheiro e cozinha, por exemplo.

 

A luz amarela é indicada para locais que precisam passar a sensação de tranquilidade, aconchego e relaxamento.

É ideal para espaços destinados ao descanso, como quarto, home office, sala de leitura e também nos corredores.

A luz natural, que pode ser classificada como um modelo “meio termo” entre as tonalidades branca e amarela, é um tipo de lâmpada de LED neutro.

O objetivo deste tipo de lâmpada é oferecer ao cliente a iluminação mais próxima possível do natural;

E cai bem em todos os ambientes da casa, de acordo com os desejos do cliente.

 

As opções de temperatura de cor deixam o cliente com mais variedade para fazer suas escolhas;

Adequar a lâmpada de LED aos projetos de decoração e obter uma experiência muito mais interessante.

 

Como saber o fluxo luminoso da lâmpada de LED

Outro fator que merece muita atenção antes da compra da lâmpada de LED é a quantidade de lúmens;

Ou como será emitido o fluxo luminoso da lâmpada, em qual direção e com qual quantidade de luz.

Com o conhecimento da quantidade de lúmens de uma lâmpada, é possível escolher o modelo correto para cada ambiente e o efeito que a luz deve causar no espaço.

Para ver a medida de lúmens em uma lâmpada de LED, basta observar a quantidade lm/w ou de lúmens por watts.

A cada watt que é consumido, você pode saber quantos lúmens são produzidos.

Recomendação adicional:

Sempre que possível contrate um eletricista de confiança para executar serviços em sua residência.

Alem de conhecer sobre o serviço, ele costuma ter as ferramentas adequadas como amperímetro, multímetro etc.  para a execução correta dos serviços.

Algumas Dicas sobre elétrica:

1 – http://overbr.com.br/dicas/multimetro-como-usar-explorando-todas-suas-utilidades

2 – http://overbr.com.br/dicas/multimetro-digital-e-calibrador-loop-em-1-unico-aparelho

3 – http://overbr.com.br/dicas/aprenda-a-usar-um-amperimetro-para-diversas-finalidades

300x250

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*